Ligue-se a nós

DESPORTO

CHAVES TERMINOU A ÉPOCA A VENCER EM VILA DAS AVES (vídeo)

Aves esteve a vencer, mas nos últimos minutos, o Chaves fez a reviravolta.

Online há

em

O Chaves venceu esta Sexta-feira por 2-3 no reduto do Desportivo das Aves, após uma remontada no marcador, em partida a contar para 34ª jornada da I Liga e atingiu o 6º lugar da classificação.

Numa altura em que a igualdade parecia ser o desfecho final, surgiu o golo de Matheus Pereira (90+3), num jogo em que os avenses estiveram por duas vezes na frente do marcador, com golos de Jorge Filipe (05) e Mama Baldé (22), a que o Chaves respondeu com tentos de Pedro Tiba (21), na conversão de uma grande penalidade, e de William (89).

Com este triunfo, o Chaves assegurou desde logo o sexto posto do campeonato com 47 pontos, enquanto o Aves está para já no 13.º lugar com 34 pontos, mas sem qualquer risco de descida.

JOGO AO MINUTO:

94′ + 4 Apito final! O CD Aves esteve até perto do fim na frente do marcador, mas dois golos do GD Chaves ao cair do pano garantiram aos flavienses a vitória por 3-2 e o sexto lugar na Liga NOS.
93′ + 3 GD Chaves: Golo de Matheus Pereira! Reviravolta no marcador! Matheus Pereira recebe de Pedro Tiba, atira cruzado e coloca os flavienses em vantagem.
90′ Três minutos de compensação.
89′ GD Chaves: Golo de William! Jogada rápida dos flavienses com Pedro Tiba a servir Jorginho e este a cruzar para William na área, que desvia de carrinho e faz o empate.
88′ Fariña em dificuldades físicas.
82′ Remate de Bressan após um alívio, a bola levava selo de golo, Artur não compromete e tira para canto.
81′ CD Aves: Entra Sami e sai Nelson Lenho.
80′ Remate rasteiro de Fariña, a bola saiu forte, a testar os reflexos de Emanuel Novo.
78′ GD Chaves: Entra Emanuel Novo e sai Ricardo.
76′ Livre para o GD Chaves, Bressan a bater, mas a sair sem perigo.
75′ Remate fraco de Pedro Tiba, a sair ao lado.
73′ GD Chaves: Cartão amarelo para Matheus Pereira.
72′ Falta de Matheus Pereira sobre Paulo Machado. Vai sair o amarelo.
71′ Mais um remate de Paulo Machado, a sair por cima da trave.
71′ Fariña a combinar com Paulo Machado, este podia ter servido Baldé, mas optou pela jogada individual, mas o remate saiu à malha lateral.
67′ CD Aves: Entra Paulo Machado e sai C. Arango.
63′ GD Chaves: Entra Jorginho e sai Rafael Furlan.
60′ Remate de Baldé de fora da área, Ricardo segura.
59′ Baldé seguia em velocidade para a área, mas Domingos Duarte a fazer um grande corte.
57′ Jogo interrompido para assistir Davidson.
53′ Remate de Arango, Ricardo encaixa facilmente.
48′ CD Aves: Entra Artur e sai Adriano.
47′ Vai entrar Artur Moraes, que se estreia com a camisola do CD Aves num jogo oficial.
46′ Recomeça a partida.
46′ GD Chaves: Entra Nuno Coelho e sai N. Maras.
45′ Tempo de descanso, as equipas recolhem aos balneários.
43′ GD Chaves: N. Maras recebe cartão amarelo.
42′ Remate de Bressan em zona frontal, mas Facchini encaixa.
37′ Remate de pé esquerdo de Arango, a bola sai ao lado, perigoso ainda assim.
35′ Gauld aparece com perigo na área adversária, mas não consegue finalizar. Baldé ainda tenta a recarga, mas Ricardo a negar o tento.
34′ Livre batido para os avenses, bola no segundo poste onde Defendi aparece a cabecear, mas para fora.
27′ Arango a falhar o remate, mas o CD Aves a criar perigo novamente. Está bonito o jogo.
22′ CD Aves: Golo de Baldé! Excelente resposta do CD Aves, jogada de envolvimento que culmina com Baldé a aparecer na cara de Ricardo e fazer o 2-1. A equipa de José Mota está novamente na frente do marcador.
21′ GD Chaves: Golo de Pedro Tiba! Através da marcação de uma grande penalidade. Facchini ainda adivinha o lado, mas Tiba coloca a bola a entrar junto ao poste e repõe a igualdade.
19′ Penálti para o GD Chaves! Remate de Matheus Pereira, a bola desviou em Fariña e o árbitro da partida não teve dúvidas. Oportunidade para os flavienses empatarem.
19′ CD Aves: L. Fariña recebe cartão amarelo.
19′ Livre de Furlan ainda longe da área, remate rasteiro, a bola fica na barreira.
14′ Davidson aparece em boa posição, mas o remate sai muito por cima.
13′ Bom remate de Matheus Pereira, Facchini não arrisca e desvia para canto.
10′ Matheus Pereira tenta servir William, Nelson Lenho a cortar.
9′ Remate de Pedro Tiba, a sair fácil para Facchini.
7′ Derley desarmado na área, Luís Ferreira recorre ao vídeo-árbitro, mas ajuíza que não há falta e o jogo prossegue.
5′ CD Aves: Golo de Jorge Fellipe! Lance de bola parada para o CD Aves, Arango a bater o livre à esquerda com Jorge Fellipe a desviar para o fundo da baliza de Ricardo.
1′ Arranca a partida na Vila das Aves. Posse de bola para o GD Chaves.
0′ GD Chaves (Suplentes): Emanuel, Filipe Melo, Patrão, Nuno Coelho, Galvão, Jorginho Intima e Pedro Queirós.
0′ GD Chaves (Onze inicial): Ricardo, Paulinho, Maras, Domingos Duarte, Furlan; Stephen Eustáquio, Pedro Tiba, Bressan, Matheus, Davidson e William.
0′ CD Aves (Suplentes): Artur Moraes, Paulo Machado, Tissone, Falcone, Sami, Carlos Ponck e Hamdou Elhouni.
0′ CD Aves (Onze inicial): Adriano Facchini, Pedrinho, Rodrigo Defendi, Jorge Fellipe, Nélson Lenho, Falcão, Fariña, Mama Baldé, Ryan Gauld; Derley e Arango.
0′ Luís Ferreira, da AF Braga, foi o árbitro nomeado para dirigir o encontro entre CD Aves e GD Chaves.

