ARTE & CULTURA

MORREU O ESCULTOR JOÃO CUTILEIRO

O escultor João Cutileiro morreu hoje, aos 83 anos, disse à Lusa a diretora regional de cultura do Alentejo.

Segundo Ana Paula Amendoeira, João Cutileiro estava internado num hospital de Lisboa com graves problemas do foro respiratório.

João Cutileiro é autor do Monumento ao 25 de Abril, instalado no Parque Eduardo VII, em Lisboa, entre muitas outras obras.

O escultor era irmão do diplomata e escritor José Cutileiro, que morreu em maio de 2020.

Cutileiro viveu e trabalhou em Évora desde 1985. Frequentou os ateliês de António Pedro, Jorge Barradas e António Duarte de 1946 a 1950, tendo feito a sua primeira exposição individual (“Tentativas Plásticas”) em 1951, com 14 anos, em Reguengos de Monsaraz, onde apresentou esculturas, pinturas, aguarelas e cerâmicas.

João Cutileiro foi condecorado com a Ordem de Sant’Iago da Espada, Grau de Oficial, em agosto de 1983, e recebeu o Doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Évora e pela Universidade Nova de Lisboa, este último, concedido em 2017.

Em 2018, Cutileiro recebeu a medalha de mérito cultural, atribuída pelo Governo, numa cerimónia no Museu de Évora que serviu igualmente para formalizar a doação do espólio do escultor ao Estado português.

VEJA AINDA:

CINEMA: ESTREIA DO NOVO FILME DE JAMES BOND ADIADA PELA TERCEIRA VEZ

Lusa

MARCELO CONDECORA ALICE VIEIRA, JORGE PALMA E ANTÓNIO VARIAÇÕES

Lusa

MARCELO SAÚDA FUNDO DE APOIO À CULTURA E APELA A CONTRIBUTOS DE EMPRESAS

Lusa

FILME ‘LISTEN’ DE ANA ROCHA DE SOUSA O MAIS VISTO NO FIM DE SEMANA DE ESTREIA

Lusa

MIRANDA DO DOURO: ALDEIA DE PICOTE ‘DESAFIOU’ OS JOVENS PARA A ARTE EM MEIO RURAL

Lusa

FESTIVAL DE CURTAS METRAGENS DE VILA DO CONDE CONTA COM 48 ESTREIAS NACIONAIS

Lusa