REGIÕES

ASAE FECHA FÁBRICA QUE FALSIFICAVA ROUPA

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) fechou uma fábrica de roupa que estava a falsificar vestuário em Vizela, onde trabalhavam 15 pessoas, e apreendeu 63 mil artigos, num valor de 75 mil euros.

Num comunicado divulgado hoje, a ASAE adianta que realizou, esta semana uma ação de fiscalização no âmbito do combate à contrafacção, dirigida a uma indústria têxtil de confecção e embalamento de vestuário, em Vizela

“Nesta ação, detetou-se que, paralelamente à produção legítima, a fábrica, com cerca de 15 trabalhadores, dedicava-se ainda à produção ilícita de artigos têxteis contrafeitos, falsificando marcas registadas, incluindo o próprio embalamento e etiquetagem”, refere a autoridade.

Nesse sentido, foi “instaurado um processo-crime por contrafacção, imitação e uso ilegal de marca e apreendidos cerca de 63 mil artigos têxteis, num valor aproximado de 75 mil euros”, sendo que toda a mercadoria contrafeita não tinha qualquer facturação associada.

VEJA AINDA:

PEDRO COSTA DIZ QUE EM PORTUGAL O NETFLIX É ‘CRIME ORGANIZADO’

Lusa

AVEIRO: 13 ANOS DE PRISÃO PARA HOMEM QUE MATOU A MÃE

Lusa

VILA REAL: JUDICÁRIA DETEVE 52 SUSPEITOS DE TRÁFICO DE ARMAS – UM É POLÍCIA

Lusa

VILA NOVA DE PAIVA: DETIDO UM HOMEM DE 83 ANOS SUSPEITO DE FOGO POSTO

Lusa

DETIDOS CINCO HOMENS DE REDE DE TRÁFICO DE DROGA QUE USAVA VOOS PRIVADOS

Lusa

PORTO: ACT ENVIA PROCESSO PARA A JUSTIÇA POR SUSPEITAS DE CRIME EM SERRALVES

Lusa