Connect with us

ECONOMIA & FINANÇAS

MAIS UMA GREVE NA CP COM 40% DE SUPRESSÕES

A CP registou 40% de supressões de comboios, até às 10h00, no âmbito da greve de 24 horas que termina às 12h00 de quarta-feira, e que deverá ter um impacto de 700 mil euros, segundo o presidente da empresa.

Datas:

em

A CP registou 40% de supressões de comboios, até às 10h00, no âmbito da greve de 24 horas que termina às 12h00 de quarta-feira, e que deverá ter um impacto de 700 mil euros, segundo o presidente da empresa.

Em declarações aos jornalistas, ainda antes do início da paralisação (12:00), Carlos Nogueira precisou que, mesmo com serviços mínimos e os “esforços da CP” até às 10:00 “a taxa de supressões atinge os 40%”.

Questionado sobre os prejuízos da segunda paralisação este mês, o responsável informou que “não andará longe de 700 mil euros”, mas que os números exatos serão conhecidos mais tarde.

Sobre a anterior greve, no passado dia 04, Carlos Nogueira revelou que a perda de receita para a empresa foi de 1,3 milhões de euros.

O responsável sublinhou, porém, que a empresa de transporte de passageiros vai secundarizar o “tema da receita e do seu controlo”, dando prioridade ao transporte e à mobilidade dos seus passageiros “nestes momentos de conturbação e falta de paz social”.

“Os prejuízos são relevantíssimos”, considerou o presidente, que voltou a repetir a incompreensão sobre a marcação de paralisações contra o agente único e que ocorra apenas entre Coimbra e Vila Real de Santo António.

Recordando a marcação de novas greves para 23 e 24 de junho, a norte de Coimbra, o responsável afirmou que os sindicatos devem ter “razões que não se conseguem descortinar”, porque a “CP não fez, não faz e não fará serviços sem dois agentes escalados entre as categorias profissionais previstas na regulamentação de segurança ferroviária, quer a nível nacional, quer da própria CP”.

“Só com um maquinista o comboio não sai”, garantiu o responsável, repetindo que terá sempre de haver um segundo agente.

Face a um regime de 1999 sobre a questão do número de agentes, o presidente afirmou que o Governo e o Instituto de Mobilidade e dos Transportes “não têm condições para voltar atrás”, até porque há “liberdade” para as empresas de transporte funcionarem com dois agentes.

“A CP no passado, no momento presente e no futuro, comprometeu-se formalmente com o Governo e com o IMT” a ter dois agentes e a continuar a cumprir com essa questão, que tem sido colocada pelos sindicatos para convocar as greves.

Desde as 00:00, e por 24 horas, que decorre também uma paralisação na Medway (antiga CP Carga), enquanto na CP o protesto iniciou-se pelas 12:00 e prolonga-se também por 24 horas.

Os mesmos modelos serão utilizados para a greve de 23 e 24, mas para os trabalhadores a Norte de Coimbra.

O presidente do Sindicato Ferroviário da Revisão e Comercial Itinerante (SFRCI), Luís Bravo tinha previsto na segunda-feira em declarações à Lusa a adesão total dos trabalhadores que não cumpram os serviços mínimos e que as “bilheteiras vão estar completamente fechadas”. “No fundo vai haver comboios, mas não vai haver cobrança”, resumiu.

“Em termos de circulação vai haver bastante, uma vez que o tribunal arbitral decretou serviços máximos na sua decisão, que é incompreensível e que faz lembrar os tempos anteriores ao 25 de Abril (de 1974), em que não se podia fazer greve, porque como foram distribuídos os serviços mínimos, equivale praticamente a que os trabalhadores sejam impedidos de fazer greve”, argumentou.

A arbitragem obrigatória do Conselho Económico e Social decretou na sexta-feira que “serão realizados 25% do total dos comboios habitualmente programados para os períodos de greve, tomando em consideração que no dia 13 de junho, nas linhas e Sintra, Azambuja e Cascais a programação corresponde a dia feriado”.

