RÁDIO REGIONAL
INTERNACIONAL

UCRÂNIA: HACKERS RUSSOS KILLNET EM ‘GUERRA ELETRÓNICA’ COM OS HACKERS ANONYMOUS (VÍDEO)

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Uma mensagem de vídeo atribuída ao grupo russo de hackers Killnet anunciaram retaliação ao grupo Anonymous. Segundo os russos da Killnet terá sido atacado um servidor do grupo Anonymous”. A mensagem agora conhecida, em russo “distorcido” responsabiliza a “Internet cheia de informações falsas” e pede para que o público não entre em pânico.

Segundo a agência de notícias russa Sputnik (acusada de desinformação e banida da União Europeia), a Killnet terá atacado os sites de um grupo paramilitar neonazista ucraniano e o do gabinete do presidente da Ucrânia.

Como o grupo Anonymous é descentralizado, é arriscado afirmar que existe um site oficial. Dizem estes “hackers russos” que terão derrubado o site “anonymoushackers.net” que surge agora com mensagem de erro após filtragem da CloudFlare. Especialista em cibersegurança analisou o código fonte desta página e garante que “não se trata de uma verdadeira mensagem de erro mas sim de uma página de código-fonte formatado criado para dar a entender que ali esteve um site que desapareceu, puro engodo“.

De acordo com o Killnet, desde 25 de fevereiro que reivindicam ataques aos sites do Anonymous. Coincidência ou não o grupo Killnet surgiu no início de 2022 e fornece serviços pagos ilegais para a realização de ataques DDoS, embora na darknet se encontrem sérias evidências de que se trata de um grupo de hackers leais ao serviço de Vladimir Putin e do Kremlin.

A Rádio Regional sabe de fonte segura que o grupo de hackers leais à Ucrânia (entre os quais a Anonymous) tem planeado um ataque massivo aos bancos Russos e à rede de terminais ATM (multibancos) na Rússia; para já é o SberBank que está na mira dos hackers solidários com a “causa ucraniana”.

VEJA AQUI O VÍDEO

video

VEJA AINDA:

UCRÂNIA: PORTUGAL VAI RECONSTRUIR ESCOLAS NA REGIÃO DE JITOMIR

Lusa

UCRÂNIA: PELO MENOS 343 CRIANÇAS MORRERAM NA SEQUÊNCIA DA INVASÃO RUSSA

Lusa

PUTIN RESPONDE À NATO E SOBRE A UCRÂNIA ASSEGURA QUE ‘NADA MUDOU’ – GUERRA

Lusa

KIEV SAÚDA ‘POSIÇÃO LÚCIDA’ DA NATO SOBRE A RÚSSIA

Lusa

UCRÂNIA PODE CONTAR COM APOIO DA NATO ‘O TEMPO QUE FOR NECESSÁRIO’ – STOLTENBERG

Lusa

STOLTENBERG: ‘FINLÂNDIA E SUÉCIA TORNARÃO A NATO MAIS FORTE’

Lusa
Hide picture