RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

ALIJÓ: HÁ 200 KMS DE TRILHOS PARA DESCOBRIR O TERRITÓRIO DO TUA AO DOURO

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A primeira edição do Festival de Percursos Pedestres decorre entre 12 e 13 de março, em Alijó, e revela uma rede municipal de 200 quilómetros de trilhos, desde o vale do Tua ao Douro, anunciou esta segunda-feira o município.

A Câmara de Alijó, no distrito de Vila Real, disse que a rede concelhia passa a contar com 20 percursos pedestres, que passam nas 14 freguesias e “dão a conhecer todo o território e o seu património edificado e paisagístico“, desde miradouros, castos, espaços verdes, igrejas e capelas.

O primeiro Festival de Percursos Pedestres vai incluir a apresentação do projeto “Alijó a Caminhar” e dos 17 novos trilhos, que se juntam aos três já existentes, que se estendem ao longo de mais de 200 quilómetros.

“Este projeto representa uma forte aposta do município de Alijó na valorização de um dos produtos turísticos mais procurados pelos amantes da natureza, da paisagem e do património”, afirmou a autarquia em comunicado.

O município acrescentou que a “sinalização e marcação destes itinerários paisagísticos pretende contribuir para a dinamização das economias locais e do pedestrianismo, para a manutenção e conservação dos caminhos rurais, do património e ordenamento do território em geral”.

Durante o festival vão ser inaugurados três dos 17 novos percursos pedestres, as inscrições são gratuitas e os participantes serão acompanhados por guias profissionais, bem como terão direito a um kit do evento, que inclui seguro, t-shirt, água e fruta.

Estes três trilhos levam à descoberta de Favaios e Alijó (10,5 quilómetros), do Pinhão e do miradouro de Casal de Loivos (9,8 quilómetros) e da União de Freguesias do Pópulo e Ribalonga e do Santuário Nossa Senhora da Boa Morte (10,8 quilómetros).

VEJA AINDA:

LEIRIA: QUASE 78 MIL UTENTES SEM MÉDICO DE FAMÍLIA NO DISTRITO

Lusa

PAMPILHOSA DA SERRA: AUTARQUIA CONTRA A PROSPEÇÃO DE MINERAIS EM MINA A CÉU ABERTO

Lusa

LAMEGO: ESPERA-SE UM ‘MAR DE GENTE’ NAS FESTAS DA SENHORA DOS REMÉDIOS

Lusa

TRÁS-OS-MONTES: CIM DESAFIA GOVERNO A DESCENTRALIZAR GESTÃO DA ÁGUA

Lusa

COIMBRA: AUTARQUIAS PONDERAM CONCERTAÇÃO PARA DEFENDER INTERESSES REGIONAIS

Lusa

UTAD CRIA UM SISTEMA ‘VIGILANTE FLORESTAL’ PARA DETEÇÃO DE INCÊNDIOS

Lusa