Connect with us

DESPORTO

PORTO VENCE SPORTING MAS NÃO FOI SUFICIENTE

O FC Porto recebeu e venceu hoje o Sporting por 2-1, mas isso não foi suficiente para revalidar o título de campeão português de futebol, reconquistado pelo Benfica, numa decisão apenas conhecida na última jornada da I Liga.

Data:

em

O FC Porto recebeu e venceu hoje o Sporting por 2-1, mas isso não foi suficiente para revalidar o título de campeão português de futebol, reconquistado pelo Benfica, numa decisão apenas conhecida na última jornada da I Liga.

A rota do título passava pela Luz ou pelo Dragão, mas a decisão adiada para a 34.ª jornada estava, teoricamente, mais longe do campeão, em desvantagem no confronto direto e dependente de uma derrota caseira do Benfica, que não veio a acontecer, de nada valendo o triunfo diante do Sporting.

Os ‘leões’, em inferioridade numérica desde os 20 minutos, por expulsão de Borja, adiantaram-se no marcador, por Luiz Phellype, aos 61, respondendo os portistas por Danilo, aos 78, e Herrera, aos 87, que fixou o resultado.

Com esta vitória, a 84.ª dos ‘azuis e brancos’ frente aos ‘leões’ (têm 82), em 233 jogos em todas as competições, o FC Porto termina a temporada com 85 pontos e no segundo lugar, que ocupou desde a 24.ª jornada, a dois do Benfica e novo campeão português, que hoje venceu o Santa Clara por 4-1.

O Sporting, sem outro horizonte que não o terceiro lugar, fecha a época no último lugar do pódio, com 74 pontos, mas com tudo em aberto para o pleno nas taças, arriscando juntar a Taça de Portugal, no próximo sábado, à Taça da Liga, conquistada em janeiro, tendo nos dois casos como adversário o FC Porto.

Em função dessa final, Marcel Keiser anunciou poupanças no ‘onze’ do Sporting e além de Ristovski e Coates, castigados, Wendel e Raphinha também ficaram de fora, substituídos por Bruno Gaspar e André Pinto, na defesa, Petrovic, no meio-campo, e Diaby, no ataque.

Sérgio Conceição não podia dar-se a esse luxo, perante a possibilidade, mínima que fosse, de o FC Porto revalidar o título nacional e, nesse sentido, devolveu Pepe ao eixo da defesa, derivando Militão para o lado direito, por troca direta com Wilson Manafá, incluindo também o capitão Herrera, após castigo, no meio-campo, em substituição de Óliver.

O ritmo inicial foi moderado e nunca acelerou numa primeira parte sem grandes lances de golo e com maior pendor ofensivo do FC Porto, mais acentuado a partir dos 20 minutos, altura em que o árbitro Fábio Veríssimo, com recurso ao videoárbitro, expulsou o lateral esquerdo Borja, a quem inicialmente mostrara amarelo, por agarrar Corona que seguia a caminho da área do Sporting, após mau passe de Bruno Gaspar.

O recuo de Acuña implicava uma menor liberdade para o ‘vagabundo’ Bruno Fernandes, mas era pela direita que os portistas mais brechas encontravam, conseguindo explorar, com relativo à vontade, as costas dos médios.

Foi assim que, aos 26 minutos, Marega encontrou Soares na esquerda, faltando, depois, a emenda, de Corona, na pequena área, onde o maliano, na insistência, cabeceou torto e ao lado, desperdiçando o lance mais perigoso do primeiro tempo.

Marega, sempre mais em jogo entre os locais, ainda festejou o golo, aos 36, mas o lance seria anulado por posição irregular.

Conceição lançou Wilson Manafá e Brahimi no arranque da segunda parte, na vez de Pepe e do ‘apagado’ Otávio, para capitalizar a superioridade numérica, mas o melhor que a equipa conseguiu foi ganhar vários pontapés de canto, tendo num deles, aos 59 minutos, Danilo ficado perto de inaugurar o marcador, iniciando um ‘duelo’ particular com Renan.

O que o FC Porto não fez, o Sporting, sempre num registo mais retraído e reativo, viria a conseguir, dois minutos depois, aos 61, num lance de contra-ataque iniciado por Diaby no corredor central, no espaço de Herrera e Danilo, e que contou ainda com a intervenção de Acuña, na esquerda, a assistir Luiz Phellype para uma conclusão fácil do brasileiro na cara de Vaná.

O FC Porto reagiu à desvantagem e o que lhe faltou em discernimento sobrou em vontade, acabando por chegar merecidamente ao empate num canto, aos 78 minutos, por Danilo, de cabeça, que já enviara uma bola ao ‘ferro’ da baliza ‘verde e branca’.

