RÁDIO REGIONAL
CIÊNCIA & TECNOLOGIA

O “RUÍDO” DE JÚPITER

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Pouco depois da Juno ter ultrapassado a barreira da magnetosfera de Júpiter, um campo magnético que se estende por milhões de quilómetros, a NASA partilhou o som captado pela sonda que, actualmente, se encontra na órbita do maior planeta do sistema solar. Diz o The Verge que o campo magnético de Júpiter é cerca de 20 mil vezes mais forte que o campo magnético terrestre.

Enquanto ultrapassava a magnetosfera, os instrumentos a bordo da sonda da NASA foram capazes de medir a mudança na densidade de partículas depois da transição da Juno.

A 24 de Junho, a sonda da NASA ultrapassou a ‘barreira’ e a 25 de Junho captou o som que é captado de ondas eletromagnéticas “presas” em cavidades de baixa densidade.

Podes ouvir no vídeo que aqui te colocamos:

VEJA AINDA:

MARTE: IMAGENS INDICAM QUE CRATERA JEZERO JÁ FOI UM LAGO TRANQUILO

Lusa

ATRIZ E REALIZADOR RUSSOS DESCOLAM PARA FILMAR PRIMEIRO FILME NO ESPAÇO

Lusa

INVESTIGADOR PORTUGUÊS VENCE PRÉMIO COM FERRAMENTA DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL PARA ESTUDO DE EXOPLANETAS

Lusa

ESA DIVULGA IMAGEM DE VÉNUS CAPTADA ESTA TERÇA-FEIRA POR SONDA QUE PASSOU PERTO DE PLANETA

Lusa

MARTE: A EXISTÊNCIA DE VIDA FORA DA TERRA AINDA É ‘DIFÍCIL DE ACEITAR’ – NINA LANZA

Lusa

SONDA CHINESA PARA MARTE ENTRA EM ÓRBITA NA PRÓXIMA SEMANA

Lusa