Ligue-se a nós

REGIÕES

BRAGANÇA: CDU CONFIRMA CANDIDATURA DE ANTÓNIO MORAIS À AUTARQUIA

A cerca de quatro meses das eleições autárquicas, a CDU é a única força política com candidatura confirmada à Câmara de Bragança, liderada há quase 24 anos pelo PSD e disputada por seis candidatos há quatro anos.

Online há

em

A cerca de quatro meses das eleições autárquicas, a CDU é a única força política com candidatura confirmada à Câmara de Bragança, liderada há quase 24 anos pelo PSD e disputada por seis candidatos há quatro anos.

António Morais, cabeça de lista da CDU, é o único candidato anunciado num ano eleitoral em que nem o atual presidente da Câmara, o social-democrata Hernâni Dias, ainda confirmou se concorre a um terceiro e último mandato. O autarca reagiu com “estupefação”, quando, em março, o PSD nacional anunciou a lista dos atuais presidentes de Câmara do partido que apoiaria como recandidatos, uma decisão que considerou “precipitada” e, desde então, não voltou a pronunciar-se sobre o assunto.

O PSD tem atualmente cinco dos sete vereadores do executivo municipal — os outros dois são do PS — e há várias eleições que repete maiorias absolutas em Bragança.

A Câmara de Bragança teve quatro presidentes desde as primeiras eleições autárquicas livres, com o PSD a contabilizar o maior número de anos de poder no executivo. CDS-PP e PS também tiveram a liderança do município transmontano, mas há cinco eleições autárquicas que os social-democratas seguram a presidência da câmara da capital de distrito.

O maior concelho do Nordeste Transmontano tinha, em 2019, 33.597 habitantes, segundo a Pordata — Base de Dados Portugal Contemporâneo. A maior parte da população concentra-se na cidade e a restante está dispersa pelas aldeias do concelho, com 1.173,6 quilómetros quadrados, o que faz de Bragança um dos municípios portugueses com maior área, segundo dados da Comunidade Intermunicipal (CIM) Terras de Trás-os-Montes, da qual faz parte.

A agricultura, com destaque para o castanheiro e a castanha, das culturas mais rentáveis da atualidade, cresce no concelho, onde o Instituto Politécnico de Bragança (IPB) é dos principais motores económicos e sociais, resumido pelo antigo presidente da instituição Sobrinho Teixeira como o equivalente “a 100 empresas com 100 trabalhadores cada”. Da parceria entre o politécnico e o município, entre outras entidades, surgiu o Brigantia Ecopark, onde estão instaladas 52 empresas de base tecnológica, com 260 trabalhadores, uma taxa de ocupação “superior a 84%”, segundo a autarquia.

A maior empresa instalada no concelho é a fábrica de componentes para automóveis da multinacional Faurecia, que atraiu outros investimentos completares à atividade, mas que atualmente tem em curso um processo de rescisão por mútuo acordo de alguns dos mais de mil trabalhadores que já empregou.

No concelho de Bragança, o ganho médio mensal dos trabalhadores por contra de outem era, em 2018, de 980 euros, abaixo dos 1.168 euros da média nacional, mas o número de empresas por habitantes era superior às contas nacionais, com 0,18 contra 0,12, respetivamente, de acordo com dados da EyeData, uma ferramenta de análise de dados estatísticos, criada pela Social Data Lab para a agência Lusa.

A disparidade salarial entre sexos era menos de metade da taxa nacional, concretamente 4,3%, contra 9,4%.

O número de beneficiários de prestações sociais como o Rendimento Social de Inserção era, em 2019, quase metade da taxa nacional.

Numa região onde a saúde é apontada como um dos principais problemas, por falta de especialidades, os dados estatísticos (2019) revelam que o número de camas em hospitais por 1.000 habitantes no concelho é de 12,4, enquanto a nível nacional é de três. Em 2019 registavam-se 5,33 médicos por 1.000 habitantes (a nível nacional o valor era de 5,39). Em 2011, Bragança tinha 39,6 centros de saúde por 100 mil habitantes, contra os 15,3 nacionais.

