Ligue-se a nós

DESPORTO

BRAGA EMPATA EM PORTIMÃO E DEIXA FCP MAIS LÍDER

O Sporting de Braga empatou hoje 1-1 em casa do Portimonense, no encontro de abertura da jornada 17 da I Liga de futebol, tirando assim pouco partido do clássico de sábado entre Sporting e FC Porto.

Online há

em

O Sporting de Braga empatou hoje 1-1 em casa do Portimonense, no encontro de abertura da 17.ª jornada da I Liga de futebol, tirando assim pouco partido do clássico de sábado entre Sporting e FC Porto.

Já depois de ter vencido dois ‘grandes’ em Portimão, Benfica e Sporting, e de ter criado dificuldades ao FC Porto no Dragão, o Portimonense entrou bem e, logo aos três minutos, adiantou-se no marcador por Wellington Carvalho, ao que o Sporting de Braga respondeu já no segundo tempo, através do atual melhor marcador do campeonato, Dyego Sousa, que fez o seu 12.º golo na prova.

Com este empate, o Sporting de Braga mantém, para já, o segundo lugar da prova com 37 pontos, menos cinco do que o líder FC Porto, enquanto o Portimonense manteve o oitavo lugar, agora com 24 pontos.

RESUMO DO JOGO:

[KGVID]https://radioregional.pt/wp-content/uploads/2019/01/braga-empata-em-portimao-e-deixa-fcp-mais-lider.mp4[/KGVID]

JOGO AO MINUTO:

