RÁDIO REGIONAL
DESPORTO

CHAVES: VITÓRIA SÓLIDA SOBRE O MOREIRENSE

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O Desportivo de Chaves venceu hoje o Moreirense, por 3-0, em partida da sexta jornada da I Liga portuguesa de futebol, que permitiu aos transmontanos estrearem-se a vencer no campeonato.

A equipa flaviense deixou de ser a única que não tinha somado triunfos na prova, construindo o sucesso com os golos de Pedro Tiba, aos 45+3, de grande penalidade, e de Bressan e William, já no segundo tempo, aos 62 e 65, respectivamente.

Com este resultado, o Chaves passa a somar quatro pontos, os mesmos que o laterna-vermelha do campeonato, Desportivo das Aves, embora um lugar a cima pela diferença de golos, enquanto que o Moreirense surge no seguinte 16.º lugar, com cinco pontos.

Os ‘cónegos’ até entraram no desafio de forma atrevida, pisando os terrenos contrários com algum protagonismo, embora sem criar situações de perigo, permitindo que os locais se restabelecessem e, paulatinamente, assumissem as despesas do jogo.

Assim, ainda antes do quarto de hora, surgiu a primeira oportunidade do desafio, para os transmontanos, numa boa movimentação de Djavan, que assistido por Jefferson, atirou muito perto do poste.

O lance galvanizou os comandados de Luís Castro, que, pouco depois, tiveram num remate de Pedro Tiba, por cima, nova oportunidade para inaugurar o marcador.

Nesta fase, o Moreirense tinha perdido algum do fulgor inicial, concentrado as suas atenções a estancar as movimentações contrárias, apenas ameaçando a baliza flaviense num tiro de longe de Alfa Semedo, para defesa fácil de Ricardo.

Do outro lado, o Desportivo mantinha-se em altas rotações, e já perto de meia hora, viu Davidson, assistido por Perdigão, rematar ao poste da baliza dos minhotos.

Apesar do maior fulgor, os transmontanos não tinha sucesso no capítulo da finalização e, quando parecia que o nulo iria prevalecer até ao intervalo, um erro de um defesa do Moreirense alterou o rumo dos acontecimentos.

Um desvio com a mão de Abarhoun a um cruzamento de Davidson, já aos 45 minutos, deixou dúvidas ao árbitro João Pinheiro, que, depois de consultar as imagens, assinalou grande penalidade.

Na cobrança, Pedro Tiba não desperdiçou oportunidade para colocar o Chaves em vantagem, fazendo o 1-0 com que se chegou ao intervalo.

No regresso do descanso, o Moreirense surgiu mais espevitado na tentativa de recuperar da desvantagem, mas, aos 62 minutos, voltou a cometer um erro, que se revelou fatal.

Alan Schons, que tinha entrado um minuto antes, perdeu a bola no seu meio campo, dando azo a um contra-ataque dos locais, finalizado em 2-0 por Bressan, após passe de Davidson.

nbsp| RÁDIO REGIONAL
UMA DEFESA ESPECTACULAR DO GUARDA-REDES FLAVIENSE RICARDO

A formação de Moreira de Cónegos ainda tentou reagir à contrariedade, num remate do recém-entrado Neto, para defesa de Ricardo, mas ao não conseguir reposicionar-se, acabou por sofrer o terceiro golo.

Novamente Davidson na jogada, desta feita com um passe de calcanhar a isolar William, que, no frente a frente com o guardião do Moreirense, teve frieza para fazer o 3-0, aos 65.

O conforto do terceiro golo permitiu aos flavienses retirarem o ‘pé do acelerador’, dando algum espaço para que Tozé, num remate à barra, e Arsénio, num ‘tiro’ de longe, ainda ameaçarem o tento de honra do Moreirense, que acabou por não surgir, prevalecendo o 3-0 até ao final.

No final da partida, Luís Castro falou sobre os momentos menos bons que o Chaves teve de enfrentar esta época; e deixou a mensagem: “Esquecem-se que fomos a Guimarães, ao Dragão e recebemos o Benfica“.

VEJA AQUI O RESUMO:

VEJA AINDA:

BENFICA SOFRE PRIMEIRA DERROTA NA ‘CHAMPIONS’ AO SER GOLEADO PELO BAYERN DE MUNIQUE

Lusa

FC PORTO BATE AC MILAN E ESTREIA-SE A VENCER NA LIGA DOS CAMPEÕES

Lusa

SPORTING ESTREIA-SE A VENCER NA LIGA DOS CAMPEÕES NO ESTÁDIO DO BESIKTAS

Lusa

JORGE JESUS: ‘UM BENFICA PERFEITO PODE DISCUTIR O JOGO COM O BAYERN’

Lusa

FIFA REÚNE-SE COM SELECIONADORES PARA DISCUTIR CALENDÁRIO E MUNDIAL DE DOIS EM DOIS ANOS

Lusa

BENFICA BATE TROFENSE NO PROLONGAMENTO E SEGUE EM FRENTE NA TAÇA DE PORTUGAL

Lusa