Ligue-se a nós

DESPORTO

SÉRGIO CONCEIÇÃO CHEGA AO 10.º TÍTULO NO COMANDO DO FC PORTO

Sérgio Conceição fortaleceu hoje o seu estatuto de treinador mais titulado da história do FC Porto, que comanda desde 2017/18, ao lograr a 10.ª conquista na final da Taça de Portugal de futebol frente ao Sporting de Braga (2-0).

Online há

em

Sérgio Conceição fortaleceu hoje o seu estatuto de treinador mais titulado da história do FC Porto, que comanda desde 2017/18, ao lograr a 10.ª conquista na final da Taça de Portugal de futebol frente ao Sporting de Braga (2-0).

No Estádio Nacional, em Oeiras, um autogolo de André Horta (53 minutos) e um tento de Otávio (81) revelaram-se determinantes para resolver a decisão da 83.ª edição da prova ‘rainha’, que os ‘azuis e brancos’ venceram pela 19.ª vez no seu historial, e terceira nas últimas quatro épocas, todas sob orientação do antigo avançado internacional português.

Uma semana depois de ter voltado a falhar uma inédita revalidação do título de campeão nacional, que foi reconquistado pelo Benfica, Sérgio Conceição tornou-se o técnico com mais êxitos na final da Taça de Portugal pelo FC Porto, ao superar as duas do já falecido José Maria Pedroto, do ex-selecionador luso Fernando Santos ou de Jesualdo Ferreira.

Depois de ter perdido a decisão de 2018/19 (4-5 no desempate por grandes penalidades frente ao Sporting, após empate 2-2 no final do prolongamento), o treinador, de 48 anos, saiu por cima pela primeira vez em 2019/20, ao bater o Benfica (2-1), num jogo realizado em Coimbra e sem público, por causa das restrições ditadas pela pandemia de covid-19.

O FC Porto chegava à ‘dobradinha’, que seria repetida duas épocas depois, em 2021/22, quando se superiorizou ao estreante Tondela (3-1), então recém-despromovido à II Liga, em pleno regresso da final da segunda prova mais importante do futebol luso ao Jamor.

Sérgio Conceição consumou hoje o ‘tri’ face ao Sporting de Braga, clube pelo qual havia obtido a primeira final da sua carreira nos bancos, perdida diante do Sporting na edição 2014/15 da Taça de Portugal (1-3 nos penáltis, depois do 2-2 no final dos 120 minutos).

Os ‘azuis e brancos’ fecharam 2022/23 com três troféus, após a 23.ª Supertaça Cândido de Oliveira e de uma inédita Taça da Liga, ultrapassando o máximo de duas conquistas acumuladas pelo técnico natural de Coimbra numa só época, em 2019/20 e em 2021/22.

Apesar de ter falhado a meta principal no campeonato, Sérgio Conceição bateu recordes na sexta época à frente do FC Porto, ao isolar-se de Artur Jorge no trono dos treinadores com mais títulos (10) e de José Maria Pedroto na lista de vitórias (238) e de jogos (326).

Se Artur Jorge perpetuara as duas passagens pelos ‘dragões’ (1984-1987 e 1989-1991) com oito êxitos, sobressaindo o triunfo na Taça dos Campeões Europeus, em 1986/87, o ‘mestre’ ganhou 215 de 322 duelos em três fases (1966-1969, 1976-1980 e 1982-1983).

Pelo caminho, o sucessor de Nuno Espírito Santo suplantou os 500 jogos na carreira de treinador e ajudou o FC Porto a deter em simultâneo os quatro troféus nacionais entre a conquista da Taça da Liga, em janeiro, e o campeonato vencido pelo Benfica, em maio.

Conceição passou a ostentar 239 vitórias, 47 empates e 41 derrotas nas 327 partidas ao leme do clube do coração, com 712 golos marcados e 263 sofridos, que se refletiram na conquista de três títulos de campeão nacional, três Taças de Portugal, três Supertaças e uma Taça da Liga, além das duas ‘dobradinhas’ e de um ‘triplete’ obtido a meio de 2022.

O ex-jogador comanda outras marcas do FC Porto na I Liga – máximos de pontos numa edição da prova (91) e de mais rondas seguidas invictas (58) – e na Liga dos Campeões, ao liderar em triunfos (20) e jogos (42), partilhando desde 2018/19 com António Oliveira (1996/97) o melhor desempenho numa fase de grupos, com 16 pontos em 18 possíveis.

O antigo treinador de Olhanense, Académica, Sporting de Braga, Vitória de Guimarães e dos franceses do Nantes está vinculado ao FC Porto até 2024 e é o primeiro no ‘reinado’ presidencial de Jorge Nuno Pinto da Costa a cumprir mais de quatro épocas seguidas no banco dos ‘azuis e brancos’, pelos quais já alinhou em 416 jogos como atleta ou técnico.