O domínio ‘azul e branco’ acentuou-se e a reviravolta esteve perto de acontecer aos 85 minutos, num lance com oportunidades claras de Marega, Herrera e Soares, antecipando o golo de Herrera, aos 87, num pontapé acrobático também após um canto, fixando o resultado final.

O jogo ficou ainda marcado por uma enorme confusão aos 90, iniciada numa bola dividida entre Acuña e Corona e que acabou por estender-se aos jogadores e restantes elementos das duas equipas, terminando com a expulsão de Corona, que, juntamente com Borja, vai falhar a final da Taça de Portugal.

RESUMO DO JOGO:

JOGO AO MINUTO:

94′ + 4 Termina a partida! Na última jornada do campeonato, o FC Porto vence o Sporting CP por 2-1. Luiz Phellype adiantou os leões ao minuto 61 enquanto Danilo, aos 78, e Herrera, aos 87, fizeram os golos dos dragões. Ambas as equipas terminaram com dez elementos, o Sporting CP por expulsão de Borja, aos 17, e o FC Porto por expulsão de Corona, aos 89.
94′ + 4 Cruzamento para Soares que cabeceia ao lado.
93′ + 3 Jogo retomado no Dragão.
92′ + 2 Sporting CP: R. Petrovic recebe cartão amarelo.
91′ + 1 Sporting CP: M. Acuña recebe cartão amarelo.
90′ Cinco minutos de compensação.
90′ FC Porto: Cartão vermelho! J. Corona é expulso num lance com Acuña.
90′ Confusão entre vários jogadores do FC Porto e do Sporting CP. Jogo interrompido.
89′ FC Porto: Cartão amarelo para J. Corona.
89′ Sporting CP: Entra Wendel e sai Bruno Fernandes.
87′ FC Porto: Golo de H. Herrera! Canto do lado direito do ataque, há um primeiro desvio no coração da grande área e Herrera, de forma acrobática, atira cruzado para o fundo das redes.
86′ FC Porto: Danilo recebe cartão amarelo.
84′ Cruzamento de Marega para a grande área onde surge Aboubakar a rematar para uma grande defesa de Renan a evitar o golo. Na sequência, Soares volta a cabecear e Mathieu tira em cima da linha.
82′ Cruzamento de Marega com Soares a rematar ao lado.
80′ Remate de Soares muito desviado.
78′ FC Porto: Golo de Danilo! Canto cobrado por Corona, a bola desvia em Felipe e sobra para Danilo que cabeceia de forma subtil para o empate na partida.
78′ Defende Renan! Canto do lado direito do ataque cobrado por Corona e Danilo obriga Renan a defender para canto.
77′ Cruzamento de Marega, a bola bate em Gudelj e ainda vai às malhas laterais.
76′ FC Porto: Entra Aboubakar e sai Alex Telles.
74′ FC Porto: Cartão amarelo para Felipe.
73′ Na trave! Danilo ensaia o remate em jeito e leva a bola a bater no ferro. Renan estava batido.
72′ Mais um cruzamento de Wilson Manafá, desta feita direto às mãos de Renan.
70′ Cabeceamento de Felipe na sequência de um canto. A bola sai por cima.
70′ Diaby regressa, Sporting CP novamente com dez elementos.
69′ Cruzamento de Manafá, afasta Ilori.
68′ Diaby muito queixoso fora das quatro linhas após chocar contra os painéis publicitários. Sporting CP com nove jogadores.
67′ Sporting CP: Entra Bas Dost e sai Luiz Phellype.
66′ Remate de Herrera por cima. No entanto, é assinalado fora-de-jogo a Soares.
65′ Sporting CP: Entra Tiago Ilori e sai Bruno Gaspar.
61′ Sporting CP: Golo de Luiz Phellype! Contra-ataque leonino conduzido por Diaby, que serve Acuña na esquerda. O argentino vê Luiz Phellype a desmarcar-se no outro lado, faz o passe e o brasileiro atira cruzado fora do alcance de Vaná.
60′ Cabeceamento de Soares à figura de Renan Ribeiro.
59′ Canto do lado direito com a bola a sobrar para Danilo, que remata ao lado. A bola ainda desvia num defesa do Sporting CP.
58′ Lançamento longo para Luiz Phellype, Felipe controla a saída da bola pela linha de fundo.
56′ Canto cobrado do lado esquerdo do ataque portista com Felipe a cabecear fraco para as mãos de Renan.
54′ Brahimi foge pela direita mas não consegue passar por Petrovic e a bola sai pela linha de fundo.
52′ Joga-se novamente no Dragão.
50′ Jogo interrompido para ser prestada assistência a Renan Ribeiro.
