Ligue-se a nós

REGIÕES

MURÇA: FOGO JÁ ALASTROU AOS CONCELHOS DE VALPAÇOS E VILA POUCA DE AGUIAR

O incêndio que começou domingo em Murça estendeu-se aos concelhos de Vila Pouca de Aguiar e de Valpaços e já terá queimado uma área superior a 3.000 hectares, disse fonte da Proteção Civil.

Online há

em

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O incêndio que começou domingo em Murça estendeu-se aos concelhos de Vila Pouca de Aguiar e de Valpaços e já terá queimado uma área superior a 3.000 hectares, disse fonte da Proteção Civil.

A informação foi avançada aos jornalistas pelo presidente da Câmara de Vila Pouca de Aguiar, Alberto Machado, que adiantou que, no seu concelho, “ainda há frentes ativas”, prevendo, no entanto, que a “situação está controlada”.

O incêndio começou domingo à tarde em Cortinhas, no concelho de Murça, e nesse mesmo dia passou para o concelho de Vila Pouca de Aguiar. Hoje avançou para Valpaços.

“Os danos são enormes. Vim do posto de comando de Vila Pouca de Aguiar para aqui e vi sempre em área ardida”, referiu.

O autarca deslocou-se a Murça, onde está instalado um posto de comando da Proteção Civil. Para participar num briefing com autarcas e as várias forças envolvidas nesta ocorrência.

Publicidade

“Estamos a falar numa área já superior a 3.000 hectares e dentro dessa uma área significativa de povoamento de pinheiro-bravo e de souto”, apontou, referindo-se à área conjunta dos municípios de Vila Pouca de Aguiar e Murça.

Albert Machado espera que durante a noite haja “uma janela de oportunidade”, devido à humidade que está a subir e às temperaturas que estão a descer, de “fazer esse controlo e evitar reacendimentos amanhã”.

Em Vila Pouca de Aguiar, o fogo “evoluiu desfavoravelmente” durante o dia de hoje, pondo em risco as aldeias de Granja e Ribeirinha.

Foi ponderada e evacuação de Ribeirinha, o que não chegou a acontecer.

Situação diferente aconteceu em Murça, onde desde esta tarde foram retiradas, segundo o presidente da Câmara de Murça, cerca de 300 populares de aldeias como Valongo de Milhais, Ribeirinha, Penabeice, Mascanho, Paredes e Vale de Égua.

Publicidade

Os populares estão a ser transportados para o pavilhão desportivo de Murça e para a residência de estudantes, localizados naquela vila do distrito de Vila Real.

Esta tarde, um casal de idosos foi encontrado morto, dentro de um carro carbonizado, numa área ardida, uma situação que aconteceu na única estrada de acesso à aldeia de Penabeice (Murça) e que está a ser investigada pela GNR.

Também nesta ocorrência, mas já do lado de Vila Pouca de Aguiar, uma viatura pesada de combate a incêndios da GNR foi atingida pelas chamas, tendo os militares saído ilesos.

Para esta ocorrência, no total, estão mobilizados 492 operacionais e 170 viaturas.

Publicidade
Publicidade
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

REGIÕES

ÉVORA: AGRICULTORES INVADEM CCDR DO ALENTEJO POR FALTA DE APOIOS

Os ânimos exaltaram-se hoje na manifestação dos agricultores em Évora, com alguns dos participantes no protesto a invadirem o átrio da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo, apesar da oposição da PSP.

Online há

em

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Os ânimos exaltaram-se hoje na manifestação dos agricultores em Évora, com alguns dos participantes no protesto a invadirem o átrio da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo, apesar da oposição da PSP.

Na marcha, os agricultores pararam em frente às instalações da CCDR Alentejo e uma delegação entrou no edifício para entregar um documento reivindicativo, que foi recebido por uma funcionária.

À saída, o grupo tirou uma corrente de um saco e trancou a cadeado duas das portas, o que levou a PSP a intervir para as reabrir e, já com os ânimos exaltados e gritos de “bandidos”, alguns forçaram as portas e entraram.

Na entrada, alguns dos elementos da PSP no local tentaram conter a entrada dos manifestantes, que continuavam a bater nas portas de vidro e a querer juntar-se aos que se encontravam no interior, com assobios e a gritarem palavras de ordem contra a ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes.

Os manifestantes que se encontravam no interior da CCDR Alentejo acabaram por sair e a marcha retomou o percurso estabelecido pela Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP).

Publicidade

A marcha conta com várias centenas de tratores e milhares de agricultores.

LER MAIS

REGIÕES

PORTO: ALIADOS SERÁ O PALCO DAS COMEMORAÇÕES DO 25 DE ABRIL

A Avenida dos Aliados, no Porto, vai ser palco das celebrações dos 49 anos do 25 de Abril, com concertos de Luta Livre, Jorge Lomba e da Brigada Vitor Jara, bem como do habitual desfile, foi hoje anunciado.

Online há

em

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A Avenida dos Aliados, no Porto, vai ser palco das celebrações dos 49 anos do 25 de Abril, com concertos de Luta Livre, Jorge Lomba e da Brigada Vitor Jara, bem como do habitual desfile, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a Câmara do Porto adianta hoje que este ano, as comemorações do 25 de Abril sobem “ao palco dos Aliados para festejar a liberdade”.

Entre os concertos previstos, a autarquia destaca o Luta Livre, projeto de música de intervenção de Luís Varajoto em que “o jazz e o rock servem de base a um discurso sobre desigualdade, injustiça, desinformação e outros temas que o inquietam enquanto cidadão”.

O concerto decorre no dia 24 de abril, pelas 22:00, no palco dos Aliados e assinala o “arranque do programa” numa noite que conta também com a atuação do Coral de Letras da Universidade do Porto e termina com “fogo-de-artifício à meia-noite”.

No feriado, a manhã é dedicada às crianças, com jogos tradicionais na Praça do General Humberto Delgado a partir das 10:00.

Publicidade

Já pelas 14:30, está prevista uma homenagem aos resistentes antifascistas no Largo de Soares dos Reis, junto à antiga sede da PIDE no Porto.

É precisamente desse local que parte o desfile da liberdade, cortejo de “celebração e reivindicação” que passa pela Avenida de Rodrigues de Freitas, Rua de D. João IV, Rua de Santo Ildefonso, Rua de Passos Manuel, Rua de Sá da Bandeira, Praça de D. João I e Rua de Rodrigues Sampaio, terminando na Avenida dos Aliados.

No palco dos Aliados, Jorge Lomba interpretará, pelas 15:00, músicas de José Afonso e Adriano Correia de Oliveira, bem como criações próprias.

Pelas 16:15 e já depois de “uma breve intervenção” da Comissão para as Comemorações Populares do 25 de Abril, sobre ao palco a histórica Brigada Victor Jara, trazendo aos Aliados os temas “mais emblemáticos e também novas abordagens a canções do imaginário nacional”.

Publicidade
LER MAIS

JORNAL ONLINE


RÁDIO ONLINE


LINHA CANCRO


DESPORTO DIRETO


RÁDIO REGIONAL: SD | HD





RÁDIO REGIONAL VILA REAL




RÁDIO REGIONAL CHAVES




RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA




RÁDIO REGIONAL MIRANDELA



MUSICBOX


WEBRADIO 100% PORTUGAL




WEBRADIO 100% POP-ROCK




WEBRADIO 100% OLDIES




WEBRADIO 100% LOVE SONGS




WEBRADIO 100% DANCE


PAGAMENTO PONTUAL






KEYWORDS

PAGAMENTO PONTUAL

MAIS LIDAS