RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

PORTO: NOVE SUSPEITOS DETIDOS POR HOMICÍDIO DE ADEPTO DO FC PORTO

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Nove pessoas “com vastos antecedentes criminais” foram detidas hoje, no Porto, por suspeitas de coautoria do homicídio qualificado que ocorreu nos festejos do título do FC Porto na madrugada de 08 de maio, anunciou a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ, através da Diretoria do Norte, descreve que, pelas 07:00, “desencadeou uma vasta operação policial com vista a dar cumprimento a 13 mandados de busca domiciliária e nove de detenção fora de flagrante delito”.

Fonte policial indicou à agência Lusa que um dos nove detidos é Marco Gonçalves (conhecido por Marco ‘Orelhas’), pai do jovem que se encontra detido por suspeita da morte do adepto.

A operação desta manhã ocorreu na sequência da investigação que estava em curso referente à morte de um adepto nos festejos do título de campeão nacional do FC Porto.

Marco Gonçalves apresentou-se em 16 de maio na PJ do Porto, foi constituído arguido por ofensa à integridade física e saiu em liberdade, tendo fonte policial referido naquele dia à Lusa que poderiam vir a ser constituídos outros arguidos no processo, pelas agressões a Igor Gonçalves, de 26 anos, cometidas antes do homicídio.

Os nove detidos têm idades entre os 20 e os 42 anos, sendo que “alguns” têm “vastos antecedentes criminais pela prática de crimes violentos”, descreve a PJ.

A fonte policial adiantou à Lusa que o primeiro interrogatório judicial terá lugar no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto, provavelmente a partir da tarde de hoje ou na quinta-feira.

No comunicado, a PJ acrescenta que os mandados de busca foram emitidos pelo Ministério Público do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto, “visando um conjunto de indivíduos sobre os quais recaem suspeitas de coautoria do homicídio qualificado ocorrido na madrugada do dia 08 de maio, na cidade do Porto”.

A PJ acrescenta que a investigação permitiu, “no espaço de um mês, recolher indícios de que os suspeitos ora detidos atuaram em conjugação de esforços nas agressões que provocaram a morte do jovem na referida data, estando, por isso, todos indiciados da coautoria nesse crime”.

Ainda de acordo com a PJ, as buscas realizadas resultaram na apreensão de “relevantes elementos probatórios”, os quais vão ser processados.

VEJA AINDA:

VISEU: JUDICIÁRIA DETEVE UM HOMEM SUSPEITO DE SEQUESTRAR UMA MULHER

Lusa

VALE DE CAMBRA: 40 ALDEIAS SEM MÉDICO DE FAMÍLIA HÁ UM MÊS

Lusa

GUARDA: AUTARQUIA ALERTA AGRICULTURES PARA ‘TEMPOS DIFÍCEIS’ DEVIDO À SECA

Lusa

PORTO: HOSPITAL DE SÃO JOÃO VACINA GRATUITAMENTE MULHERES COM RISCO DE CANCRO

Lusa

VIANA DO CASTELO: COMBOIO PASSA POR CIMA DE SEM-ABRIGO QUE ‘ESCAPA’ ILESA

Lusa

PORTO: JOVEM DE 18 ANOS ESFAQUEOU UM HOMEM POR CAUSA DO ‘BARULHO’

Lusa