CASTELO BRANCO: GNR DETEVE HOMEM SUSPEITO DE CAÇA ILEGAL

A GNR deteve em flagrante delito por caça ilegal um homem de 59 anos, em Castelo Branco, e apreendeu uma espingarda e diversas munições, anunciou hoje aquela organização de segurança.

A GNR deteve em flagrante delito por caça ilegal um homem de 59 anos, em Castelo Branco, e apreendeu uma espingarda e diversas munições, anunciou hoje aquela organização de segurança.

Em comunicado, o Comando Territorial de Castelo Branco explica que a detenção, em flagrante delito, ocorreu no dia 6, através de militares do Posto Territorial de Alcains.

“No decorrer de uma ação de patrulhamento, os militares detetaram o suspeito a caçar numa estrada secundária, momentos após ter abatido um coelho-bravo, efetuando o disparo a partir do interior de um veículo, o que constitui um processo não autorizado para o exercício do ato venatório”, lê-se na nota.

A GNR adianta ainda que, além disso, o homem encontrava-se a caçar esta espécie fora do calendário venatório, uma vez que a caça ao coelho-bravo inicia-se apenas no primeiro domingo de outubro.

Desta ação resultou a apreensão de uma espingarda, diversas munições e o animal abatido foi entregue no Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens (CERAS) em Castelo Branco.

O homem de 59 anos foi constituído arguido e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Castelo Branco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.