RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

CENTRO HOSPITALAR TONDELA-VISEU PASSA DE 8 PARA 20 CAMAS EM MEDICINA INTENSIVA

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O Serviço de Medicina Intensiva no Centro Hospitalar Tondela-Viseu passará a ter 20 camas disponíveis, ao invés das atuais oito. São “condições necessárias para responder às necessidades dos utentes”

Para além do aumento do número de camas, esta intervenção dotará o Serviço de Medicina Intensiva de “uma maior capacidade no tratamento dos doentes com doença aguda, através da dotação de melhores equipamentos”, acrescenta o CHTV

O Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV) anunciou esta terça-feira a ampliação do Serviço de Medicina Intensiva, que passará a ter 20 camas disponíveis, ao invés das atuais oito.

Em comunicado, o CHTV refere que as obras — que representam um investimento superior a três milhões de euros — arrancam esta terça-feira e devem ficar concluídas até ao final do ano.

Segundo o presidente do conselho de administração do CHTV, Nuno Duarte, trata-se de obras essenciais “para melhorar o acesso da população aos cuidados de saúde”, mas que só agora vão começar devido à necessidade que houve de garantir uma resposta à pandemia de Covid-19.

“Portugal está abaixo da média europeia em número de camas de medicina intensiva. Com este projeto estamos a criar as condições necessárias para responder às necessidades dos utentes“, justifica.

Para além do aumento do número de camas, esta intervenção dotará o Serviço de Medicina Intensiva de “uma maior capacidade no tratamento dos doentes com doença aguda, através da dotação de melhores equipamentos”, acrescenta o CHTV.

VEJA AINDA:

DGS APELA À VACINAÇÃO PARA REDUZIR PROPAGAÇÃO DOS VÍRUS SARS-COV-2 E DA GRIPE

Lusa

PORTUGUESAS TÊM SAÚDE PIOR DO QUE HOMENS E VIVERÃO MENOS ANOS SAUDÁVEIS

Lusa

VISEU: ALUNOS DE 13 TURMAS EM ISOLAMENTO DEVIDO AO COVID-19

Lusa

LAMEGO: POLÍCIA JUDICIÁRIA DETEVE SUSPEITO DE ABUSO SEXUAL DE CRIANÇA

Lusa

GOVERNO APROVA ESTATUTO DO SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE

Lusa

COVID-19: 42% DOS RECUPERADOS COM SINTOMAS DE STRESS PRÓ-TRAUMÁTICO

Lusa