RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

AFINAL QUEM É A VÍTIMA ?

VÍDEO DE SEXO JUNTO A CRIANÇAnbsp| RÁDIO REGIONAL

A notícia, avançada pelo Correio da Manhã, dá conta que a mulher filmada a ter sexo na praia fluvial do Tabuão, em Paredes de Coura, apresentou queixa contra o autor do vídeo que foi parar à Internet.

Segundo o jornal, a mulher formalizou a queixa exatamente no mesmo dia em que foi constituída arguida. Esta quarta-feira, a Polícia Judiciária de Braga adiantou a existência de três arguidos mas escusou-se a dizer quem eram.

O autor das imagens ainda não terá sido identificado mas incorre nos crimes de filmagem e divulgação ilícitas, enquadrado no crime de devassa da vida privada.

O vídeo foi imediatamente retirado da Internet mas as autoridades estarão à procura da filmagem original, uma vez que a mulher alega que o mesmo terá sido manipulado.

Entretanto, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Guimarães decidiu retirar à mãe a menina de seis anos que aparece no vídeo, assim como outro filho menor de idade.

A CPCJ justifica a decisão com o comportamento impróprio da progenitora, que já estava sinalizada e a quem tinha sido retirado, há cerca de um ano, um filho de 14 anos.

O casal filmado a ter relações está indiciado por um crime de importunação sexual e, segundo fonte da PJ, poderá incorrer num crime de abuso sexual de menores.

Em causa está uma situação de importunação sexual que, quando acontece com uma vítima menor de 14 anos, passa a integrar um crime de abuso sexual e que pode ser punível com uma pena de prisão até três anos.

Segundo o Público, a mulher terá dito às autoridades que tinha deixado a menina com familiares, com quem tinha ido comprar um gelado, e que não se apercebeu do seu regresso.

O incidente ocorreu no último sábado e foi filmado por populares que divulgaram as imagens nas redes sociais. O caso foi participado à GNR por uma pessoa de Sines que viu o vídeo e ligou para o posto de Paredes de Coura.

Vamos recordar aqui o vídeo original:

VEJA AINDA:

SERRA DA ESTRELA: INCÊNDIOS JÁ CONSUMIRAM 17 MIL HECTARES DE FLORESTA

Lusa

SERRA DA ESTRELA: PROTEÇÃO CIVIL DÁ O INCÊNDIO COMO ‘ESTABILIZADO’

Lusa

VILA REAL: TRÊS BOMBEIROS FERIDOS APÓS ACIDENTE NA CAMPEÃ

Lusa

INCÊNDIOS: PARQUE NATURAL DA ESTRELA VAI LEVAR DÉCADAS A RECUPERAR – QUERCUS

Lusa

PORTO: TROTINETES CIRCULAM POR ZONAS PEDONAIS PROIBIDAS

Lusa

VILA REAL: JUDICIÁRIA DETEVE TRÊS SUSPEITOS DE ATEAR 16 INCÊNDIOS – MONTALEGRE

Lusa