RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

O VÍDEO DO ACIDENTE DA MADEIRA COM 28 MORTOS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Um autocarro de turismo com 55 passageiros saiu de uma estrada na zona do Caniço, na Madeira, caindo em cima de uma habitação e provocando vários mortos, esta quarta-feira. Até ao momento, foram confirmados 28 mortos – 11 homens e 17 mulheres – e 28 feridos.

Segundo avançou o Diário de Notícias, o presidente do Serviço Regional da Proteção Civil, José Dias, confirmou em conferência de imprensa que os 28 feridos foram transportados para o hospital com ferimentos de várias gravidades.

Em declarações à RTP, o presidente do município de Santa Cruz, Filipe Sousa, já havia confirmado a morte das 28 pessoas. As vítimas mortais são de nacionalidade estrangeira. Tanto o condutor como a guia, de nacionalidade portuguesa, sobreviveram e foram encaminhados para o hospital, embora não se consiga precisar o estado de saúde.

O Diário de Notícias da Madeira e a RTP Madeira indicaram que o acidente ocorreu numa curva junto ao entroncamento da Estrada da Ponta da Oliveira com a Rua Alberto Teixeira (antiga variante).

De acordo com o Jornal de Notícias, o autocarro, com turistas estrangeiros, saiu do Hotel Quinta Splendida com destino ao Funchal, tendo o acidente ocorrido às 18:30. Por motivos que ainda se desconhecem, o motorista perdeu o controlo do veículo coletivo de passageiros e acabou por precipitar-se sobre uma casa.

Filipe Sousa já havia informado que várias pessoas tinham sido retiradas para o hospital da Cruz de Carvalho (atual Hospital Central do Funchal) e algumas estavam a ser assistidas no local.

As primeiras informações recolhidas pelo Diário de Notícias da Madeira revelam “um cenário horrendo”, com corpos espalhados pela encosta.

Depois de o acesso ao Caniço de Baixo a partir do centro da cidade ter estado encerrado de modo a permitir o socorro às vítimas, às 21:40 as autoridades estavam a retirar os cadáveres do local, referiu o Diário de Notícias.

Também em conferência de imprensa, o responsável da proteção civil e o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, explicaram que está a ser prestado apoio psicológico às vítimas e aos familiares e amigos. O grupo de turistas alemães ocupava dois autocarros, tendo um deles acabado por se despistar.

À TVI 24, a Proteção Civil da Madeira indicou que foram enviados para o local “muitos meios de várias corporações”, incluindo duas viaturas de emergência médica, 13 ambulâncias e duas viatura de apoio ao desencarceramento e um total de 50 operacionais.

Medicina Legal reforçada no Funchal:

O Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses vai enviar uma equipa do continente para a Madeira para reforçar o gabinete do Funchal. “O Instituto de Medicina Legal já está a preparar uma equipa que vai de cá para lá, para reforçar o Gabinete Médico-Legal do Funchal”, disse à agência Lusa fonte oficial do Ministério da Justiça.

A fonte não conseguiu, porém, adiantar quantos profissionais integrarão a equipa que vai prestar apoio ao Gabinete Médico-Legal e Forense do Funchal, instalado no Hospital dr. Nélio Mendonça.

“Ainda não têm isso fechado, porque estão à espera da confirmação do número de mortos”, indicou a fonte, apontando que, mediante essa informação, “ajustarão às necessidades”.

Fonte oficial do ministério liderado por Francisca Van Dunem informou também que este reforço poderá partir “ainda esta noite”.

nbsp| RÁDIO REGIONAL

DN | ZAP | LUSA | JN | TVI24

VEJA AINDA:

COVID-19: 42% DOS RECUPERADOS COM SINTOMAS DE STRESS PRÓ-TRAUMÁTICO

Lusa

GUARDA: JUDICIÁRIA DETÉM SETE SUSPEITOS DE TRÁFICO DE ESTUPEFACIENTES

Lusa

OVAR: FESTEJOS DE CARNAVAL REGRESSAM EM 2022 – AUTARQUIA

Lusa

PENAFIEL: INVESTIMENTO DE UM MILHÃO DE EUROS NO SERVIÇO DE PNEUMOLOGIA DO HOSPITAL

Lusa

OBESIDADE CUSTA 1,2 MIL MILHÕES POR ANO AOS PORTUGUESES

Lusa

PORTO: ALA PEDIÁTRICA DO HOSPITAL DE SÃO JOÃO NO PORTO COMEÇA A RECEBER CRIANÇAS EM NOVEMBRO

Lusa