RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL
seslendirme santral anons santral seslendirme

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Shell Shockers Unblocked Atari Breakout Play Snake Friv Canlı Maç Sonuçları iqoskits.com Düğün Paketleri
REGIÕES

IDOSA DE 93 ANOS TRANSPORTADA PARA O HOSPITAL APÓS SER ALVO DE ROUBO POR ESTICÃO EM GAIA

nbsp| RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL

Uma mulher de 93 anos foi esta segunda-feira conduzida ao Hospital Santos Silva, após ter sido alvo de um assalto por esticão numa rua de Vila Nova de Gaia, confirmaram à Lusa fontes dos Bombeiros de Valadares e da PSP.

O assalto ocorreu pelas 14h30, na Rua José Monteiro de Castro Portugal, em Valadares, e foi consumado por dois homens que seguiam numa viatura, descreveu a fonte.

“A idosa ainda tentou segurar a carteira que transportava e acabou ferida num pulso, tendo sido conduzida ao hospital após ter sido assistida no local“, acrescentou. Na sequência do assalto e quando se colocou em fuga, “a viatura embateu em três carros que estavam estacionados”, confirmou ainda a fonte. A PSP disse à Lusa desconhecer o paradeiro dos assaltantes.

VEJA AINDA:

MATOSINHOS: MULHER DETIDA POR SUSPEITA DE MATAR O COMPANHEIRO

Lusa

LISBOA: SOCIAL-DEMOCRATA CARLOS MOEDAS CONQUISTOU A CAPITAL AO PS

Lusa

PORTO: RUI MOREIRA DIZ QUE GOVERNAÇÃO DA CIDADE INVICTA ESTÁ ASSEGURADA

Lusa

AUTÁRQUICAS: COSTA ASSUME FRUSTRAÇÃO COM ‘DERROTA INESPERADA’ EM LISBOA

Lusa

LISBOA: MOEDAS DIZ TER VENCIDO ‘CONTRA TUDO E CONTRA TODOS’ PORQUE ‘A DEMOCRACIA NÃO TEM DONO’

Lusa

AUTÁRQUICAS: COSTA DIZ QUE ‘PAÍS NÃO É SÓ LISBOA’ E RECUSA QUALQUER CARTÃO AMARELO AO GOVERNO

Lusa