NACIONAL

CORONAVÍRUS: EDP COMERCIAL ENCERRA LOJAS POR TEMPO INDETERMINADO

A EDP Comercial anunciou hoje que vai encerrar todas as suas lojas e agentes exclusivos, a partir de sexta-feira e por tempo indeterminado, para “reduzir o contacto social” e assim conter a propagação da Covid-19.

“Todas as lojas e agentes exclusivos da EDP Comercial vão encerrar a partir desta sexta-feira, por tempo indeterminado, no contexto das medidas que estão a ser aplicadas para reduzir o contacto social e conter a pandemia Covid-19”, indicou, em comunicado, a empresa.

De acordo com a EDP Comercial, desde segunda-feira, que só estavam em funcionamento, e com atendimento restrito, metade das suas 41 lojas e 25 agentes exclusivos.

Apesar do encerramento, as equipas da elétrica vão continuar a prestar o serviço de atendimento, através dos meios digitais e automáticos.

Na área edpOnline é possível enviar leituras, consultar faturas, gerir alterações ao contrato, aderir à fatura eletrónica ou esclarecer dúvidas.

Os clientes podem ainda recorrer ao atendimento telefónico.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 235 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 9.800 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 86.600 recuperaram da doença.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 785, mais 143 do que na quarta-feira.

O número de mortos no país subiu para quatro, com anúncio da morte de uma octogenária em Ovar, feito pelo presidente da Câmara local, horas depois de a DGS ter confirmado a existência de três vítimas mortais até às 24:00 de quarta-feira em Portugal.

Dos casos confirmados, 696 estão a recuperar em casa e 89 estão internados, 20 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de hoje, depois de a Assembleia da República ter aprovado na quarta-feira o decreto que lhe foi submetido pelo Presidente da República, com o objetivo de combater a pandemia de Covid-19, após a proposta ter recebido pareceres favoráveis do Conselho de Estado e do Governo.

VEJA AINDA:

ODEMIRA: GOVERNO VAI MANTER A CERCA SANITÁRIA – COVID-19

Lusa

COVID-19: RALI DE PORTUGAL VAI PODER TER PÚBLICO

Lusa

COVID-19: MESMO SEM RESTRIÇÕES, ALGUMAS VACINAS COMPRADAS PODIAM JÁ NÃO SER USADAS

Lusa

FENPROF PEDE ALARGAMENTO DA VACINAÇÃO URGENTE DE PROFESSORES

Lusa

DGS APOSTA NA MENSAGEM DA HIGIENE DAS MÃOS COMO OS ’20 SEGUNDOS QUE SALVAM VIDAS’

Lusa

TELETRABALHO OBRIGATÓRIO APENAS NOS CONCELHOS DE RISCO A PARTIR DE DIA 17 DE MAIO

Lusa