Connect with us

DESPORTO

CHAVES NA LUTA PELA MANUTENÇÃO QUER VENCER O BELENENSES

O Desportivo de Chaves quer vencer em casa o Belenenses, sexta-feira, na 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, para conseguir pontos e ‘alento’ na luta pela manutenção, disse hoje o técnico José Mota.

Data:

em

O Desportivo de Chaves quer vencer em casa o Belenenses, sexta-feira, na 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, para conseguir pontos e “alento” na luta pela manutenção, disse hoje o técnico José Mota.

“Vai ser um jogo, com certeza, muito disputado, contra um grande adversário, que tem feito um trabalho muito bom, mas temos de olhar para aquilo que pretendemos e precisamos, que é pontos e alento para a manutenção”, destacou o treinador do emblema de Trás-os-Montes, 17.º e penúltimo classificado do escalão máximo com 24 pontos, na antevisão à partida que se realiza em Chaves, na sexta-feira, a partir das 20:30.

O conjunto flaviense recebe o Belenenses, sétimo colocado, com 39 pontos, e José Mota realçou que “não faltam adjetivos” para avaliar a época do adversário, esperando que os seus jogadores saibam também ser fortes.

Para o técnico dos transmontanos, a sua equipa, que soma duas derrotas consecutivas, tem de ter “convicções fortes e confiança”, e tem de demonstrar a “ambição de ganhar o jogo” para merecer o apoio do público.

“É isso que temos de fazer, e saber que este jogo, não sendo decisivo, é importante para as nossas ambições”, vincou.

Para José Mota, os lisboetas têm neste momento pretensões na luta pela Liga Europa, são uma equipa “bem trabalhada” e com “processos bem definidos”.

“São tecnicamente muito evoluídos, com individualidades muitos interessantes, e o jogo deles decorrerá dentro daquela filosofia que têm vindo a evidenciar esta época”, analisou, alertando ainda para os bons resultados do Belenenses fora de portas.

Apesar dos avisos para a qualidade do oponente, José Mota garantiu que o grupo de trabalho está bem preparado e consciente da “responsabilidade do jogo”, pelo que espera que a sua equipa se apresente “forte e determinada em conseguir golos e vencer”.

Após a derrota por 4-0 em Guimarães, na jornada anterior, José Mota garantiu ainda que os flavienses tiraram “ilações” do desafio, num embate em que ofereceram “dois golos de bandeja ao adversário”.

“Não vamos cometer os mesmo erros, de certeza absoluta. Esse jogo serviu para termos a consciência que temos de jogar à Chaves e não de uma forma diferente. Amanhã [sexta-feira] não podemos de forma alguma cometer os mesmos erros”, avisou.

O técnico de 55 anos, que atinge frente ao Belenenses o jogo 400 como treinador principal na I Liga, não tem qualquer baixa para o desafio e não divulgou a lista de convocados.

Os sócios do Desportivo de Chaves com as quotas em dia terão entrada gratuita na receção ao Belenenses e o clube de Trás-os-Montes permite ainda que cada sócio possa ser acompanhado por mais três pessoas, com um custo de cinco euros cada bilhete.

O Desportivo de Chaves, 17.º e penúltimo classificado com 24 pontos, defronta o Belenenses, sétimo, com 39, na sexta-feira, às 20:30, em jogo da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol que se realiza no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves.

LUSA

AS MAIS LIDAS