95′ + 5 Termina a partida! Empate a um golo entre Portimonense e SC Braga, no jogo inaugural da 17.ª jornada da Liga NOS. Wellington (3′) e Dyego Sousa (49′) foram os marcadores de serviço.
94′ + 4 Fora-de-jogo assinalado a Paulinho.
92′ + 2 Portimonense: Cartão vermelho! Manafá é expulso! O jogador da formação algarvia é expulso por palavras dirigidas ao árbitro.
92′ + 2 Portimonense: Cartão amarelo para Ewerton.
92′ + 2 Saída rápida do Portimonense em contra-ataque, Rúben Fernandes mete em Tabata, mas Sequeira e Claudemir a conseguirem interceptar a bola.
91′ + 1 Paulinho! Ricardo Ferreira volta a negar o golo ao avançado bracarense, a fazer bem a mancha.
90′ Quatro minutos de compensação.
89′ Portimonense: Entra Lucas Fernandes e sai Dener.
89′ SC Braga: Entra Eduardo e sai Wilson Eduardo.
88′ Corta Dener! O jogador do Portimonense a travar o remate de Ricardo Horta com o corpo.
85′ Pontapé de Wilson Eduardo, a sair muito por cima doa alvo.
85′ Portimonense: Entra Lucas e sai Tormena.
84′ Cruzamento de Sequeira, mas a bola cruza toda a área sem sofrer qualquer desvio.
82′ Perigoso! Remate de Bruno Tabata, a passar muito perto do lado, mas a sair ao lado.
81′ Portimonense: Pedro Sá recebe cartão amarelo.
81′ Ricardo Horta a dar o primeiro sinal em campo, mas Ricardo Ferreira chegou primeiro à bola.
80′ SC Braga: Entra Ricardo Horta e sai João Novais.
79′ Bruno Viana aparece no segundo poste a cabecear após um centro, mas a bola não vai na direcção desejada.
76′ Portimonense: Entra Bruno Tabata e sai Wellington.
75′ Tiago Sá quase comprometia, não conseguiu segurar o remate de Manafá, foi por pouco Jackson Martínez não desvia para dentro da baliza.
74′ Bomba de João Novais, a obrigar Ricardo Ferreira a uma defesa apertada.
72′ Manafá muito rápido a subir, tinha Jackson Martínez pronto para receber a bola, mas Raúl Silva a cortar já na área.
68′ Ricardo Ferreira sai da área e quase deitava tudo a perder, valeu o corte de Jadson, a desarmar Wilson Eduardo.
67′ Bom cabeceamento de Jackson Martínez, a sair ao lado do alvo, ainda assim estava levantada a bandeirola do fora-de-jogo.
67′ SC Braga: Entra Ricardo Esgaio e sai Dyego Sousa.
63′ Wellington aparece com perigo na área, mas demora demasiado tempo a libertar a bola e acaba por ser desarmado.
57′ Remate de WIlson Eduardo, fácil para as mãos de Ricardo Ferreira.
55′ Portimonense: Jackson Martínez recebe cartão amarelo.
54′ Dyego Sousa ainda coloca a bola no fundo das redes, mas é assinalada a posição irregular do avançado brasileiro.
50′ Lance com Raúl Silva na área, após um cabeceamento de Paulinho. Fábio Veríssimo recorre ao vídeo-árbitro, mas nada assinala e manda seguir.
49′ SC Braga: Golo de Dyego Sousa! Na sequência de um canto, Dyego Sousa solto de marcação faz de cabeça o empate na partida.
48′ Bola na frente, era para Paulinho, mas Jackson Martínez a fazer bem a cobertura e a tirar para canto.
48′ SC Braga: Marcelo Goiano recebe cartão amarelo. Com este cartão o jogador bracarense fica de fora no próximo jogo, frente ao CD Nacional.
46′ Remate fraco de Fransérgio, a sair ao lado. Pontapé de baliza para Ricardo Ferreira.
46′ Recomeça a partida.
46′ + 1 Tempo de descanso, as equipas recolhem aos balneários.
42′ Dener cabeceia na sequência de um canto, mas faz falta ofensiva.
41′ SC Braga: Cartão amarelo para Paulinho. Falta sobre Wellington.
40′ Cruzamento para a área, Dyego Sousa a cabecear por cima.
39′ Livre para os bracarenses, Dyego Sousa ainda tenta o desvio, mas já tinha sido assinalado o fora-de-jogo.
36′ Fora-de-jogo assinalado a Sequeira, Abel contesta e Fábio Veríssimo expulsa o treinador bracarense do banco.
32′ Livre de Paulinho, bola para a área, sai um cabeceamento mas a bola vai para as mãos de Tiago Sá.
31′ Mau atraso de Rúben Fernandes para Ricardo Ferreira, quase entregava a Paulinho, valeu a atenção do guarda-redes algarvio, que afasta da zona proibida.
25′ Mais um canto para os bracarenses, Raúl Silva tenta o cabeceamento, mas para fora.
24′ Canto para o SC Braga, a bola sobra para Jackson Martínez que afasta.
23′ Jackson a fugir em posição regular, mas remata já em desequilíbrio e Tiago Sá encaixa.
23′ Jackson Martínez aparece com perigo, mas o remate sai fraco e a bola fácil para as mãos de Tiago Sá.
21′ Centro de Wellington, a sair muito desviado do alvo.
15′ Defende Ricardo Ferreira! Boa jogada ofensiva dos bracarenses, com o avançado bracarense a atirar rasteiro, mas o guarda-redes do Portimonense consegue evitar o empate. A jogada segue e João Novais remata à entrada da área, Ricardo Ferreira encaixa.
14′ Dyego Sousa a tentar o chapéu a Ricardo Ferreira, mas a sair por cima. Ainda assim, o avançado bracarense estava em posição irregular.
8′ Canto para os algarvios, Bruno Viana a cortar.
7′ Paulinho aparecia com perigo na área, valeu o corte de Bruno Viana.
5′ Sequeira cruza para a área, Ricardo Ferreira segura.
3′ Portimonense: Golo de Wellington! Cruzamento de Dener, à procura de Jackson Martínez, mas o colombiano não chega para o desvio. A bola sobra para Wellington na esquerda, este atira cruzado e bate Tiago Sá.
1′ Ricardo Ferreira sai aos pé de Paulinho, a fazer bem a mancha e a travar o remate.
1′ Arranca a partida em Portimão!
0′ SC Braga (Suplentes): Marafona, Ryller, Eduardo, Murilo, Ricardo Hora, Ricardo Esgaio e João Palhinha.
0′ SC Braga (Onze inicial): Tiago Sá, Marcelo Goiano, Ra+ul Silva, Bruno Viana, Sequeira, Wilson Eduardo, Fransérgio, Claudemir, João Novais, Dyego Sousa e Paulinho.
0′ Portimonense (Suplentes): Leo, Lucas, Hackman, Bruno Tabata, João Carlos, Lucas Fernandes e Jamerson.
0′ Portimonense (Onze inicial): Ricardo Ferreira, Manafá, Rúben Fernandes, Jadson, Vítor Tormena, Wellington, Ewerton, Pedro Sá, Paulinho, Jackson e Dener.
0′ Fábio Veríssimo, da AF Leiria, foi o árbitro nomeado para dirigir o encontro entre Portimonense e SC Braga, partida inaugural da 17.ª jornada da Liga NOS.
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

