CHAVES: ‘ESTAMOS PRONTOS PARA A PRIMEIRA LIGA HOJE MESMO’

O Desportivo de Chaves garante que ‘está pronto para a primeira liga hoje mesmo’ após ter avançado com um recurso contra o Vitória de Setúbal, por alegado incumprimento dos pressupostos financeiros a que está obrigado nos regulamentos da Liga de Futebol. Desde recurso já resultou na suspensão provisória da inscrição do Vitória de Setúbal na Primeira Liga.

O Desportivo de Chaves garante que ‘estamos prontos para a primeira liga hoje mesmo’ após ter avançado com um recurso contra o Vitória de Setúbal, por alegado incumprimento dos pressupostos financeiros a que está obrigado nos regulamentos da Liga de Futebol. Deste recurso já resultou na suspensão provisória da inscrição do Vitória de Setúbal na Primeira Liga; correndo risco de despromoção da Primeira Liga

Os Valentes Transmontanos acreditam que deste recurso se faça inteira justiça para exemplo dos “incumpridores” em nome do fairplay dentro e fora das quatro linhas no rigoroso cumprimento das normas e regulamentos.

Fonte da Rádio Regional garante que, da análise do Relatório e Contas do Vitória de Setúbal e dos documentos anexos ao processo de inscrição do emblema sadino, pode-se extrair que os 20 pontos exigíveis à inscrição de clubes, não terão sido totalmente e devidamente cumpridos. Entre os quais, figura a inexistência de dúvidas a jogadores, ao estado e outras sociedades desportivas; demonstrações financeiras, demonstração de sustentabilidade financeira e prestação de cauções.

O Chaves acusa o Vitória de Setúbal de ter dívidas a jogadores e treinadores, algo que viola os regulamentos da Liga; dívidas essas que foram amplamente divulgadas ao longo da época anterior pelos próprios atletas e seus empresários, e que ainda não estarão saldadas. Fonte da Rádio Regional garante que o Vitória de Setúbal terá juntado ao processo documentos que não correspondem à verdade, nomeadamente sobre pagamentos efectuados a jogadores com quem, alegadamente, mantém as mesmas dívidas por saldar.

A decisão final cabe ao Conselho de Justiça, que vai agora analisar toda a documentação e provas que o Desportivo de Chaves alega para fundamentar o recurso.

O Vitória de Setúbal, entretanto já reagiu em comunicado, e como seria de esperar defende-se acusando o Chaves de “querer ganhar na secretaria o que não ganhou no campo”.

VF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.