RÁDIO REGIONAL
INTERNACIONAL

PEDOFILIA NO CINEMA AMERICANO

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Elijah Wood, o ator que fez de Frodo na trilogia ‘O Senhor dos Anéis’ é a mais recente voz a falar abertamente de um “problema de pedofilia” nos meandros de Hollywood e a assumir que existem, em torno da indústria cinematográfica, “víboras que só estão interessadas em servir os seus próprios interesses”. Numa entrevista ao jornal britânico ‘The Sunday Times’, o ator de 35 anos (mas que faz filmes desde criança) diz que o abuso infantil no mundo do cinema americano é “bem organizado”, mas escusou-se a dar pormenores ou a revelar nomes. “O que me perturba é saber que as vítimas não podem falar tão alto quanto as pessoas poderosas”, afirmou.

A entrevista deu força às acusações de Corey Feldman, revelado nos anos 80 com o filme ‘Os Goonies’. Atualmente com 44 anos, Feldman garante que o colega e amigo Corey Haim, com quem contracenou em ‘Aselhas ao Volante’, foi violado em pleno estúdio quando tinha 11 anos e que nunca terá recuperado do trauma (morreu de uma overdose, aos 38 anos).

A história de Hollywood está recheada de casos suspeitos. Charlie Chaplin era conhecido por gostar de raparigas muito jovens (apaixonou-se por Lita Grey quando ela tinha apenas 15 anos), Errol Flynn foi a tribunal por ter alegadamente violado duas menores e Roman Polanski fugiu do país para escapar a uma acusação semelhante. Recentemente, Bryan Singer (realizador de ‘X-Men’) foi acusado de violação e uma das filhas adotivas de Woody Allen garante que este abusou dela em criança.

VEJA AINDA:

VILA REAL: JUDICIÁRIA DETEVE TRÊS SUSPEITOS DE ATEAR 16 INCÊNDIOS – MONTALEGRE

Lusa

ALMANCIL: CORPO DA DESAPARECIDA SANDRA ANDRADE ENCONTRADO EM QUARTEIRA

Lusa

ZELENSKY: ‘A PRESENÇA DE RUSSOS NA CRIMEIA É UMA AMEAÇA PARA A EUROPA’

Lusa

ERC RECORRE À JUSTIÇA CONTRA UM CIDADÃO ‘AMEAÇADOR E ABUSIVO’

Lusa

PORTO: PSP CONFIRMA AUMENTO DA CRIMINALIDADE GRAVE EM 2021

Lusa

PORTUGAL JÁ CONCEDEU 49.405 PROTEÇÕES TEMPORÁRIAS A UCRANIANOS

Lusa