RÁDIO REGIONAL
INTERNACIONAL

HACKERS DO GRUPO ‘KILLNET’ PRÓ-RUSSO ATACAM SITES OFICIAIS ITALIANOS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Vários sites institucionais italianos voltaram a sofrer ataques informáticos que foram reivindicados pelo grupo pró-russo Killnet, que já tinha tentado perturbar o Festival da Eurovisão da Canção, realizado na semana passada em Itália, divulgou hoje a imprensa italiana.

Desde quinta-feira à noite que não funcionam as páginas oficiais na Internet de vários organismos italianos, como é o caso do Conselho Superior da Magistratura, do Departamento de Alfândegas e dos Ministérios dos Negócios Estrangeiros, Educação e Cultura.

De acordo com a imprensa italiana, os ataques informáticos verificaram-se apesar da vigilância dos departamentos especiais da polícia.

Segundo as fontes citadas pela imprensa italiana, os ‘hackers’ (piratas informáticos) do grupo pró-russo Killnet anunciaram o ataque através das redes sociais, dando instruções “para liquidar a estrutura de informação italiana”.

Na mesma mensagem, o coletivo de ‘hackers’ indicou que este ciberataque teria a duração de 48 horas e que não iria afetar o sistema de saúde do país.

A polícia italiana já conseguiu frustrar vários ataques informáticos lançados por este grupo durante as últimas eleições e contra o Festival da Eurovisão da Canção, que decorreu na semana passada na cidade italiana de Turim.

Antes, o grupo Killnet já tinha atacado vários sites institucionais italianos como as páginas do Senado e do Ministério do Interior, que estiveram bloqueadas durante várias horas.

Nestes ataques não se verificou o roubo de dados e informações, de acordo com fontes policiais.

Estes ataques informáticos definem-se como Ddos (Distributed Denial-of-Service) que se caracterizam por ser prolongados e que têm como alvo bloquear uma determinada página na Internet.

O coletivo pró-russo Killnet já reivindicou ataques informáticos semelhantes contra sites na Roménia, Polónia e Estados Unidos.

VEJA AINDA:

UCRÂNIA: PORTUGAL VAI RECONSTRUIR ESCOLAS NA REGIÃO DE JITOMIR

Lusa

UCRÂNIA: PELO MENOS 343 CRIANÇAS MORRERAM NA SEQUÊNCIA DA INVASÃO RUSSA

Lusa

KIEV SAÚDA ‘POSIÇÃO LÚCIDA’ DA NATO SOBRE A RÚSSIA

Lusa

CRESCIMENTO DA AQUICULTURA LEVA PRODUÇÃO A NÍVEL RECORDE EM 2020

Lusa

LIMITAR AQUECIMENTO GLOBAL A 1,5 GRAUS REDUZIRÁ SIGNIFICATIVAMENTE RISCOS PARA HUMANOS

Lusa

STOLTENBERG: ‘FINLÂNDIA E SUÉCIA TORNARÃO A NATO MAIS FORTE’

Lusa