NACIONAL

AVISO AMARELO: NEVE E CHUVA

Os distritos de Braga, Viana do Castelo, Viseu, Bragança e Guarda estão sob o ‘Aviso amarelo’ desde as 00:00 e vai prolongar-se até às 12:00 de hoje, adianta o Instituto.

O IPMA colocou também sob ‘Aviso Amarelo’ os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro devido à previsão de agitação marítima com ondas de noroeste com 4 e05 metros.

Este aviso de agitação marítima está em vigor desde as 07:00 de hoje até às 07:00 de sábado.

O ‘Aviso Amarelo’, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, indica situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Em declarações hoje à agência Lusa, a meteorologista Madalena Rodrigues adiantou que está previsto para hoje nas regiões do norte e centro céu geralmente muito nublado e períodos de chuva, passando a regime de aguaceiros a partir do início da manhã, que poderão ser ocasionalmente de granizo e acompanhados de trovoada.

“Estes aguaceiros vão diminuir de frequência a partir do meio da tarde e serão de neve acima de 800/1000 metros, subindo gradualmente a cota para 1200/1400 metros. O vento vai soprar moderado a forte no litoral e nas terras altas com rajadas da ordem dos 70 quilómetros por hora”, disse.

A especialista indicou que na região sul estão previstos períodos de céu muito nublado, aguaceiros, mais frequentes no litoral oeste e até meio da tarde, vento moderado de oeste, soprando moderado a forte no litoral e nas terras altas até final da tarde, por vezes com rajadas até 70 quilómetros por hora e neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais.

“No sábado vamos ter aguaceiros fracos e apenas nas regiões do norte e centro e no domingo volta a precipitação com mais intensidade, mas também nas regiões do norte e centro”, disse.

No que diz respeito às temperaturas, segundo Madalena Rodrigues, hoje vai ocorrer uma pequena descida da mínima e subida da máxima.

“No fim de semana, vamos ter máximas entre os 15/17 graus Celsius nas regiões do litoral e no interior entre 08 e os 12. Quanto às mínimas, vão atingir os 0/01 grau no norte e centro e no domingo entre os 03 e os 06”, disse.

Cinco barras do continente estão fechadas à navegação e outras 12 estão condicionadas devido à previsão de agitação marítima forte, de acordo com informação disponível na página da Marinha na Internet.

Segundo a Marinha, as barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Alvor e Tavira estão hoje fechadas a toda a navegação por causa da agitação marítima forte.

A barra da Póvoa de Varzim está condicionada a embarcações com calado superior a dois metros e em Vila do Conde as embarcações devem navegar apenas duas horas antes e depois da preia-mar.

De acordo com a Marinha, as barras de Viana do Castelo e Aveiro estão fechadas a embarcações com comprimento inferior a 15 metros.

As barras do Douro e Figueira da Foz estão fechadas a embarcações com comprimento inferior a 35 metros.

Em São Martinho do Porto, a barra está condicionada devido a assoreamento, pelo que a navegação deve ser feita com cautela e a barra praticada apenas na preia-mar.

Ainda em Portugal continental, as barras de Vila Real de Santo António, Albufeira e Faro estão fechadas a embarcações com comprimento inferior a 10 metros.

Na ilha do Pico, grupo central dos Açores, as barras de Madalena do Pico e Lajes do Pico estão fechadas a embarcações com comprimento inferior a nove metros.

LUSA

VEJA AINDA:

AMARES: MINISTÉRIO PÚBLICO ACUSA IPSS PELO CRIME DE CORRUPÇÃO

Lusa

MACEDO DE CAVALEIROS: 12 CASOS DE COVID-19 EM LAR DE IDOSOS

Lusa

GUARDA: ESCOLA ENCERRA DEVIDO À INFEÇÃO DE DUAS FUNCIONÁRIAS

Lusa

SÃO BRÁS DE ALPORTEL: SETE INFETADOS EM LAR DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA

Lusa

BRAGA: CASAL ‘INVENTA’ QUATRO FILHOS PARA RECEBER SUBSÍDIOS

Lusa

COIMBRA: UNIVERSIDADE LANÇA PROJETO DE TESTES RÁPIDOS PARA O COVID-19

Lusa