RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

MÉDICOS AVANÇAM PARA GREVE DE TRÊS DIAS EM NOVEMBRO

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) e o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) convocaram hoje uma greve para os dias 23, 24 e 25 de novembro por considerarem “insustentável” a situação do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

“A situação a que chegou o SNS e o nível a que estão a ser sujeitos em termos de condições de trabalho dos médicos são insustentáveis, sendo que as propostas em relação ao Orçamento do Estado para os médicos e SNS são de tal modo insuficientes que mal merecem a nossa consideração”, disse aos jornalistas o presidente da FNAM, Noel Carrilho, no final de uma reunião dos dois sindicatos em Coimbra.

Segundo o secretário-geral do SIM, Roque da Cunha, a greve tem como objetivo fundamental “exigir o financiamento do SNS e passar das palavras aos atos, já que é evidente um pouco por todo o país que os médicos, apesar de todos os esforços feitos, não conseguem aguentar mais”.

VEJA AINDA:

GOVERNO APROVA ESTATUTO DO SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE

Lusa

COVID-19: 42% DOS RECUPERADOS COM SINTOMAS DE STRESS PRÓ-TRAUMÁTICO

Lusa

PENAFIEL: INVESTIMENTO DE UM MILHÃO DE EUROS NO SERVIÇO DE PNEUMOLOGIA DO HOSPITAL

Lusa

OBESIDADE CUSTA 1,2 MIL MILHÕES POR ANO AOS PORTUGUESES

Lusa

PORTO: ALA PEDIÁTRICA DO HOSPITAL DE SÃO JOÃO NO PORTO COMEÇA A RECEBER CRIANÇAS EM NOVEMBRO

Lusa

FRENTE COMUM DECIDE ESTA SEGUNDA-FEIRA GREVE NA FUNÇÃO PÚBLICA A 12 DE NOVEMBRO

Lusa