DESPORTO

EURO 2024: ESPANHA E INGLATERRA NA GRANDE FINAL DE DOMINGO

A Espanha vai tentar provar, uma última vez, que é a melhor equipa do Euro20024 de futebol, frente a um conjunto de craques apostados em evitar que a Inglaterra perca uma segunda final consecutiva, no domingo, em Berlim.

Online há

em

A Espanha vai tentar provar, uma última vez, que é a melhor equipa do Euro20024 de futebol, frente a um conjunto de craques apostados em evitar que a Inglaterra perca uma segunda final consecutiva, no domingo, em Berlim.

Vencedora já de um recorde de seis jogos, a “Roja” chega à capital alemã como a equipa que transporta o futebol bonito, a estética, e tem provado, jogo a jogo, que é possível ganhar pela positiva, sendo considerada favorita a inédito quarto título, apesar de do outro lado estarem Bellingham, Kane, Foden ou Saka.

Precisamente na casa da outra tricampeã continental, a Espanha pode fazer história e tornar-se a primeira a chegar ao “tetra”, repetindo 1964, 2008 e 2012, sendo Jesús Navas, agora como então suplente, o único sobrevivente de há 12 anos.

Se triunfar, ganhará a equipa que, desde o dia 1, encantou, pela qualidade do seu futebol, manifestada em todos os jogos, mesmo quando Luis de la Fuente mudou toda a equipa no fecho da fase de grupos (1-0 à Albânia, após 3-0 à Croácia e 1-0 à Itália).

A Espanha não teve, porém, vida fácil, sobretudo a eliminar, sendo que esteve a perder com a Geórgia (4-1), nos “oitavos”, só se desembaraçou da Alemanha (2-1) aos 119 minutos, nos “quartos”, e, nas “meias”, voltou a estar em desvantagem, com a França (2-1).

Mas, nos seis jogos, os espanhóis nunca perderam a compostura, nunca duvidaram, nunca abdicaram de uma certa maneira de jogar que apaixonou, culpa também dos “miúdos” Lamine Yamal, que cumpre no sábado 17 anos, e Nico Williams, de 21.

Depois, há também Rodri, Fabián Ruiz, Dani Olmo, que, na peugada de Busquets, Xavi e Iniesta, não deixam a Espanha jogar mal, numa equipa que, na máxima força, também poderia ter na final Rodri e Gavi, ambos lesionados, o primeiro nos ‘quartos’.

Atrás, o guarda-redes Unai Simón, mesmo não escapando a alguns lapsos, também dá garantias, enquanto Carvajal, Le Normand, Nacho, Laporte e Cucurella conferem experiência.

