Ligue-se a nós

NACIONAL

ASSOCIAÇÃO ELECTRÃO PROCURA PESSOAS QUE QUEREM SALVAR O PLANETA

Pessoas que procuram ou lutam por uma vida mais sustentável e um planeta mais saudável vão poder sair do anonimato e ainda ganhar uma viagem ao maior parque florestal da Europa, participando numa iniciativa que hoje é apresentada.

Online há

em

Pessoas que procuram ou lutam por uma vida mais sustentável e um planeta mais saudável vão poder sair do anonimato e ainda ganhar uma viagem ao maior parque florestal da Europa, participando numa iniciativa que hoje é apresentada.

O movimento “Faz pelo Planeta by Electrão”, com o alto patrocínio do Presidente da República, é hoje lançado em Lisboa e procura encontrar os heróis anónimos nesta área, seja a nível da comunidade seja nas empresas.

A iniciativa é da Electrão – Associação de Gestão de Resíduos, que em comunicado exemplifica quem são possíveis destinatários: a pessoa que recolhe plástico na praia ou no campo, ou a pessoa que vive de forma minimalista e pratica um estilo de vida sustentável.

“A Electrão está à procura desses ativistas anónimos dispostos a salvar o planeta” e que possam inspirar outras pessoas, quer sejam “Big Changers”, a nível da comunidade, quer sejam “Corporate Changers”, os que nas empresas se destacam por impulsionar boas práticas ambientais.

Os escolhidos como campeões da mudança têm direito a uma viagem de quatro dias ao maior parque florestal da Europa, o Parque Nacional Białowieża, na Polónia. As empresas vencedoras também serão premiadas.

No comunicado a associação explica que para inspirar a participação de muitos ambientalistas, que ainda se encontram na sombra, foram envolvidos na iniciativa influenciadores da área ambiental, e diz que as inscrições podem ser feitas na página oficial do movimento.

“O planeta precisa que todos se mobilizem para esta grande causa. Porque não somos capazes de travar esta luta sozinhos estamos determinados a encontrar pessoas verdadeiramente extraordinárias, que sabemos que existem e que podem inspirar esta mudança de forma natural, quer na comunidade, quer nas empresas”, disse, citado no comunicado, o diretor-geral da associação, Pedro Nazareth.

E diz também que o movimento, que tem o apoio da Agência Portuguesa do Ambiente, pretende promover não só a reciclagem de resíduos, mas a viragem para uma economia mais circular.

A Electrão é a entidade responsável por três dos principais sistemas de recolha e reciclagem de resíduos: embalagens, pilhas e equipamentos elétricos usados. Gere uma rede de recolha de equipamentos elétricos e pilhas usadas com mais de 6.000 locais de recolha e é também responsável pela reciclagem de embalagens em todo o país.

NACIONAL

MAIS DE 90% DOS PORTUGUESES DEFENDEM ÁREAS MARINHAS PROTEGIDAS

Mais de nove em cada dez portugueses (96%) concordam que delimitar áreas marinhas protegidas defende a biodiversidade e quase três quartos (74%) condenam a pesca de arrasto de fundo, segundo um inquérito hoje publicado.

Online há

em

Mais de nove em cada dez portugueses (96%) concordam que delimitar áreas marinhas protegidas defende a biodiversidade e quase três quartos (74%) condenam a pesca de arrasto de fundo, segundo um inquérito hoje publicado.

O inquérito das organizações não-governamentais (ONG) ambientalistas Oceana e Seas at Risk (Mares em Perigo) mostra que, na média dos sete Estados-membros da União Europeia (UE) em que foi realizado, nove em cada dez cidadãos (90%) consideram que as áreas marinhas protegidas são uma ferramenta necessária para proteger a biodiversidade marinha.

No que respeita à prática da pesca de arrasto de fundo, o inquérito das ONG mostra que os portugueses são os que mais defendem a necessidade de serem adotadas regras mais apertadas para o arrasto de fundo (93%), sendo de 82% a média dos sete países incluídos no inquérito, com os Países Baixos no fundo da tabela (75%).

A proibição da pesca de arrasto de fundo nas áreas marinhas protegidas reúne apoios de 73% da média, com Portugal novamente a liderar (80%) e os Países Baixos a apresentarem o menor apoio (57%).

Para além de Portugal, foram incluídos no inquérito cidadãos da Alemanha, Dinamarca, Espanha, Irlanda, Países Baixos e Suécia, tendo ficado excluída a França, o país da UE com maior frota pesqueira.

Segundo dados da Sapience, que conduziu os inquéritos, para garantir a fiabilidade estatística e a representatividade, foi incluído um mínimo de 1.000 inquiridos por país.

Os dados foram ponderados dentro de cada país para obter uma representação nacional em termos de idade, género e região.

LER MAIS

NACIONAL

EDUCAÇÃO: PORTAL DAS MATRÍCULAS COM CONSTRANGIMENTOS

O Portal das Matrículas está com constrangimentos devido ao “elevado número de acessos” desde sábado, quando abriram as inscrições dos 6.º ao 9.º e 11.º anos, estando em curso otimizações do ‘site’, segundo o Ministério da Educação.

Online há

em

O Portal das Matrículas está com constrangimentos devido ao “elevado número de acessos” desde sábado, quando abriram as inscrições dos 6.º ao 9.º e 11.º anos, estando em curso otimizações do ‘site’, segundo o Ministério da Educação.

“Estão a ser registados alguns constrangimentos devido à carga causada no sistema pelo elevado número de acessos”, confirmou hoje o Ministério da Educação, Ciência e Inovação, em resposta à agência Lusa.

No sábado, abriu o prazo para as matrículas nos 6.º, 7.º, 8.º, 9.º e 11.º anos, para o ano letivo 2024/2025, e há encarregados de educação que ainda não conseguiram realizar a inscrição.

Recordando que o prazo termina na sexta-feira, o Ministério adiantou que os problemas verificados no ‘site’ estão a ser tratados e que “o Instituto de Gestão Financeira da Educação (IGeFE), que gere o Portal das Matrículas, está a efetuar algumas otimizações, tendo em vista resolver os constrangimentos verificados”.

De acordo com o calendário de matrículas para o próximo ano letivo, depois dos 6.º, 7.º, 8.º, 9.º e 11.º anos, o prazo para a realização de matrículas para os 2.º, 3.º, 4.º, 5.º anos vai decorrer entre 06 e 10 de julho.

De 15 a 20 de julho, poderão ser feitas as matrículas para os 10.º e 12.º anos.

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO

RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% DANCE


WEBRADIO 100% INSPIRATION

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS