REGIÕES

SABROSA: CINCO PESSOAS MORTAS ALEGADAMENTE POR INTOXICAÇÃO

Cinco pessoas da mesma família morreram este domingo, devido a uma intoxicação, no concelho de Sabrosa, distrito de Vila Real, adiantou à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Vila Real.

A intoxicação ocorreu na rua do Comércio, na aldeia de Fermentões, no concelho de Sabrosa, de acordo com o CDOS de Vila Real. De acordo com o INEM, estão confirmadas cinco vítimas mortais, entre as quais dois menores, com 9 e 14 anos.

Duas das vítimas são dois homens com idades de os 50 e 60 anos, e a última vítima é uma mulher de 50 anos. As cinco vítimas serão mãe, pai, tio e dois filhos.

A intoxicação, por inalação de monóxido de carbono, ocorreu na rua do Comércio, na aldeia de Fermentões, no concelho de Sabrosa, afirmou à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Vila Real.

Segundo o comandante dos Bombeiros de Sabrosa, José Barros, “não se sabe as causas” das mortes, mas “tudo aponta para uma intoxicação”, recusando-se, contudo, a esclarecer de que tipo.

“De acordo com a equipa médica do INEM os corpos estão em rigidez cadavérica, o que significa que faleceram há já algumas horas”, afirmou o responsável, que adiantou que o caso poderá ter ocorrido “na noite de sábado para domingo”, embora os corpos só tenham sido descobertos a meio da tarde deste domingo.

Segundo o Observador, a casa onde ocorreu o incidente está em obras e tem poucas condições, sem energia elétrica, estando a ser alimentada por um gerador que se encontrava no interior da habitação. Além do gerador, há também no local uma salamandra que se suspeita que possa ser a causa das mortes.

RR | LUSA | ZAP

VEJA AINDA:

ALFÂNDEGA DA FÉ: NÃO HÁ REGISTO DE NOVOS CASOS COVID-19 NAS ESCOLAS

Lusa

VILA VIÇOSA: 14 INFETADOS COM COVID-19 NOS SERVIÇOS DA MISERICÓRDIA

Lusa

AVEIRO: 13 ANOS DE PRISÃO PARA HOMEM QUE MATOU A MÃE

Lusa

AÇORES: SITUAÇÃO DE CALAMIDADE PROLONGADA ATÉ 23 DE OUTUBRO

Lusa

MONTIJO: INCÊNDIO NUMA EMPRESA CAUSA DOIS FERIDOS

Lusa

ALVAIÁZERE: SETE UTENTES E DOIS FUNCIONÁRIOS DE LAR INFETADOS COM COVID-19

Vítor Fernandes