Cabe à CP escolher os comboios, devendo dar prioridade “às situações com maior impacto na mobilidade das pessoas, designadamente os comboios que habitualmente transportam o maior número de passageiros”.

Já na Medway, os serviços mínimos abrangem o “transporte de ‘amoníaco’, ‘matérias perigosas’ ou suscetíveis de perecimento durante o período de greve”. A Lusa tentou, sem sucesso, obter. comentários da empresa.

Para explicar os motivos da greve, Luís Bravo lembrou que os trabalhadores têm uma ata do Governo de dezembro a incluir dois agentes no regulamento.

“O Governo não cumpriu o acordo e o senhor secretário de Estado se, aquilo que subscreve não vale nada, acho que devia considerar pôr o seu lugar à disposição”, defendeu.

LUSA

PUBLICIDADE
OUVIR A RÁDIO REGIONAL AQUI
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE O SEU COMANTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

PUBLICIDADE LINHA CANCRO

OUVIR RÁDIO

OUVIR MÚSICA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESPORTOPublicado há 4 horas

SETÚBAL: O PORTO VENCEU … MAS NÃO CONVENCEU (VÍDEO)

O FC Porto saiu vitorioso da visita à casa do Vitória de Setúbal. Aboubakar e Sérgio Oliveira fixaram o resultado...

DESPORTOPublicado há 1 dia

NOITE DE “XEQUE-MATE” TRANSMONTANO NO XADREZ DO BESSA (vídeo)

GD Chaves faz "xeque-mate" ao Boavista no xadrez do Bessa. Com esta derrota o Boavista soma apenas 4 pontos em...

REGIÕESPublicado há 1 dia

GAIA: TRABALHADORES DA ESCOLA INÊS DE CASTRO EM GREVE

Os assistentes operacionais da Escola Secundária Inês de Castro, concelho de Vila Nova de Gaia, fizeram esta sexta-feira uma hora...

SOCIEDADEPublicado há 1 dia

ENFERMEIROS “AMEAÇAM” COM MAIS MAIS SEIS DIAS DE GREVE

Os sindicatos dos enfermeiros dão ao Governo até 04 de outubro para responder às suas reivindicações ou avançarão para mais...

SOCIEDADEPublicado há 1 dia

PROFESSORES ENTREGAM PRÉ-AVISO DE GREVE PARA OUTUBRO

Dez estruturas sindicais de professores entregaram hoje um pré-aviso de greve para a primeira semana de outubro, para exigir que...

SOCIEDADEPublicado há 2 dias

TRABALHADORES DA IBERSOL EM GREVE POR MELHORES SALÁRIOS

Cerca de meia centena de trabalhadores da Ibersol manifestaram-se hoje frente à sede do grupo, no Porto, contra a precariedade...

DESPORTOPublicado há 2 dias

SPORTING VENCEU QARABAG NO ARRANQUE LA LIGA EUROPA

O Sporting recebeu e venceu, esta quinta-feira, o Qarabag por 2-0 em partida da primeira jornada do grupo E da...

REGIÕESPublicado há 2 dias

TAXISTAS CONTINUAM CONCENTRADOS CONTRA A NOVA LEI

As associações que representam o setor do táxi consideraram hoje, numa comunicação aos profissionais que se encontram nos Restauradores, em...

JUSTIÇAPublicado há 2 dias

LUCÍLIA GAGO É A NOVA PROCURADORA-GERAL DA REPÚBLICA

Lucília Gago é a nova procuradora-geral da República.

SOCIEDADEPublicado há 2 dias

MARCELO DESPEDE-SE DA VIDA DE PROFESSOR

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, despediu-se hoje da "fascinante aventura" do ensino como professor universitário de direito,...

PUBLICIDADE LINHA CANCRO

AS MAIS LIDAS