DESPORTO

DRAGÕES BATEM COM DISTINÇÃO A “LOCOMOTIVA RUSSA”

O maliano Marega, aos 26 minutos, de grande penalidade, e os mexicanos Herrera, aos 35, e Corona, aos 47, apontaram os tentos dos postistas, enquanto Anton Miranchuk faturou para os anfitriões, aos 38.

Na classificação do agrupamento, o ‘onze’ de Sérgio Conceição isolou-se na liderança, com sete pontos, contra cinco do Schalke 04 e quatro do Galatasaray, sendo que, na segunda volta, disputa dois jogos em casa e apenas um fora.


O FC Porto venceu esta quarta-feira o Lokomotiv de Moscovo por 3-1 em jogo a contar para a terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões e isolou-se na liderança do Grupo D. Marega abriu o marcador de grande penalidade depois de Manuel Fernandes desperdiçar um castigo máximo perante Casillas. Herrera fez o 2-0 aos 35′ minutos, mas os moscovitas reduziram aos 36′ minutos por Anton Miranchuk. No arranque do segundo tempo, o FC Porto fixou o resultado final por intermédio de Corona depois de uma excelente jogada construída pela ‘arte’ de Brahimi.

No regresso à Liga dos Campeões, Sérgio Conceição fez algumas alterações na equipa do FC Porto em relação ao onze que jogou de início na Taça de Portugal frente ao Vila Real. Otávio não foi opção para o técnico portista, que apostou na titularidade de Corona e Óliver. Manuel Fernandes e Éder foram titulares do lado do Lokomotiv.

Num jogo em que o Lokomotiv de Moscovo apresentou mais jogadores portugueses no onze titular do que o FC Porto, a equipa de Sérgio Conceição assumiu desde cedo as despesas do encontro. Com Danilo no meio-campo portista e Óliver Torres a fazer a ligação para o ataque, o FC Porto sentiu algumas dificuldades de profundidade nas suas ações ofensivas apesar do claro domínio da posse de bola.

O Lokomotiv de Moscovo parecia jogar na expectativa do adversário permitindo desta forma ao FC Porto jogar com espaço e sem pressão. Aos 9′ minutos, e contra a corrente do jogo, o árbitro assinalou uma grande penalidade de Alex Telles sobre Miranchuk no limite da área do FC Porto. Chamado à conversão, Manuel Fernandes atirou à baliza, mas Iker Casillas, bem posicionado, negou o golo ao médio português do Lokomotiv de Moscovo.

A jogar em contra-ataque, o Lokomotiv ia provocando estragos na área do FC Porto aos 19 minutos com uma sequência de lances de muito perigo. Miranchuk cruzou para a área do FC Porto, mas Casillas afastou-a. No entanto, a bola sobrou para Alexey, mas o remate do jogador do Lokomotiv acabou por ‘esbarrar’ em Alex Telles em cima da linha de golo. Ao segundo ressalto, Éder esteve perto de fazer o 1-0 mas acabou por ser desarmado por Alex Telles quando se preparava para rematar.

Aos 25′ minutos, o árbitro assinou uma grande penalidade a favor do FC Porto na sequência de uma falta na área portista de Éder sobre Felipe. Moussa Marega foi chamado para converter o castigo máximo e atirou muito forte para o fundo da baliza de Guilherme, que ainda adivinhou o lado, mas foi incapaz de travar o remate rasteito junto ao poste.

Quase dez minutos depois do golo inaugural, o FC Porto dilatou a vantagem por intermédio de Hector Herrera na sequência de um cruzamento tenso de Corona para o interior da área do Lokomotiv de Moscovo onde surgiu o médio mexicano ‘à ponta de lança’ para cabecear para o 2-0.

Antes do intervalo, um erro de Éder Militão aos 38′ minutos permitiu ao Lokomotiv de Moscovo reduzir para 2-1 por Anton Miranchuk. O defesa central brasileiro adiantou demasiado a bola e permitiu a recuperação em zona proibida a Aleksey Miranchuk que depois serviu o seu irmão Anton na área para um remate sem hipóteses de defesa para Casillas.

A vencer ao intervalo por 2-1, o FC Porto evidenciava mais posse de bola, mas o Lokomotiv contabilizava mais remate à baliza de Iker Casillas. No arranque do segundo tempo, o FC Porto dilatou a vantagem na sequência de um excelente trabalho de Brahimi no meio campo que permitiu a Jesus Corona isolar-se frente a Guilherme e atirar para o 3-1.

