RÁDIO REGIONAL
ECONOMIA & FINANÇAS

ANACOM DEFENDE QUE TDT CHEGUE POR CABO GRATUITAMENTE A TODOS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O presidente da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) voltou hoje a defender que a televisão digital terrestre (TDT) seja disponibilizada por cabo gratuitamente a todos, recordando que o contrato com a Meo/Altice termina já em 2023.

João Cadete de Matos falava na comissão parlamentar de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação, no âmbito de uma audição regimental.

“O atual contrato com a empresa que transmite a TDT termina no próximo ano, é preciso neste momento começar a pensar no futuro”, referiu o presidente da entidade reguladora.

A partir do momento “em que se define que o futuro passa por levar o cabo de fibra ótica a casa de todas as pessoas, aquilo que nos pareceria essencial era garantir que a televisão digital terrestre chegue por cabo gratuitamente a todos os portugueses”, salientou João Cadete de Matos. Isto permitiria também corrigir a questão das antenas em cima do telhado.

Trata-se de um desafio “que faz todo o sentido, de interesse quer para as televisões, quer para os consumidores” e que poderia ser complementado via satélite, acrescentou.

Já em dezembro passado, num encontro com jornalistas, o presidente da Anacom tinha defendido que a televisão gratuita “deveria ser possível por cabo”.

Atualmente, a Meo/Altice Portugal detém a concessão da TDT, a qual termina em 2023.

VEJA AINDA:

LERIA: SIRESP FALHOU DURANTE OS INCÊNDIOS ALEGADAMENTE DEVIDO A SOBRECARGA NA REDE

Lusa

NOS: MIGUEL ALMEIDA PROMETE ESFORÇO PARA COMPENSAR ATRASOS NO 5G

Lusa

ODEMIRA: MÁ QUALIDADE DOS SERVIÇOS MÓVEIS DE TELEFONE E INTERNET – ANACOM

Lusa

NOS E ALTICE DIZEM QUE NÃO ESTÃO LIVRES DE SER ALVO DE ATAQUE COMO A VODAFONE

Lusa

MEDIA CAPITAL REDUZ PREJUÍZO PARA 4,1 ME EM 2021

Vítor Fernandes

APRITEL DIZ QUE PREÇOS DOS PACOTES DE COMUNICAÇÕES CAEM 0,6% E INTERNET FIXA 5,5%

Lusa