RÁDIO REGIONAL
DESPORTO

APÓS O “ESCÂNDALO” A RÚSSIA VOLTA AOS JOGOS OLÍMPICOS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O Comité Olímpico Internacional (COI) levantou a suspensão do Comité Olímpico da Rússia, que estava em vigor desde Dezembro, devido ao escândalo de doping institucionalizado no país, anunciou nesta quarta-feira o presidente do organismo russo, Alexandre Joukov.

“O Comité Olímpico da Rússia foi totalmente reintegrado como membro de pleno direito do COI”, afirmou Alexandre Joukov, três dias após o final dos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang2018, na Coreia do Sul, onde atletas russos foram autorizados a participar sob bandeira neutra e mediante determinadas condições.

Esta foi a primeira vez que o COI decidiu sancionar todo um país por doping e impedi-lo de participar nos Jogos Olímpicos.

O COI seguiu o exemplo da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), que em Novembro de 2015 suspendeu a federação russa no seguimento das revelações de um sistema de dopagem sistemático e institucionalizado no desporto do país, abrindo a porta somente à participação de atletas independentes nos Jogos Olímpicos Rio2016.

Em Dezembo de 2017, o presidente do COI explicou que a decisão de afastar a Rússia de Pyeongchang2018 assentou no “ataque sem precedentes” à integridade desportiva que representou o alegado sistema de dopagem com apoio estatal, denunciado em Dezembro de 2014 num documentário da estação televisiva alemã ARD.

LUSA

VEJA AINDA:

ZELENSKY: ‘A PRESENÇA DE RUSSOS NA CRIMEIA É UMA AMEAÇA PARA A EUROPA’

Lusa

FINLÂNDIA: PARLAMENTO ALVO DE ATAQUE INFORMÁTICO

Lusa

PORTUGAL JÁ CONCEDEU 49.405 PROTEÇÕES TEMPORÁRIAS A UCRANIANOS

Lusa

RÚSSIA ACUSAM EUA DE ‘ENVOLVIMENTO DIRETO’ EM ATAQUES NA UCRÂNIA

Lusa

HACKERS RUSSOS ATACAM AGÊNCIA CIENTÍFICA ESPANHOLA

Lusa

PRIMEIRA CONVERSA BLINKEN-LAVROV EM 5 MESES AGENDADA PARA ‘BREVE’

Lusa