DESPORTO

SPORTING ESCORREGA FRENTE AO MOREIRENSE

O Sporting não foi além de um empate a uma bola com o Moreirense, em jogo da 7.ª jornada da I Liga. Rafael Costa marcou para os Cónegos, que fizeram autogolo no empate leonino. Os ´leões` interrompem uma série de seis vitórias seguidas na Liga e deixam o FC Porto isolado na liderança da prova.

Num encontro entre dois ´lobos do mar` do futebol português (juntos, Manuel Machado e Jorge Jesus tem quase mil jogos na Liga), o Sporting sabia que não podia desperdiçar pontos, depois de ver o FC Porto vencer o Portimonense na véspera. Mesmo tendo um jogo importante na quarta-feira com o Barcelona para a Champions, Jesus não quis facilitar e apenas fez descansar Acuña, que cedeu o seu lugar a Bruno César no onze. Alan Ruiz foi titular, com Bruno Fernandes a jogar no meio-campo. Manuel Machado, que tinha vários jogadores lesionados, fez quatro alterações no onze para tentar a segunda vitória na Liga.
Advertisement

A primeira parte foi tudo menos fácil para o Sporting. A jogar num dos campos mais estreitos da I Liga, os ´leões` sentiram inúmeras dificuldades para quebrar a barreira defensiva do Moreirense. Sem muito espaço nas faixas, o jogo ia afunilando-se, com muitas disputas pela zona central. Um remate em arco de Alan Ruiz aos 10 minutos, um livre de Bruno Fernandes que Jhonatan defendeu com segurança aos 28 e um remate de William a rasar a poste aos 42 foi o melhor que o Sporting apresentou nível ofensivo no primeiro tempo.

Do outro lado estava uma equipa que se preocupava essencialmente em defender, jogando recuado e com muitos homens atrás da linha da bola. Mas sempre que podia, o Moreirense saia em contra-ataque com Tó Zé, Rafael Costa e Peña, jogadores que iam dando trabalhos a defesa leonina. Aos 21 Peña viu Patrício negar-lhe o golo após pase de Tó Zé. Mas aos 43 Rafael Costa não falhou e abriu o ativo com um potente pontapé já dentro da área que não deu hipóteses a Patrício.

O primeiro tempo ficou marcado por um lance polémico. O árbitro assinalou fora-de-jogo quando dois jogadores do Moreirense iam isolados contra Rui Patrício. Uma decisão errada já que ambos partiram ainda do seu meio-campo.

Jesus sabia que tinha de mudar algo para o segundo tempo e tirou o apagado Alan Ruiz (não convence), lançando o possante Doumbia para jogar ao lado de Bas Dost. O Sporting melhorou no segundo tempo, principalmente no seu jogo pelas laterais. Mesmo não criando muitas oportunidadades, a equipa de Jesus ia tentando de todas as formas chegar ao golo. E foi num lance de insistência que chegou ao empate, com um autogolo de Mohamed Aberhoune. O jogador magrebino teve azar já que viu um remate de William que Jhonatan defendeu, bater-lhe no corpo e entrar na baliza, aos 61 minutos.

A resposta da equipa de Moreira de Cónegos esteve quase a ser eficaz quando, aos 63 minutos, Rui Patrício teve de se aplicar e muito para defender um remate de Rafael Costa, de fora da área, que levava ´selo de golo`. O Moreirense, que apostava tudo em transições rápidas e contra-ataque, ia explorando o adiantamento do Sporting. Antes do 1-1 podia ter chegado o 2-0, num contra-ataque de três para um mas Zizo optou pelo driblem e perdeu a bola, para desespero dos seus colegas.

Jesus tentou dar mais frescura a sua equipa, com as entradas de Battaglia e Iuri Medeiros para os lugares de Bruno César e Gelson Martins (jogo muito discreto do extremo português). Dois minutos antes, Gelson Martis tinha perdido uma grande oportunidade, num remate à barra após toque de Bas Dost.

Manuel Machado sabia que um ponto frente a ´grande` seria um grande resultado mas não se ficou por aí e tentou ganhar o jogo, refrescando o ataque com jogadores rápidos. Lançou Cádiz e Aouacheria nos lugares de Peña e Cádiz na tentativa de explorar o espaço nas costas dos defensores leoninos. Foi assim que esteve perto do 2-1 por Rafael Costana aos 92 mas Patrício agarrou.

O Sporting tentou tudo por tudo chegar ao empate, recorrendo mesmo ao jogo direto mas foi incapaz de derrubar a muralha defensiva dos Cónegos que fizeram um grande jogo a nível defensivo. O empate deixa o Sporting no segundo lugar da Liga, com menos dois pontos que o líder FC Porto. Os ´dragões` visitam os ´leões` na próxima ronda com dois pontos de vantagem na tabela. Pelo meio há Champions, com o Sporting a receber o Barcelona na 4.º feira e o FC Porto a defrontar fora o Mónaco na 3.ª feira.

A equipa de Jorge Jesus interrompe assim uma série de seis vitórias seguidas na Liga.

VEJA AINDA:

GOVERNO ESCLARECE QUE O FUTEBOL VAI CONTINUAR SEM PÚBLICO

Lusa

DESPORTIVO DE CHAVES VENCE O BENFICA-B NO SEIXAL

Lusa

DESPORTIVO DAS AVES DAS ‘DESISTE’ DO CAMPEONATO DE PORTUGAL

Lusa

GONDOMAR: AUITARQUIA INVESTE 700 MIL EUROS NAS PISCINAS MUNICIPAIS

Lusa

CÂMARA DO PORTO AMEAÇA UEFA COM TRIBUNAL APÓS CANCELAMENTO DA SUPERTAÇA EUROPEIA

Lusa

SUPREMO CONFIRMA MULTAS ANULADAS A BRUNO DE CARVALHO E OTÁVIO MACHADO

Lusa