Formado nos ‘dragões’, Sérgio Conceição marcou 11 golos em 89 partidas ao longo dos dois períodos de ligação à equipa principal (1996-1998 e 2004), pela qual arrecadou três campeonatos – dois durante o inédito ‘penta’ -, uma Taça de Portugal e uma Supertaça.

Nome: SÉRGIO Paulo Marceneiro CONCEIÇÃO.
Data de Nascimento: 15 de novembro de 1974 (48 anos).
Naturalidade: Coimbra.

Como jogador. Percurso:
Académica (1985/86 a 90/91, nas camadas jovens),
FC Porto (1991/92 a 1992/93, nas camadas jovens, 1996/97 a 1997/98 e 2004),
Penafiel (1993/94), Leça (1994/95),
Felgueiras (1995/96),
Lazio, Ita (1998/99 a 1999/2000 e 2003),
Parma, Ita (2000/01),
Inter Milão, Ita (2001/02 a 2002/03),
Standard Liège, Bel (2004/05 a 2006/07),
Al Qadisiya, Kuw (2007), e
PAOK Salónica, Gre (2007/08 a 2009/10).

Como treinador. Percurso:
Standard Liège, Bel (2010/11, com adjunto),
Olhanense (2011/12 a 2012/13),
Académica (2012/13 a 2013/14),
Sporting de Braga (2014/15),
Vitória de Guimarães (2015/16),
Nantes, Fra (2016/17), e
FC Porto (desde 2017/18).

Como dirigente. Percurso:
PAOK Salónica, Gre, Bel (2009/10, como diretor desportivo).

Palmarés como treinador:
Campeão Nacional, 3 (2017/18, 2019/20 e 2021/22)
Taça de Portugal, 3 (2019/20, 2021/22 e 2022/23)
Supertaça, 3 (2018/19, 2020/21 e 2022/23)
Taça da Liga, 1 (2022/23)

Outros registos importantes:
Treinador do Ano, 3 (2017/18, 2019/20 e 2021/22)
Dragão de Ouro de Treinador do Ano, 3 (2018, 2020 e 2022)
Quartos de final da Liga dos Campeões, 2 (2018/19 e 2020/21)
Oitavos de final da Liga Europa, 1 (2021/22)

DESPORTO

PRIMEIRA LIGA: O PRIMEIRO CLÁSSICO “SPORTING X PORTO” DIA 31 DE AGOSTO

A receção do Sporting ao FC Porto, da quarta jornada da I Liga de futebol, vai realizar-se no dia 31 de agosto, um sábado, pelas 20:30, no Estádio José Alvalade, anunciou hoje a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

Online há

em

A receção do Sporting ao FC Porto, da quarta jornada da I Liga de futebol, vai realizar-se no dia 31 de agosto, um sábado, pelas 20:30, no Estádio José Alvalade, anunciou hoje a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

A LPFP divulgou hoje os horários das quatro primeiras jornadas do campeonato, com destaque para o ‘clássico’ entre os ‘leões’, atuais campeões’, e os ‘dragões’, que vencerem a Taça de Portugal.

Este será o segundo duelo entre as duas equipas na época 2024/25, já que se vão defrontar na Supertaça Cândido de Oliveira, no arranque da temporada, num jogo agendado para o dia 03 de agosto, em Aveiro.

Esta quarta ronda da I Liga vai arrancar no dia 30 de agosto, sexta-feira, com a visita do Benfica ao terreno do Moreirense.

LER MAIS

DESPORTO

PRIMEIRA LIGA: CAMPEÃO SPORTING DÁ O “TIRO DE PARTIDA” FRENTE AO RIO AVE

O receção do campeão Sporting ao Rio Ave, no dia 09 de agosto, pelas 20:15, marca o arranque da época 2024/25 da I Liga de futebol, anunciou hoje a Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Online há

em

O receção do campeão Sporting ao Rio Ave, no dia 09 de agosto, pelas 20:15, marca o arranque da época 2024/25 da I Liga de futebol, anunciou hoje a Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Segundo o calendário divulgado pelo organismo, os ‘leões’, que conquistaram o título na época passada, recebem os vila-condenses numa sexta-feira, numa ronda em que o FC Porto joga no sábado, dia 10 de agosto, pelas 20:30, em casa frente ao Gil Vicente e o Benfica no domingo, dia 11, pelas 18:00, no terreno do Famalicão.

A primeira ronda termina na segunda-feira, dia 12, com o embate entre o Arouca e o Vitória de Guimarães.

LER MAIS

MAIS LIDAS