Apesar deste mau arranque, e com muito tempo para jogar, o Lokomotiv de Moscovo foi à procura de um golo que lhe permitisse disputar outro resultado. Ao 55′ minutos, Manuel Fernandes rematou de longe para defesa apertada de Iker Casillas, o guarda-redes espanhol não conseguiu segurar a bola e Éder surgiu na pequena área para atirar à baliza mas o lance acabaria por ser invalidade por alegado fora-de-jogo.

Com uma vantagem de dois golos, o FC Porto acabou por conseguir controlar o adversário. Aos 66′ minutos, Aleksei Miranchuk rematou quase sem ângulo à malha lateral da baliza de Iker Casillas dando a entender que o Lokomotiv de Moscovo não ia entregar o resultado sem luta.

No entanto, aos 76′ minutos Kverkvelia viu cartão vermelho direto e deixou o Lokomotiv a jogar em inferioridade numérica na reta final do jogo. O FC Porto aproveitou a dupla vantagem (marcador e numérica) para criar mais algumas situações de perigo, nomeadamente por intermédio do jovem André Pereira (entrou para o lugar de Corona) e Bazoer (entrou para o lugar de Óliver), mas o resultado não sofreu mais alterações.

Com este resultado, o FC Porto assumiu a liderança isolada do Grupo D com sete pontos, beneficiando do empate a 0-0 entre Schalke 04 e Galatasaray. Sendo assim, o FC Porto pode dar um importante passo rumo ao apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões já próxima jornada no Estádio do Dragão caso vença novamente o Lokomotiv de Moscovo.

JOGO AO MINUTO:

93′ + 3 Termina a partida em Moscovo! Triunfo do FC Porto por 1-3 no terreno do Lokomitv. Destaque para Casillas que defendeu um penálti de Manuel Fernandes quando o marcador estava ainda 0-0. Com este resultado, a equipa portuguesa lidera o grupo D.
90′ Três minutos de compensação.
86′ Grande trabalho de André Pereira, a deixa para trás dois adversários e a levantar para Bazoer, este arma o remata, mas a bola sai para as bancadas.
84′ Lok. Moscovo: Cartão amarelo para V. Ignatyev.
84′ Combinação de Adrián López com Bazoer, este atira ao lado.
83′ FC Porto: Entra R. Bazoer e sai Óliver.
82′ FC Porto: Entra Adrián e sai Brahimi.
81′ Lok. Moscovo: Entra M. Lysov e sai Éder.
79′ Alex Telles! Tiro do defesa portista de fora da área, a obrigar Guilherme a uma defesa apertada.
77′ Livre batido por Herrera, não sai longe da trave.
76′ Lok. Moscovo: S. Kverkvelia é expulso com vermelho directo!
72′ Grande remate de Brahimi, Guilherme responde com uma bela defesa!
69′ FC Porto: Entra André Pereira e sai J. Corona.
68′ Bola a pingar na área de Casillas, mas o guarda-redes portista recolhe.
66′ À malha lateral! Aleksei Miranchuk tenta o remate já quase sem ângulo, mas acaba por atirar para fora.
66′ Lok. Moscovo: Entra R. Zhemaletdinov e sai Manuel Fernandes.
65′ Felipe a perder uma bola, valeu a atenção de Casillas, a a sair dos postes para afastar.
59′ FC Porto: J. Corona recebe cartão amarelo.
56′ Novo tiro de Éder, mas Alex Telles faz um corte providencial e a bola sai por cima.
55′ Éder para Manuel Fernandes, este arma o remate e obrigada Casillas a uma defesa apertada. O guarda-redes portista larga a bola e Éder aparece a atirar para o fundo das redes, mas é-lhe assinalado o fora-de-jogo.
53′ Remate perigoso de Denisov, forte e colocado, sai ao lado, mas passa perto do alvo.
53′ Remate de Brahimi, contra um adversário, Óliver tenta a recarga, atira para fora.
50′ Lok. Moscovo: D. Barinov recebe cartão amarelo.
47′ FC Porto: Golo de J. Corona! Grande trabalho de Corona, arranca após passe a rasgar de Brahimi, vai até à área e fuzila Guilherme!
46′ Recomeça a partida.
48′ + 3 Tempo de descanso, as equipas recolhem aos balneários.
47′ + 2 Falta de Brahimi sobre Manuel Fernandes.
45′ Dois minutos de compensação.
45′ Marega apareceu na área com perigo, mas o maliano dominou mal o passe de Herrera e o lance perdeu-se.
40′ Nova ameaça russa junto à baliza de Casillas, agora foi Borinov a rematar, mas saiu ao lado.
38′ Lok. Moscovo: Golo de Anton Miranchuk! Militão adianta demasiado a bola e perde para Anton Miranchuk em zona proibida, este serve o irmão na área e Anton atira a contar para o fundo das redes de Casillas.
35′ FC Porto: Golo de H. Herrera! Cruzamento de Corona para a área, Herrera aparece à vontade nas costas do defesa a cabecear como mandam as regras e faz o 2-0.
32′ Falta de Ignatyev sobre Brahimi.
28′ Livre para Manuel Fernandes bater, Krychowiak ao segundo poste, mas domina a bola com o braço e o árbitro anula o lance.
27′ FC Porto: Cartão amarelo para Óliver.
26′ FC Porto: Golo de Marega! Através da marcação de uma grande penalidade. Guilherme ainda adivinha o lado, mas o remate saiu rasteiro e junto ao poste, está feito o primeiro da noite.
25′ Lok. Moscovo: Éder recebe cartão amarelo.
25′ Penálti para o FC Porto! Éder faz falta sobre Felipe na área e o árbitro assinala o castigo máximo.
25′ Canto para o FC Porto, Alex Telles para bater.
19′ Quase o golo do Lokomotiv! Miranchuk cruza, mas Casillas afasta. A bola sobra para Alexey, mas Telles nega-lhe o golo. Sorte igual teve Éder, que foi desarmado pelo defesa portista quando se preparava para rematar.
15′ Falta de Kverkvelia sobre Herrera.
12′ Cruzamento de Alex Telles, Marega desvia de cabeça, mas para fora.
10′ Defende Casillas! Manuel Fernandes atira forte, mas o guarda-redes espanhol adivinha o lado e nega o golo da equipa da casa!
9′ Lance entre Miranchuk e Alex Telles, o árbitro assinala grande penalidade para o Lokomotiv!
7′ Remate de Miranchuk à entrada da área, mas acerta em Alex Telles. Barinov tenta a recarga, mas Casillas encaixa.
2′ Danilo aparece com perigo na área do Lokomotiv, mas falha o remate.
1′ Já se joga em Moscovo!
0′ Lokomotiv (Suplentes): Kochenkov, Idowu, Tarasov, Rotenberg, Tugarev, Lysov e Zhemaletdinov.
0′ Lokomotiv (Onze inicial): Guilherme, Manuel Fernandes, Howedes, Barinov, Krychowiak, Anton Miranchuk, Ignatyev, Éder, Denisov, Kverkvelia e Aleksei Miranchuk.
0′ FC Porto (Suplentes): Vaná, Sérgio Oliveira, Bazoer, André Pereira, Adrián, Hernâni e Chidozie.
0′ FC Porto (Onze inicial): Casillas, Maxi, Felipe, Éder Militão, Alex Telles, Danilo, Herrera, Óliver, Corona, Marega e Brahimi.
0′ Bobby Madden foi o árbitro nomeado para dirigir o encontro entre Lokomotiv de Moscovo e FC Porto, partida da 3.ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

VEJA AINDA:

ALFÂNDEGA DA FÉ: NÃO HÁ REGISTO DE NOVOS CASOS COVID-19 NAS ESCOLAS

Lusa

VILA VIÇOSA: 14 INFETADOS COM COVID-19 NOS SERVIÇOS DA MISERICÓRDIA

Lusa

PORTO: RUI MOREIRA ‘SUGERE’ QUE A TAP SEJA INCORPORADA NA CARRIS

Lusa

AVEIRO: 13 ANOS DE PRISÃO PARA HOMEM QUE MATOU A MÃE

Lusa

AÇORES: SITUAÇÃO DE CALAMIDADE PROLONGADA ATÉ 23 DE OUTUBRO

Lusa

MONTIJO: INCÊNDIO NUMA EMPRESA CAUSA DOIS FERIDOS

Lusa