DESPORTO

APROVADA PLATAFORMA DE COMBATE À MANIPULAÇÃO DAS COMPETIÇÕES DESPORTIVAS

A criação da Plataforma Nacional de Combate à Manipulação das Competições Desportivas foi aprovada na Assembleia da República e vai integrar a Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Online há

em

A criação da Plataforma Nacional de Combate à Manipulação das Competições Desportivas foi aprovada na Assembleia da República e vai integrar a Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

A plataforma, uma resposta à manipulação de resultados e apostas ilegais, foi aprovada por unanimidade e criará agora um programa nacional para a integridade no desporto, sujeito a parecer do Conselho Nacional para a Integridade no Desporto, outro mecanismo recém-criado e presidido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude.

Em comunicado, a FPF dá conta de ser “a única federação que tem assento” neste novo órgão, cuja aprovação no Parlamento, em 01 de dezembro, visa transpor a criação de um sistema obrigatório para os subscritores da Convenção de Macolin.

Portugal assinou o documento em 2015 e agora transpôs a diretiva, criando a Plataforma para o Tratamento da Manipulação das Competições Desportivas, que o Governo, em comunicado, louva como “o maior avanço no combate aos comportamentos antidesportivos e à corrupção no desporto”.

Ainda segundo o comunicado governativo, a coordenação do órgão ficará a cargo do coordenador da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ.

“A reforma do regime jurídico da integridade do desporto, com destaque para a criação da Plataforma para o Tratamento da Manipulação das Competições Desportivas, vem por sua vez responder às múltiplas ameaças à verdade desportiva, nomeadamente a manipulação de resultados através de apostas e de apostadores”, pode ler-se no documento, publicado aquando da aprovação na Assembleia da República.

No âmbito do Regime Jurídico da Integridade, a nova plataforma liderará a luta contra a manipulação de resultados e apostas desportivas ilegais, mas também vai emitir pareceres científicos e técnicos, transmitir informações relevantes e centralizar informações.

O órgão colegial inclui também peritos indicados pela Procuradoria-Geral da República, a PJ, o Mecanismo Nacional Anticorrupção, pela Comissão de Coordenação de Políticas de Prevenção e Combate ao Branqueamento de Capitais e ao Financiamento do Terrorismo, bem como do Comité Olímpico de Portugal e do Instituto Português do Desporto e Juventude.

LER MAIS

DESPORTO

PRIMEIRA LIGA: AROUCA “ACORDOU” PARA AS VITÓRIAS NO BESSA (VÍDEO)

O Arouca regressou hoje 11 jogos depois aos triunfos na I Liga portuguesa de futebol, ao golear em casa do Boavista, por 4-0, em jogo da 12.ª jornada.

Online há

em

O Arouca regressou hoje 11 jogos depois aos triunfos na I Liga portuguesa de futebol, ao golear em casa do Boavista, por 4-0, em jogo da 12.ª jornada.

Os arouquenses, que não venciam desde a primeira jornada, marcaram pelos espanhóis Cristo González (02 e 23 minutos), Rafa Mújica (39) e Jason (72), terminando o encontro reduzidos a 10 unidades, por expulsão do ucraniano Milovanov (49) – o boavisteiro Tiago Morais (90+4) também viu vermelho.

Apesar da vitória, o Arouca continua no 18.º e último lugar, com nove pontos, a apenas um ponto dos lugares de manutenção, enquanto o Boavista se mantém na nona posição, com 15 pontos, após a quarta derrota consecutiva.

Fonte: Vídeo Sport TV

LER MAIS

MAIS LIDAS