REGIÕES

CHAVES: BURLÃO DIZIA SER FISCAL CAMARÁRIO

CHAVES: BURLÃO DIZIA SER FISCAL CAMARÁRIO

A GNR anunciou a detenção, em Chaves, de um homem de 45 anos suspeito de burlar idosos fazendo-se passar por agente camarário.

Esta detenção ocorreu no âmbito de uma investigação de vários crimes de burla que ocorreram no nordeste transmontano e em que o suspeito se fazia passar por agente camarário.

Segundo explicou a GNR, em comunicado, o homem “angariava de forma ardilosa junto de pessoas idosas, com dificuldades físicas e condições precárias, dados identificativos de forma a realizar contratos fictícios de adesão a serviços de televisão, telefone e internet das operadoras de telecomunicação em nome dessas pessoas”.

Os militares do Núcleo de Investigação Criminal de Chaves realizaram uma busca domiciliária à residência do suspeito, durante a qual foram apreendidos diversos documentos relacionados com a prática de burla.

A detenção ocorreu na quarta-feira e durante a tarde desta quinta-feira o suspeito vai ser presente a Tribunal de Chaves, distrito de Vila Real, para aplicação de eventuais medidas de coação.

VEJA AINDA:

AMARES: MINISTÉRIO PÚBLICO ACUSA IPSS PELO CRIME DE CORRUPÇÃO

Lusa

MACEDO DE CAVALEIROS: 12 CASOS DE COVID-19 EM LAR DE IDOSOS

Lusa

GUARDA: ESCOLA ENCERRA DEVIDO À INFEÇÃO DE DUAS FUNCIONÁRIAS

Lusa

SÃO BRÁS DE ALPORTEL: SETE INFETADOS EM LAR DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA

Lusa

BRAGA: CASAL ‘INVENTA’ QUATRO FILHOS PARA RECEBER SUBSÍDIOS

Lusa

COIMBRA: UNIVERSIDADE LANÇA PROJETO DE TESTES RÁPIDOS PARA O COVID-19

Lusa