RÁDIO REGIONAL
INTERNACIONAL

RÚSSIA ATACA CARAVANA HUMANITÁRIA – UM MORTO E QUATRO FERIDOS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Pelo menos uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas num bombardeamento russo a uma caravana humanitária a caminho da cidade ucraniana de Chernigiv, revelou a provedora de Justiça da Ucrânia, Lyudmyla Denisova.

Segundo a mesma fonte, no bombardeamento foram atingidos voluntários que acompanhavam uma caravana de autocarros a caminho de Chernigiv, no norte do país, para retirar de lá os habitantes.

A provedora revelou ainda que o cerco das forças russas está a impedir a retirada de cidadãos daquela cidade e que, ao mesmo tempo, foi cortado o fornecimento de alimentos e água.

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que matou pelo menos 1.232 civis, incluindo 112 crianças, e feriu 1.935, entre os quais 149 crianças, segundo os mais recentes dados da ONU, que alerta para a probabilidade de o número real de vítimas civis ser muito maior.

A guerra provocou a fuga de mais de 10 milhões de pessoas, incluindo mais de 4 milhões de refugiados em países vizinhos e quase 6,5 milhões de deslocados internos.

A ONU estima que cerca de 13 milhões de pessoas necessitam de assistência humanitária na Ucrânia.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

VEJA AINDA:

PUTIN RESPONDE À NATO E SOBRE A UCRÂNIA ASSEGURA QUE ‘NADA MUDOU’ – GUERRA

Lusa

KIEV SAÚDA ‘POSIÇÃO LÚCIDA’ DA NATO SOBRE A RÚSSIA

Lusa

UCRÂNIA PODE CONTAR COM APOIO DA NATO ‘O TEMPO QUE FOR NECESSÁRIO’ – STOLTENBERG

Lusa

CRESCIMENTO DA AQUICULTURA LEVA PRODUÇÃO A NÍVEL RECORDE EM 2020

Lusa

LIMITAR AQUECIMENTO GLOBAL A 1,5 GRAUS REDUZIRÁ SIGNIFICATIVAMENTE RISCOS PARA HUMANOS

Lusa

STOLTENBERG: ‘FINLÂNDIA E SUÉCIA TORNARÃO A NATO MAIS FORTE’

Lusa