RÁDIO REGIONAL
DESPORTO

BELENENSES SAD E VITÓRIA SC DIVIDEM PONTOS NUM EMPATE POR 1-1 (VÍDEO)

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Belenenses SAD e Vitória de Guimarães prolongaram hoje as suas séries sem derrotas, após o empate 1-1, na 26.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que marcou a estreia dos lisboetas enquanto visitados na Cidade do Futebol.

Sacko, na própria baliza, deu vantagem ao Belenenses SAD, aos 28 minutos, mas João Carlos Teixeira repôs a igualdade no encontro, aos 39, num resultado que aumentou para seis, no caso dos ‘azuis’ (três vitórias e três empates), e cinco, nos minhotos (três vitórias e dois empates), as séries de jogos consecutivos sem conhecerem o sabor da derrota.

O Vitória de Guimarães vê o Famalicão fugir na luta por um lugar europeu, ocupando o sexto posto, com 39 pontos, a quatro dos famalicenses, enquanto o Belenenses SAD ascendeu provisoriamente ao 12.º lugar, com 30 pontos, 10 acima do penúltimo classificado.

Depois de 10 minutos iniciais com as equipas ainda a estudarem-se mutuamente, o Vitória de Guimarães começou a mostrar-se mais perigoso no último terço do terreno, com o primeiro remate da partida a pertencer a Pêpê Rodrigues, aos 13 minutos, que atirou em zona frontal à figura de Koffi.

Os ‘azuis’ ripostaram com um remate de Licá a testar Douglas, instantes antes da formação minhota ameaçar abrir o marcador, aos 23, num livre descaído para a direita, bem cobrado por Marcus Edwards, que obrigou Koffi a aplicar-se num voo fenomenal.

Um pouco contra a corrente do jogo, o Belenenses SAD chega à vantagem, aos 28 minutos, com contributo do lateral-direito vimaranense Sacko, que foi infeliz a tentar cortar um cruzamento de Cassierra, já depois de um ligeiro toque de Licá, acabando a bola por entrar na baliza.

Os minhotos procuraram reagir e desmontar a ‘muralha’ erigida por Petit, que concedeu o primeiro golo em cinco jogos a João Carlos Teixeira, aos 39 minutos. Após primeira ameaça, aos 33, que Koffi impediu com outra boa intervenção, o médio saltou mais alto na área e, com um cabeceamento colocado, concluiu da melhor forma o cruzamento de Florent.

Em cima do descanso, Cassierra descobriu uma brecha para atirar à baliza de Douglas, com o remate, à meia-volta, a sair poucos centímetros por cima.

O Belenenses SAD entrou melhor no segundo tempo, perante um Vitória de Guimarães algo desconcentrado, o que serviu de alento aos ‘azuis’, que trocaram Nilton Varela por Rúben Lima ao intervalo, com a principal ocasião a surgir aos 55 minutos, numa defesa apertada de Douglas a remate potente de Marco Matias.

O melhor que os minhotos conseguiram numa segunda parte de pouco nível foi um remate cruzado de Davidson, aos 66, que Koffi, atento, segurou.

A partir daí, a partida decresceu de qualidade, com raras aproximações às duas balizas, e os dois treinadores pouco mudaram no esquema tático dos seus conjuntos, apostando apenas em trocas cirúrgicas na mesma posição, sem grandes efeitos, acabando por culminar no empate verificado no final.

VEJA AINDA:

BOAVISTA: VÍTOR MURTA VAI RECANDIDATAR-SE À PRESIDÊNCIA

Lusa

DIRETO: FC VIZELA X SL BENFICA (18:00)

Rádio Regional

SPORTING DE BRAGA VENCE E APROXIMA-SE DO PRIMEIRO LUGAR DO GRUPO F DA LIGA EUROPA

Lusa

BENFICA SOFRE PRIMEIRA DERROTA NA ‘CHAMPIONS’ AO SER GOLEADO PELO BAYERN DE MUNIQUE

Lusa

FC PORTO BATE AC MILAN E ESTREIA-SE A VENCER NA LIGA DOS CAMPEÕES

Lusa

SPORTING ESTREIA-SE A VENCER NA LIGA DOS CAMPEÕES NO ESTÁDIO DO BESIKTAS

Lusa