O capitão é Álvaro Morata, um ponta de lança que é sempre um perigo e ainda há Merino, o do grande golo à Alemanha, Oyarzabal, Grimaldo ou Ferran Torres, todos sempre prontos a conferir qualidade ao jogo espanhol.

Ainda falta, porém, uma última batalha, frente a uma Inglaterra que terá sido uma das equipas mais criticadas durante a competição, face a um futebol que adormeceu mais do que encantou em muitos momentos.

Ingleses de duas faces

Os ingleses começaram com um triunfo (1-0 à Sérvia) e prosseguiram com duas igualdades (1-1 com a Dinamarca e 0-0 com a Eslovénia), que fizeram “disparar os alarmes”.

A formação dos “três leões” entrou para o “mata mata” repleta de pontos de interrogação e confirmou-os nos “oitavos”, em que, perante a Eslováquia, esteve em desvantagem desde os 25 minutos e até quase ao final dos descontos.

Quando o adeus parecia certo, uma “bicicleta” de Jude Bellingham, aos 90+5 minutos, num dos momentos mais belos do Euro2024, a par do golo de Yamal à França, salvou o conjunto de Gareth Southgate, depois apurado com um tento de Harry Kane (91).

Também num jogo em que esteve a perder, a Inglaterra precisou dos penáltis para afastar a Suíça (5-3, após 1-1), na redenção de Saka, nos “quartos”, e, nas “meias”, bateu os Países Baixos (2-1) com nova reviravolta, concretizada nos descontos, pelo suplente Ollie Watkins.

Foi complicado, sofrido, o futebol chegou a ser “sonolento”, mas a Inglaterra está de novo a um triunfo do segundo grande título, para juntar ao Mundial de 1966, arrebatado em casa.

Três anos depois, Pickford, Walker, Stones, Trippier, Shaw, Rice, Saka, e Kane podem repetir a presença na final, sendo que, para o capitão Kane, é mais uma oportunidade para, aos 30 anos, conquistar, finalmente, o primeiro título coletivo da carreira.

Espanha e Inglaterra disputam no domingo, pelas 20h00 em Lisboa, a final Euro2024, em Berlim, com arbitragem do francês François Letexier, de 35 anos, o mais jovem árbitro a ajuizar o jogo decisivo da prova.

LER MAIS

DESPORTO

BOAVISTA FC: GUINEENSE IBRAHIMA CAMARÁ JÁ TREINA NO BESSA

O médio internacional guineense Ibrahima Camará integrou os trabalhos de pré-época do Boavista, da I Liga, que passou a ter 22 futebolistas à disposição do treinador italiano Cristiano Bacci, disse à agência Lusa fonte “axadrezada”.

Online há

em

O médio internacional guineense Ibrahima Camará integrou os trabalhos de pré-época do Boavista, da I Liga, que passou a ter 22 futebolistas à disposição do treinador italiano Cristiano Bacci, disse à agência Lusa fonte “axadrezada”.

Autorizado a apresentar-se mais tarde, devido a razões pessoais, o jogador, de 25 anos, compareceu ao sétimo dia de treinos e evoluiu pela primeira vez no relvado contíguo ao Estádio do Bessa, no Porto, partindo para a terceira temporada seguida pelas “panteras”.

Ibrahima aumentou as opções de Cristiano Bacci, que ainda aguarda pelas chegadas do médio colombiano e capitão Sebastián Pérez, também ausente por motivos pessoais, do defesa central Chidozie, que representou a seleção da Nigéria em junho, e do avançado Róbert Bozeník, presente no trajeto da Eslováquia até aos oitavos de final do Euro2024.

O Boavista tem sete jogos de preparação previstos até ao início da sua 62.ª presença, e 11.ª seguida, na I Liga, com a visita ao Casa Pia, em Rio Maior, em 10 ou 11 de agosto.

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO

RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% DANCE


WEBRADIO 100% INSPIRATION

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS