Connect with us

ECONOMIA & FINANÇAS

ANTÓNIO COSTA “PROMETE” 25 MIL NOVOS EMPREGOS CIENTÍFICOS ATÉ 2030

O primeiro-ministro afirmou hoje que a meta do Governo é criar 25 mil empregos científicos no setor privado até 2030, considerando que as universidades portuguesas já trabalham com os melhores centros do mundo.

Datas:

em

O primeiro-ministro afirmou hoje que a meta do Governo é criar 25 mil empregos científicos no setor privado até 2030, considerando que as universidades portuguesas já trabalham com os melhores centros do mundo.

António Costa assumiu estes objetivos no discurso que fez no final de uma visita que efetuou ao Massachusetts Institute of Technology (MIT), na qual esteve acompanhado pelo ministro da Ciência e do Ensino Superior, Manuel Heitor.

Em declarações aos jornalistas, antes de a delegação do Governo português abandonar a prestigiada instituição universitária de Boston, Manuel Heitor, resumiu a estratégia do executivo português no domínio científico, particularmente no que respeita à cooperação com instituições internacionais.

No caso do MIT, até 2030, haverá “um investimento público na ordem dos 120 milhões de euros”, dos quais 60 milhões de euros aplicados em Portugal.

“Haverá também o investimento das empresas nelas próprias, que se comprometeram a duplicá-lo em investigação e desenvolvimento. Estas linhas de ação contribuem para concretizar o objetivo mencionado pelo primeiro-ministro de criar 25 mil postos de trabalho em Portugal no setor privado”, declarou o titular das pastas da Ciência e do Ensino Superior.

Por sua vez, António Costa considerou que a renovação da parceria com o MIT, até 2030, “vai permitir continuar a desenvolver a formação em áreas tão diversas como a energia, as alterações climáticas, construção, novos materiais, bioengenharia ou gestão de transportes”.

“Há um universo enorme para descobrir e a cooperação científica é uma das grandes alianças que podemos estabelecer entre Portugal e Estados Unidos. Se estamos hoje a conseguir atrair empresas como a Google ou a Mercedes, é porque o país dispõe de quadros com alta qualificação. E temos de continuar a investir”, frisou.

Perante os jornalistas, o ministro da Ciência e do Ensino Superior salientou que a parceria com o MIT é uma das três existentes com universidades norte-americanas nos domínios da ciência e tecnologia e referiu-se “à importância do projeto de Air Center, no Atlântico, através da qual Portugal pretende chegar a mercados globais, sobretudo do hemisfério sul”.

“Trabalhar com os melhores do mundo é algo que prestigia Portugal. É um fator importante de criação de emprego, atrai empresas estrangeiras para Portugal e credibiliza as universidades portuguesas de uma forma inédita”, sustentou o membro do Governo.

Manuel Heitor defendeu ainda a ideia de que as universidades portuguesas são atualmente “bem mais conhecidas” do que no passado.

“Sabe-se que trabalhamos com as melhores universidades do mundo, sobretudo nos Estados Unidos”, acrescentou.

LUSA

PUBLICIDADE
OUVIR A RÁDIO REGIONAL AQUI
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE O SEU COMANTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

PUBLICIDADE MUSICBOX

OUVIR RÁDIO

OUVIR MÚSICA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

SOCIEDADEPublicado há 5 horas

FURACÃO LESLIE: IPMA CONFIRMA VENTOS DE 180 A 190 KM/H

A passagem da tempestade tropical Leslie nas zonas mais afetadas de Portugal terá causado ventos de 180 a 190 quilómetros/hora,...

REGIÕESPublicado há 6 horas

LISBOA: GREVE NO METRO SEM SERVIÇOS MÍNIMOS

O tribunal arbitral decidiu não decretar serviços mínimos para a circulação de composições durante a greve parcial que os trabalhadores...

REGIÕESPublicado há 8 horas

FURACÃO LESLIE: COLHEITA DE MILHO NO BAIXO MONDEGO EM RISCO

Cerca de 50% da colheita dos nove mil hectares de campos de milho no Baixo Mondego está em risco devido...

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 12 horas

VEM AI MAIS UM “IMPOSTO” CHAMADO: TAXA DE PROTEÇÃO CIVIL

O Governo pretende criar uma contribuição municipal de proteção civil a suportar pelos proprietários de prédios urbanos e rústicos, de...

REGIÕESPublicado há 1 dia

MACEDO DE CAVALEIROS REFORÇA APOIO AOS BOMBEIROS

A Câmara de Macedo de Cavaleiros vai reforçar em 35 mil o apoio financeiro aos bombeiros voluntários do concelho, prevendo...

REGIÕESPublicado há 1 dia

FURACÃO LESLIE: PREJUÍZOS DE 1,5 MILHÕES EM CONDEIXA-A-NOVA

A tempestade Leslie, que atingiu, sobretudo, a região Centro, provocou estragos superiores a 1,5 milhões de euros nos equipamentos municipais...

JUSTIÇAPublicado há 1 dia

JOÃO RENDEIRO CONDENADO A 5 ANOS DE PRISÃO

O antigo presidente Banco Privado Português (BPP) João Rendeiro foi hoje condenado a cinco anos de prisão com pena suspensa...

REGIÕESPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE: ALUNOS NA FIGUEIRA DA FOZ SEM AULAS

O vereador da Educação da Figueira da Foz, Nuno Gonçalves, disse hoje à agência Lusa que na segunda-feira não haverá...

SOCIEDADEPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE “DESLIGA” 50 MIL CLIENTES MEO

A Altice Portugal disse hoje que cerca de 50 mil clientes da rede fixa estão com serviços afetados, na sequência...

REGIÕESPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE DERRUBA ESTAÇÃO EMISSORA DE RÁDIO

Também a comunicação social foi vítima do Furacão Leslie. Na Região Centro a tempestade derrubou a estação emissora da Rádio...

PUBLICIDADE LINHA CANCRO

AS MAIS LIDAS