Connect with us

DESPORTO

GOVERNO CRIA O ESTATUTO DE ESTUDANTE-ATLETA

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, anunciou hoje, em Coimbra, que está “fechado” o estatuto do estudante atleta, que era uma ambição “de muitos anos” do desporto universitário.

Data:

em

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, anunciou hoje, em Coimbra, que está “fechado” o estatuto do estudante atleta, que era uma ambição “de muitos anos” do desporto universitário.

“Não estamos a falar do estatuto do atleta de alto rendimento, que já existe há uns anos, o que estamos a criar é um estatuto para o estudante que é simultaneamente atleta e, não estando propriamente no desporto do alto rendimento, tem uma prática desportiva regular”, explicou.

Falando aos jornalistas à margem da apresentação da missão portuguesa aos Jogos Universitários, que se realizam em Coimbra, de 15 a 18 de julho, João Paulo Rebelo adiantou que o novo estatuto, cuja aprovação está para breve em Conselho de Ministros, vai permitir “facilidades na conciliação das chamadas carreiras duais – a académica e a desportiva”.

Segundo o governante, este estatuto vem dar mais condições a que os estudantes universitários pratiquem desporto e “façam esta conciliação”.

“Convém relevar aqui o facto do próprio ministério da Ciência e Tecnologia e do Ensino Superior reconhecer indiscutivelmente a importância do desporto na formação dos estudantes no ensino superior”, sublinhou.

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto presidiu na tarde de hoje à apresentação da maior missão portuguesa aos Jogos Europeus Universitários, com a participação de cinco centenas de atletas, de 24 clubes e 13 instituições de ensino superior diferente.

De acordo com João Paulo Rebelo, esta competição foi uma “alavanca” para a aprovação do estatuto do estudante atleta, “que é um importante legado destes jogos” e deverá estar aprovado pelo Governo antes do seu início.

Coimbra recebe a quarta edição dos Jogos Europeus Universitários, entre 13 e 28 de julho de 2018, depois da estreia, em 2012, em Córdoba (Espanha), seguindo-se Roterdão (Holanda), em 2014, e Zagreb (Croácia), em 2016.

Terão 13 modalidades (em masculinos e femininos) em competição, o que “nunca aconteceu noutra competição multidesportiva em Portugal” (andebol, badminton, basquetebol, basquetebol 3X3, canoagem sprint, futebol, futsal, judo, remo, râguebi sevens, ténis, ténis de mesa e voleibol).

O evento conta com a participação de mais de quatro mil atletas, de 40 países e 350 universidades, e o apoio de mil voluntários, tendo como principal palco o complexo desportivo do Estádio Universitário, numa organização da Universidade, Associação Académica, Câmara Municipal de Coimbra e Federação Académica de Desporto Universitário.

LUSA

AS MAIS LIDAS