Connect with us

REGIÕES

COIMBRA ADMITE RECORRER À VIDEOVIGILÂNCIA PARA PROTEGER PATRIMÓNIO

O presidente da Câmara de Coimbra pede um reforço da atuação das autoridades sobre as pichagens e não descarta a possibilidade de videovigilância na Alta para combater um problema que estima custar à autarquia 500 mil euros por ano.

Datas:

em

O presidente da Câmara de Coimbra pede um reforço da atuação das autoridades sobre as pichagens e não descarta a possibilidade de videovigilância na Alta para combater um problema que estima custar à autarquia 500 mil euros por ano..

“Esta é uma questão grave e, não sendo nova, já ocorreu mas não com esta intensidade e esta falta de gosto. Mesmo quando o MRPP se entretinha a fazer pichagens [escrever ou rabiscar em grandes superfícies como muros ou paredes] com palavras de ordem, pelo menos, notava-se um sentido estético. O que vemos hoje é a bandalheira. Isto é inaceitável, é punível, é crime”, disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado.

O autarca admite que a instalação de um sistema de videovigilância é “um dos dispositivos” que pode ser usado para combater o problema.

“Recorreremos aos instrumentos legais, dentro das normas instituídas, para neutralizar este tipo de comportamentos indesejáveis que danificam o interesse público”, vincou, quando novamente questionado sobre a possibilidade de videovigilância na Alta de Coimbra.

Em declarações à agência Lusa, Manuel Machado apelou às autoridades para que estejam sob “vigilância mais acrescida para identificar os prevaricadores, que têm de ser punidos”, e afirmou que, se perdurarem as pichagens, a Câmara de Coimbra vai ter de “apelar aos órgãos de soberania para que intervenham na legislação”.

“A questão é muito séria, onerosa para os bens públicos e para o dinheiro público, não tem qualidade, não tem expressão artística. É um conjunto de banalidades, de pouca criatividade e de muito mau gosto”, comentou, sublinhando que a Câmara de Coimbra vai estar empenhada para combater o problema.

Segundo o autarca, foi constituída uma equipa específica que agrega vários especialistas para limpar as pichagens, seja em paredes brancas, seja em pedra antiga.

“Na nossa estimativa, se considerarmos o salário afeto à equipa, maquinaria, produtos, estamos a falar de meio milhão de euros por ano”, sublinhou.

“Esta é a etapa em que apelo a que haja civismo. Coimbra é uma cidade que acolhe bem mesmo os diferentes”, frisou, considerando que, a persistir a prática, a autarquia terá que endurecer a sua posição.

Manuel Machado apontou para a Igreja de São Salvador como um dos exemplos das pichagens, em que a fachada está cheia de frases, ‘tags’ e rabiscos.

“É uma das mais antigas igrejas de Coimbra, que serviu para a maior parte dos casamentos reais da primeira dinastia. O Museu Machado de Castro é uma joia que é delapidada por este tipo de vandalismo. Até o conjunto escultórico de Rui Chafes [no Jardim da Sereia], depois de a câmara investir mais de 30 mil euros na reabilitação e restauro, no dia seguinte, foi vandalizado por pichagens de mau gosto”, notou.

“É necessário ter consciência disto: Isto é um ato criminoso, punido pelo código penal e as pessoas que acham que fazem expressão artística não o devem fazer”, realçou o autarca.

LUSA

PUBLICIDADE
OUVIR A RÁDIO REGIONAL AQUI
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE O SEU COMANTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

PUBLICIDADE MUSICBOX

OUVIR RÁDIO

OUVIR MÚSICA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REGIÕESPublicado há 15 horas

MACEDO DE CAVALEIROS REFORÇA APOIO AOS BOMBEIROS

A Câmara de Macedo de Cavaleiros vai reforçar em 35 mil o apoio financeiro aos bombeiros voluntários do concelho, prevendo...

REGIÕESPublicado há 15 horas

FURACÃO LESLIE: PREJUÍZOS DE 1,5 MILHÕES EM CONDEIXA-A-NOVA

A tempestade Leslie, que atingiu, sobretudo, a região Centro, provocou estragos superiores a 1,5 milhões de euros nos equipamentos municipais...

JUSTIÇAPublicado há 17 horas

JOÃO RENDEIRO CONDENADO A 5 ANOS DE PRISÃO

O antigo presidente Banco Privado Português (BPP) João Rendeiro foi hoje condenado a cinco anos de prisão com pena suspensa...

REGIÕESPublicado há 1 dia

FURACÃO LESLIE: ALUNOS NA FIGUEIRA DA FOZ SEM AULAS

O vereador da Educação da Figueira da Foz, Nuno Gonçalves, disse hoje à agência Lusa que na segunda-feira não haverá...

SOCIEDADEPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE “DESLIGA” 50 MIL CLIENTES MEO

A Altice Portugal disse hoje que cerca de 50 mil clientes da rede fixa estão com serviços afetados, na sequência...

REGIÕESPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE DERRUBA ESTAÇÃO EMISSORA DE RÁDIO

Também a comunicação social foi vítima do Furacão Leslie. Na Região Centro a tempestade derrubou a estação emissora da Rádio...

REGIÕESPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE TROUXE A MAIOR RAJADA DE VENTO DA HISTÓRIA

Uma rajada de vento atingiu os cerca de 176 quilómetros por hora no sábado à noite na Figueira da Foz,...

SOCIEDADEPublicado há 2 dias

GOVERNO DIZ QUE “NÃO HÁ” PROVAS DE FALHAS DO SIRESP

A notícia é do Jornal Público, mas não pode deixar de ser publicada. O Governo "diz" que afinal não há...

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 3 dias

MOODY’S TIRA PORTUGAL DO “LIXO” FINANCEIRO

A agência de notação financeira Moody's subiu hoje o 'rating' de Portugal para 'Baa3', com perspetiva estável, retirando o país...

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 3 dias

HORAS EXTRA VÃO DESCONTAR MENOS PARA O IRS

Os rendimentos com horas extra poderão vir a beneficiar de uma taxa de retenção na fonte de IRS menor no...

PUBLICIDADE LINHA CANCRO

AS MAIS LIDAS