49′ Sporting CP: Bruno Fernandes recebe cartão amarelo.
49′ FC Porto: Cartão amarelo para Marega. Lance entre o maliano e Renan. Na sequência, Bruno Fernandes também vê amarelo.
47′ Cruza Manafá, Renan agarra sem problemas.
46′ Cruzamento de Bruno Fernandes, fácil para Vaná.
46′ Começa a segunda parte! FC Porto com a posse de bola.
46′ FC Porto: Entra Brahimi e sai Otávio.
46′ FC Porto: Entra Manafá e sai Pepe.
48′ + 3 Intervalo no Estádio do Dragão. FC Porto e Sporting CP empatam a zero bolas. A equipa leonina joga com dez elementos por expulsão do colombiano Borja, à passagem do minuto 17.
47′ + 2 Livre de Acuña com André Pinto a cometer falta atacante.
46′ + 1 Lance entre Bruno Fernandes e Éder Militão.
45′ Um minuto de compensação.
44′ Livre para o interior da grande área, Éder Militão cabeceia muito ao lado.
43′ Sporting CP: N. Gudelj recebe cartão amarelo.
42′ Alex Telles bate o livre de pé esquerdo e obriga Renan a esticar-se todo para defender a bola.
41′ Livre perigoso a favorecer a equipa do FC Porto. Alex Telles para bater.
38′ Remate de Danilo que bate em Bruno Gaspar e sai pela linha de fundo. Novo canto para os azuis e brancos.
38′ Na sequência do canto, Felipe cabeceia fraco e Renan segura.
37′ Cruzamento de Marega contra Petrovic. Canto para o FC Porto.
35′ Golo anulado ao FC Porto. Marega ainda introduz a bola na baliza mas Fábio Veríssimo anula a jogada.
34′ Lance entre Mathieu e Marega. Fábio Veríssimo escuta as indicações do árbitro e manda seguir o jogo.
30′ Cruzamento da direita do ataque, Bruno Gaspar corta de cabeça para canto.
27′ Lance de Soares na grande área leonina. Fábio Veríssimo consulta o VAR e manda seguir o jogo.
26′ Cruzamento da esquerda do ataque, Corona tenta o desvio e é Renan a atirar para canto.
23′ Remate cruzado de Marega com a bola a sair ligeiramente ao lado.
23′ Com a expulsão, Acuña recua e fecha a lateral esquerda. Bruno Fernandes descai para o lugar do argentino.
22′ Marega foge pela direita mas é assinalado fora-de-jogo ao avançado maliano.
17′ Sporting CP: C. Borja é expulso com vermelho directo! O lateral envolve-se num lance com Corona, Fábio Veríssimo inicialmente mostra o cartão amarelo mas depois de consultar o VAR expulsa o jogador leonino.
17′ Livre de Bruno Fernandes para o primeiro poste, Marega desvia para canto.
13′ Lance entre Felipe e Bruno Fernandes.
13′ Herrera lança largo para a entrada da área, Renan sai da baliza para agarrar a bola. Corona já rondava a bola.
11′ Diaby tenta ganhar a bola mas comete falta sobre Danilo.
10′ Pepe no chão muito queixoso.
8′ Livre de Alex Telles, Soares tenta o cabeceamento mas comete falta. Livre para o Sporting CP.
6′ Remate de Soares, em posição frontal, com a bola a bater num jogador leonino e a sair para canto.
5′ Lançamento longo de Bruno Fernandes para Bruno Gaspar mas o lateral não chega a tempo e a bola sai pela linha de fundo.
3′ Troca de bola entre os jogadores do FC Porto.
2′ Bruno Gaspar tentava furar pela direita mas a bola sai pela linha lateral.
1′ Começa a partida no Estádio do Dragão! Sai o Sporting CP.
0′ Sporting CP: (suplentes): Salin, Jefferson, Ilori, Wendel, Jovane, Raphinha e Bas Dost.
0′ FC Porto (suplentes): Diogo Costa, Maxi Pereira, Manafá, Óliver, Brahimi, Aboubakar e Fernando Andrade.
0′ Sporting CP (onze inicial): Renan Ribeiro, Bruno Gaspar, Mathieu, André Pinto, Borja, Gudelj, Petrovic, Bruno Fernandes, Acuña, Diaby e Luiz Phellype.
0′ FC Porto (onze inicial): Vaná, Militão, Felipe, Pepe, Alex Telles, Otávio, Herrera, Danilo, Corona, Marega e Soares.
0′ Fábio Veríssimo, da AF Leiria, foi o árbitro nomeado para dirigir o clássico entre FC Porto e Sporting CP, partida da 34.ª jornada da Liga NOS. Paulo Soares e Pedro Martins serão os seus assistentes, enquanto Gustavo Correia o 4.º árbitro. Luís Ferreira e Paulo Miranda foram designados como VAR e AVAR.

AS MAIS LIDAS