REGIÕES

NOITE DE INCÊNDIOS EM RIBEIRA DE PENA E GUIMARÃES

Um incêndio com duas frentes activas está a lavrou esta noite na freguesia de Brito, em Guimarães, numa zona perto de habitações, disse à Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários de Guimarães.

De acordo com a mesma fonte, pelas 23:20 o fogo estava a ser combatido por 33 bombeiros, apoiados por nove viaturas. O alerta foi dado pelas 19:50 , sendo que havia “habitações perto” do incêndio.

Chegou mesmo a haver habitações em perigo, mas o perigo foi controlado, disse a mesma fonte, já depois da meia-noite, acrescentando não haver registo de danos materiais ou humanos e sublinhando que o combate às chamas estava a evoluir favoravelmente.

Além das habitações, também a Capela de São Miguel esteve a ser cercada pelas chamas, segundo o Correio da Manhã.

Por outro lado, cerca de 70 bombeiros combateram um outro fogo, na freguesia de Cerva, concelho de Ribeira de Pena (Vila Real), declarou o comandante dos bombeiros locais à Lusa.

De acordo com o comandante Jorge Campos, dos Bombeiros Voluntários de Cerva, pelas 23:30 o fogo, que lavrou nos lugares de Outeirinho e Seixinhos, estava a ser combatido por cerca de 70 homens, apoiados por 17 veículos.

O alerta para o fogo – “esteve perto de casas, mas conseguiu resolver-se a situação” – foi dado pelas 17:30. Segundo o comandante Jorge Campos, “para chegar à frente de fogo os acessos são difíceis e o vento dificultou o combate”.

“O fogo acabou agora”, afirmou fonte dos Bombeiros Voluntários de Cerva, indicando não terem sido registados “quaisquer danos materiais”.

De acordo com o comandante Jorge Campos, dos Bombeiros Voluntários de Cerva, pelas 23:30, o fogo, que lavrava nos lugares de Outeirinho e Seixinhos, estava a ser combatido por cerca de 70 homens, apoiados por 17 veículos.

O fogo “esteve perto de casas, mas conseguiu resolver-se a situação”, disse, na altura.

VEJA AINDA:

ALFÂNDEGA DA FÉ: NÃO HÁ REGISTO DE NOVOS CASOS COVID-19 NAS ESCOLAS

Lusa

VILA VIÇOSA: 14 INFETADOS COM COVID-19 NOS SERVIÇOS DA MISERICÓRDIA

Lusa

AVEIRO: 13 ANOS DE PRISÃO PARA HOMEM QUE MATOU A MÃE

Lusa

AÇORES: SITUAÇÃO DE CALAMIDADE PROLONGADA ATÉ 23 DE OUTUBRO

Lusa

MONTIJO: INCÊNDIO NUMA EMPRESA CAUSA DOIS FERIDOS

Lusa

ALVAIÁZERE: SETE UTENTES E DOIS FUNCIONÁRIOS DE LAR INFETADOS COM COVID-19

Vítor Fernandes