Connect with us

INTERNACIONAL

FRANÇA: ATENTADO CAUSA 4 MORTOS E VÁRIOS FERIDOS GRAVES

Tudo indica que possa ter sido um atentado terrorista. Para já contam-se 4 mortos e vários outros feridos graves.

Data:

em

Um tiroteio ocorreu na cidade francesa de Estrasburgo, pelas 20 horas de Terça-feira, perto da zona onde ocorre o Mercado de Natal, com as autoridades a confirmarem a existência de qutro mortos e vários feridos ligeiros e graves; apelando à população que fique em casa.

Segue-se agora uma verdadeira “caça ao homem” do suspeito que já era conhecido das autoridades francesas.

“Tiroteio no centro de Estrasburgo. Obrigado a todos por ficarem em casa enquanto esperam uma clarificação da situação”, escreveu o vice-presidente da autarquia, Alain Fontanel, na rede social Twitter, quando ainda não se conhecia a verdadeira dimensão da tragédia.

O ministro do Interior francês, Christophe Castaner, também apelou à população que fique em casa, referindo que existe um “preocupante acontecimento de segurança” em Estrasburgo. Logo de seguida reuniram-se todos os mais altos responsáveis de segurança com o Presidente Emmanuel Macron, numa reunião ao mais alto nível para debater o atentado (alegadamente terrorista).

CRONOLOGIA:

20:58 – Pelo menos um morto e dez feridos é o mais recente balanço do tiroteio que ocorreu hoje na cidade francesa de Estrasburgo, perto da zona onde ocorre o Mercado de Natal, anunciou a prefeitura. A “autarquia” de Estrasturgo confirmou na rede social Twitter a existência de pelo menos um morto e dez feridos, referindo que o atirador se colocou em fuga. O autarca de Estrasburgo, Roland Ries, afirmou que se ouviram vários tiros e que o autor dos mesmos se colocou em fuga depois de efetuar os disparos com uma arma automática.

22:51 – A polícia francesa atualizou o número de vítimas mortais resultantes do ataque de hoje à noite em Estrasburgo, fixando-o em quatro. Ainda segundo a polícia francesa, o autor do ataque, que continua em fuga, foi ferido numa troca de tiros antes de abandonar o local. O Ministério Público francês anunciou, entretanto, a abertura de uma investigação por homicídio e tentativa de homicídio relacionada com uma organização terrorista, assim como por associação terrorista.

02:18 – O ministro do Interior francês, Christophe Castaner, afirmou hoje que o tiroteio no oeste de Estrasburgo, na terça-feira, causou pelo menos três mortos e 12 feridos, obrigando o país a elevar o nível de alerta antiterrorista. O último balanço feito pelas autoridades policiais apontava para quatro mortos e dezenas de feridos. Em conferência de imprensa, o ministro detalhou que o país passou para um nível de “urgência por atentado”, com a implementação de um “controlo restrito” nas fronteiras e em todos os mercados de Natal, para que seja evitado um novo ataque nas mesmas circunstâncias.

02:21 – O Presidente Francês, Emmanuel Macron, manifestou hoje toda a solidariedade da nação para com as vítimas do tiroteio que ocorreu na terça-feira em Estrasburgo, na França, e que causou pelo menos três mortos e 12 feridos. “Solidariedade de toda a nação para Estrasburgo, nossas vítimas e suas famílias”, escreveu Macron numa mensagem divulgada na rede social Twitter. Pelo menos três mortos e 12 feridos é o mais recente balanço do tiroteio que ocorreu na terça-feira na cidade francesa de Estrasburgo, na zona onde ocorre o mercado de Natal.

03:14 – Os eurodeputados, confinados desde o início da noite de terça-feira no Parlamento Europeu em Estrasburgo após um tiroteio que matou pelo menos três pessoas, começaram a sair do edifício após as 02:00 de hoje (01:00 em Lisboa). A saída dos eurodeputados aconteceu logo após o presidente do Parlamento Europeu (PE), Antonio Tajani, ter anuncido o lançamento de um plano de evacuação em cooperação com a polícia francesa. Uma hora depois, funcionários e eurodeputados foram escoltados pela polícia em autocarros e carrinhas para o centro da cidade, segundo a agência de notícias France-Presse.

AS MAIS LIDAS