RÁDIO REGIONAL
INTERNACIONAL

AUTORIDADES EUROPEIAS DESMANTELAM REDE DE FRAUDES ONLINE

nbsp| RÁDIO REGIONAL

As autoridades europeias desmantelaram a infraestrutura de uma rede criminosa de fraude com investimentos em linha que enganou mais de 30 mil pessoas, de pelo menos 71 países, em cerca de 20 milhões de euros, informou esta sexta-feira a Eurojust.

A ação europeia, coordenada por esta agência de coordenação judicial e pela Europol, a partir da Haia, englobou Alemanha, Estónia, Finlândia, França, Letónia, Países Baixos e Ucrânia.

As autoridades conseguiram apreender mais de 50 servidores em seis Estados diferentes, uma infraestrutura de centros de chamadas que as autoridades conseguiram desmantelar.

Os criminosos contactaram com as vítimas por telefone e pela internet, apresentando-se como agentes de plataformas de comércio em linha de moedas digitais, se bem que não se tenham limitado a isto, instalando também programas de acesso remoto, que lhes permitiram aceder ilegalmente aos computadores das vítimas e roubar as suas credenciais bancárias.

A Eurojust calcula que mais de 30 mil pessoas de pelo menos 71 países diferentes – daquelas vítimas, pelo menos 522 estão registadas na Estónia – foram defraudadas pela rede criminosa, que usava una infraestrutura em grande escala, com dezenas de servidores virtuais.

Os membros da organização usavam computadores em centros de chamadas para se ligarem aos servidores e terem acesso a bases de dados sofisticadas e de desenvolvimento próprio, que incluíam a identidade digital das vítimas.

VEJA AINDA:

VISEU: JUDICIÁRIA DETEVE UM HOMEM SUSPEITO DE SEQUESTRAR UMA MULHER

Lusa

PORTO: JOVEM DE 18 ANOS ESFAQUEOU UM HOMEM POR CAUSA DO ‘BARULHO’

Lusa

INSTAGRAM ESCONDE PUBLICAÇÕES QUE MENCIONAM ABORTO

Lusa

PESO DA RÉGUA: SUSPEITO DE TRÁFICO DE DROGA EM PRISÃO PREVENTIVA

Lusa

DENÚNCIA DE ‘ALTA CORRUPÇÃO’ NA VENDA DO NAVIO ATLÂNTIDA À DOURO AZUL

Lusa

CASO EMAILS: FRANCISCO J MARQUES, JÚLIO MAGALHÃES E DIOGO FARIA VÃO A JULGAMENTO

Lusa