RÁDIO REGIONAL
DESPORTO

ANTÓNIO COSTA: O CONGRESSO DA UEFA EM PORTUGAL É UMA ‘ESCOLHA VENCEDORA’

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O primeiro-ministro, António Costa, considerou hoje Lisboa uma “escolha vencedora” para acolher o 47.º congresso ordinário da UEFA, em 05 de abril de 2023, fruto do “mérito e prestígio das cores nacionais que extravasam as quatro linhas”.

Esta vai ser a segunda vez que a capital portuguesa acolhe a reunião magna da UEFA, depois de ter sido palco do segundo congresso ordinário do organismo, em 08 de junho em 1956.

O anúncio foi feito hoje, véspera da reunião do órgão de controlo supremo do futebol na Europa, a realizar na quarta-feira, em Viena.

“Congratulo-me pelo facto de a UEFA ter escolhido Portugal para anfitrião de um dos eventos mais importantes do mundo do futebol. É uma escolha vencedora à partida e é com muito entusiasmo que acolheremos, no próximo ano, o 47.º Congresso da UEFA”, começou por dizer o chefe do Governo, citado pelo sítio oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Segundo o primeiro-ministro, este anúncio revela, mais uma vez, que “o mérito e o prestígio das cores nacionais extravasam as quatro linhas”, e que Portugal, além de continuar a ser um dos melhores destinos turísticos do mundo e o quarto país mais seguro do mundo, continua na sua senda de vitórias não apenas no relvado, mas também na organização de grandes eventos”.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, mostrou-se igualmente satisfeito por ser anfitrião do evento.

“É com enorme orgulho e satisfação que vejo Lisboa ser escolhida como palco de eleição para tão grande desafio. A cidade que todos elogiam e conhecem saberá, como sempre, receber de braços abertos este evento e organização de referência”, manifestou.

Por último, o presidente da FPF falou em “honra e responsabilidade”, agradecendo a confiança depositada no organismo.

“É uma honra e uma responsabilidade receber o 47.º Congresso Ordinário da UEFA, um evento desportivo de enorme importância no universo do futebol e do desporto mundiais. Desde já agradecemos, na pessoa do presidente Aleksander Ceferin, a confiança depositada em nós pela UEFA e assumimos o compromisso de receber da melhor forma os congressistas que visitarão Lisboa em 2023”, concluiu Fernando Gomes.

O congresso ordinário de Lisboa vai eleger o presidente da UEFA – o mandato do esloveno Aleksander Ceferin termina em 2023 -, sendo esta uma das incumbências deste órgão, juntamente com a apreciação dos relatórios anuais e orçamentos, eleição dos membros do Comité Executivo, dos membros europeus do Conselho da FIFA e do órgão auditor.

É também nestes conclaves que são feitas as alterações aos estatutos da UEFA, consideradas admissões ou exclusões de federações-membro, assim como as decisões sobre as penas aplicadas a federações-membro, membros do Comité Executivo ou membro de qualquer outro órgão, entre outros assuntos de relevo para a modalidade na Europa.

VEJA AINDA:

LISBOA: DOIS FISCAIS DE OBRAS DA CÂMARA MUNICIPAL DETIDOS POR CORRUPÇÃO

Lusa

FC PORTO VENCE TAÇA DE PORTUGAL E CONSEGUE NONA DOBRADINHA

Lusa

DIRETO: FC PORTO X CD TONDELA (17:15)

Rádio Regional

PLAYOFF: DESPORTIVO DE CHAVES VENCE O MOREIRENSE E ESTÁ COM UM PÉ NA PRIMEIRA LIGA

Lusa

RICARDO QUARESMA ANUNCIA SAÍDA DO VITÓRIA DE GUIMARÃES

Lusa

FPF: CONSELHO DE DISCIPLINA INSTAURA PROCESSO DE INQUÉRITO AO RIO AVE

Vítor Fernandes