RÁDIO REGIONAL
CIÊNCIA & TECNOLOGIA

O “RUÍDO” DE JÚPITER

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Pouco depois da Juno ter ultrapassado a barreira da magnetosfera de Júpiter, um campo magnético que se estende por milhões de quilómetros, a NASA partilhou o som captado pela sonda que, actualmente, se encontra na órbita do maior planeta do sistema solar. Diz o The Verge que o campo magnético de Júpiter é cerca de 20 mil vezes mais forte que o campo magnético terrestre.

Enquanto ultrapassava a magnetosfera, os instrumentos a bordo da sonda da NASA foram capazes de medir a mudança na densidade de partículas depois da transição da Juno.

A 24 de Junho, a sonda da NASA ultrapassou a ‘barreira’ e a 25 de Junho captou o som que é captado de ondas eletromagnéticas “presas” em cavidades de baixa densidade.

Podes ouvir no vídeo que aqui te colocamos:

VEJA AINDA:

ESPAÇO ALTERA ESTRUTURA DO CÉREBRO DOS ASTRONAUTAS – ESTUDO

Lusa

ASTRÓNOMOS DETETAM CORPO CELESTE NUNCA ANTES OBSERVADO

Lusa

ASTRÓNOMOS DESCOBREM PLANETA EXTRASSOLAR ‘PARECIDO’ COM MARTE E MERCÚRIO

Lusa

GRANDE MANCHA VERMELHA DE JÚPITER ESTENDE-SE MAIS FUNDO NA ATMOSFERA DO PLANETA DO QUE SE PENSAVA

Lusa

MARTE: IMAGENS INDICAM QUE CRATERA JEZERO JÁ FOI UM LAGO TRANQUILO

Lusa

ATRIZ E REALIZADOR RUSSOS DESCOLAM PARA FILMAR PRIMEIRO FILME NO ESPAÇO

Lusa