BENFICA JÁ ACEITA PAGAMENTOS COM ‘CRIPTOMOEDAS’

O Benfica estabeleceu uma parceria com a plataforma Utrust, que vai permitir que os adeptos possam usar criptomoedas para adquirir bilhetes e produtos oficiais da loja ‘online’, anunciaram hoje as ‘águias’.

O Benfica estabeleceu uma parceria com a plataforma Utrust, que vai permitir que os adeptos possam usar criptomoedas para adquirir bilhetes e produtos oficiais da loja ‘online’, anunciaram hoje as ‘águias’.

“O campeão português Benfica tornou-se o primeiro grande clube de futebol europeu a aceitar pagamentos online em criptomoedas”, assinalaram em comunicado os ‘encarnados’, realçando que esta parceria vai “potenciar a estratégia de ‘e-commerce’ [comércio eletrónico] do clube e, em particular, expandir a sua audiência global, aproximando os adeptos e utilizadores de criptomoedas em Portugal e no estrangeiro com experiência em tecnologia da sua sede no Estádio da Luz”.

Segundo o comunicado, esta parceria vai dar ao Benfica acesso a uma base de clientes mais ampla, oferecendo uma experiência de compra online significativamente otimizada através da utilização de novas tecnologias.

“Este é um dia emocionante na história do Benfica, em que anunciamos a nossa decisão de aceitar pagamentos em criptomoedas. Os benfiquistas fazem do Benfica o clube especial e único que é, e reconhecemos que muitos dos nossos adeptos são agora utilizadores digitais em primeiro lugar, pelo que queremos estar na linha da frente no que toca a adotar novas tecnologias e proporcionar aos nossos apoiantes a melhor experiência online. Estamos muito entusiasmados com as oportunidades que esta parceria com a Utrust apresenta na evolução da nossa estratégia de ‘e-commerce’ e estamos ansiosos por aceitar o nosso primeiro pagamento em criptomoedas”, comentou Domingos Soares de Oliveira, administrador financeiro do Benfica.

Por seu turno, o co-fundador e administrador financeiro da Utrust, plataforma sediada na Suíça, Nuno Correia, vincou a importância deste acordo com o Benfica para a ‘startup’.

“Esta parceria com o campeão português é um marco importante para a Utrust e para o ecossistema ‘blockchain’ como um todo. O Benfica é um dos maiores clubes do mundo e estamos muito satisfeitos em tornar pagamentos em criptomoedas possíveis para os 14 milhões de apoiantes em todo o mundo”, sublinhou o responsável.

Com a plataforma da Utrust, os utilizadores podem pagar usando o ‘token’ nativo Utrust (UTK), além das principais criptomoedas: Bitcoin e Ethereum.

LUSA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.