RÁDIO REGIONAL
salt likit
REGIÕES

AÇORES: COM 70% DA VACINAÇÃO COMPLETA ESPERA-SE ATINGIR OS 85% EM OUTUBRO

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Os Açores atingiram os 70% da população com vacinação completa contra a covid-19, anunciou hoje o secretário regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, que espera alcançar os 85% até outubro.

“Atingimos 70% da população açoriana completamente vacinada. Ao final do dia de ontem [quarta-feira] eram 70,6% dos açorianos completamente vacinados, alcançando aqui o objetivo do Governo Regional de, durante o mês de agosto, termos este nível de vacinação”, afirmou o titular da pasta da Saúde nos Açores.

O governante falava, em declarações aos jornalistas, à margem de uma visita ao centro de vacinação de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira.

Seis das nove ilhas dos Açores (Corvo, Faial, Pico, São Jorge, Graciosa e Santa Maria) já tinham atingido a meta de 70%, valor assumido pelo executivo açoriano para alcançar a imunidade de grupo e levantar medidas restritivas de controlo da pandemia de covid-19.

Quanto às restantes três, a ilha das Flores alcançou os 70% recentemente e Terceira e São Miguel (as mais populosas) deverão fazê-lo em breve, segundo Clélio Meneses.

“Em São Miguel, durante o dia de hoje atingimos os 70%, na ilha Terceira, hoje ou amanhã [sexta-feira], também atingimos os 70% da população vacinada, o que quer dizer que a vacinação está em alto ritmo e a garantir a proteção da população”, referiu.

Questionado sobre a meta de vacinação definida pelo executivo, Clélio Meneses disse que “o que está a ser assumido como número aproximado de uma garantia mais precisa de proteção é cerca de 80 a 85%”, número já atingido em algumas ilhas.

“Temos duas ilhas – Corvo e Santa Maria – já com 80% ou mais de população com a vacinação completa, temos outras três ilhas – Graciosa, São Jorge e Pico – praticamente também com perto de 80% da população completamente vacinada”, revelou.

O governante estima que esse valor seja atingido, a nível regional, até outubro e que os centros de vacinação existentes em São Miguel e Terceira possam ser desativados no decorrer do mês de setembro.

“Dar números e datas num processo com esta dinâmica é sempre arriscado, mas podia dizer que durante o mês de outubro teremos os números atingidos no máximo para que os postos de vacinação sejam desmontados, para que as pessoas se vacinem isoladamente nalguma circunstância e também para prepararmos o processo de uma eventual terceira dose”, apontou.

Clélio Meneses fez também um balanço positivo da adesão dos jovens entre os 12 e os 15 anos à vacinação contra a covid-19 nos Açores.

“Já são cerca de 2.500 os jovens que aderiram. Está a ser um sucesso a vacinação destes jovens. Em São Miguel, cerca de 1.500, na Terceira, cerca de 500, e os outros distribuídos por outras ilhas”, adiantou, sem especificar o número total de jovens nos Açores nesta faixa etária.

De acordo com uma nota de imprensa recente da tutela da saúde, existiam 6.900 jovens entre os 12 e os 15 anos na ilha de São Miguel e 2.100 na ilha Terceira.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) revelou esta quarta-feira que Portugal tinha atingido 72% da população com vacinação completa, colocando os Açores como uma das regiões do país com taxa mais baixa (66%).

Questionado sobre o facto de o ritmo de vacinação na região ser mais lento do que noutras regiões do país, Clélio Meneses justificou-o com “um conjunto de contingências que tornam específico o processo de vacinação nos Açores”.

“Temos nove ilhas, com contingências diversas em termos de recursos humanos, das próprias contingências arquipelágicas e climatéricas, que fazem com que alguns dos voos que transportavam vacinadas tenham sido cancelados. Há vacinas que são transportadas de barco”, apontou.

O governante admitiu também que a modalidade de ‘casa aberta’, que se vai manter, “não está a ter o sucesso que deveria ter”, verificando-se “baixas taxas de adesão”.

“Temos todos os meios e recursos instalados para que este processo se conclua o mais rapidamente possível”, assegurou.

No início de junho, o presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, disse esperar que “durante o mês de julho”, a região pudesse atingir a “imunidade comunitária em todas as ilhas”.

Entre 06 de junho e 11 de julho, os Açores vacinaram em massa cinco das seis ilhas sem hospital da região, no âmbito da “Operação Periferia”, que contou com a colaboração de uma equipa de nove militares (seis enfermeiros, dois médicos e um farmacêutico), disponibilizada pelo Ministério da Defesa Nacional.

VEJA AINDA:

COVID-19: ABERTO AUTOAGENDAMENTO PARA MAIORES DE 40 ANOS PARA DOSE DE REFORÇO

Lusa

COVID-19: GRÉCIA COMEÇA A MULTAR PESSOAS COM MAIS DE 60 ANOS QUE NÃO ESTEJAM VACINADAS

Lusa

SANTA CLARA E TONDELA EMPATAM NA ESTREIA DE MÁRIO SILVA COMO TREINADOR DOS AÇORIANOS (VÍDEO)

Lusa

EM PORTUGAL JÁ FORAM ADMINISTRADAS 20 MILHÕES VACINAS DESDE O INÍCIO DA PANDEMIA

Lusa

PORTO: INCÊNDIO NA BAIXA COMEÇOU NUMA ‘LAREIRA’

Lusa

LISBOA AVANÇA COM PROGRAMA PARA AVALIAR E PROMOVER RESISTÊNCIA A SISMOS

Lusa
Yatak Odası Takımı Run 3 free games unblocked

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout Elektronik Sigara cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme
salt likit
free hacks