RÁDIO REGIONAL
DESPORTO

LEIXÕES: ATLETAS DENUNCIAM DÍVIDAS QUE PODEM EXCLUIR O CLUBE DAS PROVAS PROFISSIONAIS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O Leixões Sport Clube Futebol SAD está a ser denunciado por funcionários, incluindo atletas e técnicos, de incumprimento salarial, ameaça, coação e falsificação de declarações. Tudo acontece no dia em que a Liga Portuguesa de Futebol se irá pronunciar sobre a aceitação da inscrição dos clubes nas provas profissionais.

A Rádio Regional teve acesso a uma denúncia dirigida à Liga Portuguesa de Futebol, Pedro Proença, Comissão de Auditoria da Liga Portugal e Sindicato dos Jogadores  Profissionais de Futebol.

Os funcionários João Gomes, João Meira, Wailyson Teixeira, José Mota, Christophe Nduwarugira e Paulo Gonçalves são alguns dos atletas, treinadores e técnicos que alegadamente acusam o Leixões de não pagar os seus créditos laborais.

Em causa estão os salários desde dezembro de 2021. A denúncia revela ainda que a Administração do Leixões terá coagido os funcionários obrigando-os assinar declarações sob ameaça. Nas declarações consta um pagamento feito por cheque que alegadamente não foi pago por qualquer entidade bancária.

A Rádio Regional sabe que o Leixões entregou na Liga documentos que provam o cumprimento dos pressupostos financeiros obrigatórios à aceitação do clube nas provas profissionais. Contudo a presente denúncia vem questionar a autenticidade dos documentos apresentados pelo Leixões que arrisca ser excluído das provas profissionais.

O incumprimento de obrigações laborais perante funcionários (atletas, treinadores e técnicos) origina a exclusão do clube incumpridor das provas profissionais. A eventual falsificação de declarações integra ainda a possível prática de crimes de falsificação de documentos.

Também a situação perante a Autoridade Tributária e Segurança Social é objeto de averiguação.

Contactada a Liga Portuguesa de Futebol onde se apurou que “a denuncia foi recebida na Liga e há uma primeira indicação no sentido de averiguar o conteúdo da mesma” disse fonte que exigiu anonimato.


O PROCESSO EXECUTIVO;

A Rádio Regional sabe que o Leixões Sport Clube tem sido alvo de processos executivos, e consequentemente penhoras resultante de créditos laborais. É o caso de Luís Pinto que no passado dia 26 de Maio avançou com um processo executivo no valor de 24 mil euros resultante de um crédito laboral provado e reconhecido pelo tribunal ainda desta época desportiva 2021/2022.


VARZIM SPORT CLUBE ESTÁ ATENTO;

No passado dia 8 de junho o Varzim Sport Clube fez saber em comunicado que cumpriu com os pressupostos financeiros exigíveis à inscrição nas provas profissionais, nomeadamente a alegada inexistência de dívidas a atletas e técnicos. Já nessa data o emblema poveiro deixou  “no ar” a denúncia de clubes incumpridores.

“A situação em concreto é grave e carece de uma posição forte e clarificadora quer da Comissão de Licenciamento da Liga, do Exmo. Presidente da mesma Sr. Dr. Pedro Proença quer do Sr. Presidente do Sindicato dos Jogadores, Dr. Joaquim Evangelista, (..) em quem confiamos plenamente até pelo histórico recente em que tomaram decisões de coragem e de transparência.” pode ler-se no comunicado que o Varzim já emitiu neste dia.


O Leixões Sport Clube já tem conhecimento da denúncia e prometeu uma reação oportuna ao qual a Rádio Regional dará o devido e merecido tratamento jornalístico.

Vítor Fernandes

VEJA AINDA:

GD CHAVES: DEFESA EDU BORGES REGRESSA AO EMBLEMA TRANSMONTANO

Lusa

GD CHAVES: STEVEN VITÓRIA DEIXA MOREIRENSE E REFORÇA ‘VALENTES TRANSMONTANOS’

Lusa

GD CHAVES: HÉLDER MORIM TROCA O LEIXÕES PELOS ‘VALENTES TRANSMONTANOS’

Lusa

VARZIM APONTA DEDO AO LEIXÕES E QUER VAGA NA SEGUNDA LIGA

Lusa

GD CHAVES: JOÃO MENDES RENOVA COM OS ‘VALENTES TRANSMONTANOS’

Lusa

A PRIMEIRA LIGA ESTÁ DE ‘FÉRIAS’ MAS O DESPORTO NÃO ESTÁ

Rádio Regional