REGIÕES

FOGOS: 4 DISTRITOS EM RISCO MÁXIMO

Os distritos de Vila Real, Bragança, Guarda e Castelo Branco estão hoje em risco máximo de incêndio, de acordo com informação disponibilizada na página do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na Internet.

Os restantes distritos de Portugal Continental apresentam risco elevado de incêndio, à exceção de Viseu, Coimbra e Faro, com risco muito elevado, e de Aveiro e Setúbal, com risco moderado.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o “reduzido” e o “máximo”.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

A maior parte do território português está hoje sob aviso amarelo, devido à previsão de temperaturas elevadas.

Em Portugal Continental estão sob aviso amarelo, “devido à persistência de valores elevados da temperatura máxima”, os distritos de Bragança, Vila Real, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Lisboa, Setúbal, Évora e Beja. A estes distritos juntam-se as ilhas da Madeira e de Porto Santo, no arquipélago da Madeira.

Este aviso está em vigor até às 20:59 de quarta-feira, no continente, e de quinta-feira, no arquipélago da Madeira.

VEJA AINDA:

ALFÂNDEGA DA FÉ: NÃO HÁ REGISTO DE NOVOS CASOS COVID-19 NAS ESCOLAS

Lusa

VILA VIÇOSA: 14 INFETADOS COM COVID-19 NOS SERVIÇOS DA MISERICÓRDIA

Lusa

AVEIRO: 13 ANOS DE PRISÃO PARA HOMEM QUE MATOU A MÃE

Lusa

AÇORES: SITUAÇÃO DE CALAMIDADE PROLONGADA ATÉ 23 DE OUTUBRO

Lusa

MONTIJO: INCÊNDIO NUMA EMPRESA CAUSA DOIS FERIDOS

Lusa

ALVAIÁZERE: SETE UTENTES E DOIS FUNCIONÁRIOS DE LAR INFETADOS COM COVID-19

Vítor Fernandes