RÁDIO REGIONAL
DESPORTO

LEÕES CONTINUAM INVENCÍVEIS E BATEM O TONDELA NA SUA CASA (VÍDEO)

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O Sporting ampliou hoje o seu recorde de invencibilidade no campeonato, ao vencer na deslocação a Tondela, por 1-0, em jogo da 23.ª jornada da I Liga.

Em Tondela, onde haviam sido derrotados nas duas últimas temporadas, os ‘leões’ somaram o 23.º jogo sem perder, graças ao golo solitário de Tiago Tomás, aos 81 minutos, e consolidaram a liderança da I Liga, com 61 pontos.

O Sporting comanda uma classificação em que o Tondela, que somou a segunda derrota consecutiva, é 11.º, com 24 pontos, com a equipa de Rúben Amorim a ter 12 pontos de vantagem para o segundo classificado, o Sporting de Braga, que visita na segunda-feira o Famalicão.

Tiago Tomás confirmou a vitória do Sporting em Tondela, aos 81 minutos, deixando assim para os últimos minutos a resolução do jogo e a conquista dos três pontos, que permitem ao clube ‘leonino’ somar 61, mais 12 do que o segundo classificado, Sporting de Braga, que visita o Famalicão na segunda-feira, e 13 do que FC Porto, que recebe no domingo o Paços de Ferreira, e Benfica, que hoje venceu o Boavista (2-0).

Os primeiros 15 minutos do jogo revelaram-se intensos e equilibrados, com o líder do campeonato a ser travado nas suas investidas pela equipa da casa e o Tondela a conseguir chegar à grande área do Sporting, apesar de não representar perigo.

Depois do primeiro quarto de hora, o Sporting começou a pressionar e o primeiro momento de perigo saiu do primeiro canto do jogo, a favor dos ‘leões’, com Coates a receber a bola e a cabecear direto para as mãos de Pedro Trigueira.

Apesar da pressão dos forasteiros, o Tondela causou dois momentos de maior perigo junto da baliza adversária, com Mohamed Khacef (25) a isolar-se para a grande área ‘leonina’, onde perdeu o controlo da bola junto do guarda-redes e, três minutos depois, Jhon Murillo a rematar para defesa de Adán, que não segurou a bola e permitiu a recarga de João Pedro, a chutar alto.

Antes de terminar a primeira parte, Tiago Tomás atirou forte, mas para fora, depois de receber uma bola cruzada de Pedro Porro e, no último minuto, foi Nuno Mendes a cruzar, na grande área da equipa da casa, mas sem nenhum companheiro para concretizar.

O primeiro momento perigoso da segunda parte aconteceu aos 51 minutos, com Jhon Murillo a isolar-se e a rematar cruzado, num ‘tiro’ que Adán defendeu sem conseguir segurar. Dois minutos depois, o lance repetiu-se, mas, em vez de rematar, cruzou rasteiro e Mario González ainda tentou concretizar, sem chegar a tempo.

Aos 55 minutos, um remate de Tiago Tomás defendido por Pedro Trigueira foi assinalado por Nuno Almeida como fora de jogo, o que originou protestos no banco do Sporting, provocando o cartão vermelho direto ao ‘suplente’ João Pereira.

Um outro momento de grande perigo na grande área ‘beirã’ surgiu num remate de Pedro Porro (62), que Pedro Trigueira defendeu praticamente dentro da baliza, evitando assim a aproximação de Coates.

Apesar de o Tondela ter entrado a pressionar mais na segunda parte, sentiu as substituições (73) de Rúben Amorim e, aos 81, Tiago Tomás inaugurou o marcador na sequência de uma bola cruzada de Nuno Mendes, que Enzo Martínez afastou de cabeça para o autor do único golo concretizar.

Nos últimos cinco minutos, o Tondela pressionou na grande área ‘leonina’ e ainda tentou recuperar o resultado com dois remates sem perigo à baliza do Sporting.

Com esta vitória o Sporting mantém a invencibilidade, enquanto o Tondela cai uma posição, para 11º, mantém os 24 pontos e quebra a sequência de vitórias em casa.

VEJA AINDA:

SPORTING DE BRAGA VENCE E APROXIMA-SE DO PRIMEIRO LUGAR DO GRUPO F DA LIGA EUROPA

Lusa

BENFICA SOFRE PRIMEIRA DERROTA NA ‘CHAMPIONS’ AO SER GOLEADO PELO BAYERN DE MUNIQUE

Lusa

FC PORTO BATE AC MILAN E ESTREIA-SE A VENCER NA LIGA DOS CAMPEÕES

Lusa

SPORTING ESTREIA-SE A VENCER NA LIGA DOS CAMPEÕES NO ESTÁDIO DO BESIKTAS

Lusa

JORGE JESUS: ‘UM BENFICA PERFEITO PODE DISCUTIR O JOGO COM O BAYERN’

Lusa

FIFA REÚNE-SE COM SELECIONADORES PARA DISCUTIR CALENDÁRIO E MUNDIAL DE DOIS EM DOIS ANOS

Lusa