De acordo com os dados de 2019, 25% da população do concelho tinha então 65 ou mais anos, enquanto a nível nacional o valor era de 21,9%.

O poder de compra aproxima-se da média nacional e as rendas são quase metade dos valores médios nacionais, numa região onde a taxa de mortalidade infantil é zero, contra os 2,8% do país.

Os nascimentos estão longe de compensar o número de óbitos, com um saldo populacional natural por 10 mil habitantes negativo de 71,7% em Bragança e de 24,5 a nível nacional.

As eleições autárquicas ainda não têm data anunciada, mas, por lei, realizam-se entre setembro e outubro.

REGIÕES

TRIBUNAL DE CONTAS DÁ “LUZ VERDADE” AO NOVO HOSPITAL LISBOA ORIENTAL

O Tribunal de Contas (TdC) deu ‘luz verde’ ao novo Hospital Lisboa Oriental, que vai substituir seis unidades de saúde da capital, disse hoje à Lusa fonte oficial da instituição.

Online há

em

O Tribunal de Contas (TdC) deu ‘luz verde’ ao novo Hospital Lisboa Oriental, que vai substituir seis unidades de saúde da capital, disse hoje à Lusa fonte oficial da instituição.

O contrato do novo hospital de Lisboa, ganho em fevereiro pela Mota-Engil, tem um investimento previsto de 380 milhões de euros nos próximos três anos.

Em comunicado enviado então à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), “após a verificação de todas as condições precedentes, nomeadamente as referentes ao financiamento deste importante projeto para o país e para a região de Lisboa” a Mota-Engil confirmou “a assinatura do contrato de gestão do complexo hospitalar do Hospital de Lisboa Oriental em regime de parceria público-privada”, pelo consórcio participado por várias empresas do grupo.

A produção de efeitos estava apenas dependente do visto do TdC, o que fonte oficial do tribunal disse hoje à Lusa já ter avançado.

De acordo com a construtora, em causa estão “atividades de conceção, projeto, construção, financiamento, conservação, manutenção e exploração do complexo hospitalar”.

LER MAIS

REGIÕES

JUDICIÁRIA DEVETE SETE SUSPEITOS DE ROUBO EM BRAGA, FAMALICÃO E BARCELOS

A Polícia Judiciária (PJ) deteve na segunda-feira sete suspeitos de 12 crimes de roubo e furtos praticados nos concelhos de Vila Nova de Famalicão, Braga e Barcelos, desde outubro de 2023, anunciou hoje aquela força.

Online há

em

A Polícia Judiciária (PJ) deteve na segunda-feira sete suspeitos de 12 crimes de roubo e furtos praticados nos concelhos de Vila Nova de Famalicão, Braga e Barcelos, desde outubro de 2023, anunciou hoje aquela força.

Em comunicado, a PJ acrescenta que em causa estarão ainda um de falsificação/contrafação de documento e um crime de detenção de arma proibida.

A investigação começou a 28 de outubro de 2023, com a participação de dois crimes de roubo numa residência, em Joane, Vila Nova de Famalicão, em que se encontravam dois homens.

“Os assaltantes efetuaram diversos disparos de armas de fogo, vindo a atingir um dos homens, que ainda assim conseguiu fugir para o exterior. A segunda vítima foi ameaçada e alvo de diversas agressões”, refere o comunicado.

As vítimas, ambas com 24 anos, tiveram de receber tratamento hospitalar pelas lesões que lhes foram infligidas.

A PJ diz que, com o decurso da investigação, foi possível acompanhar a atividade criminosa do grupo.

A partir de finais do passado mês de abril, “quatro dos detidos vieram a praticar diversos furtos qualificados, visando máquinas de pagamento automático e outros objetos de valor, instalados em estabelecimentos comerciais nos concelhos de Braga e de Barcelos, causando prejuízos de várias dezenas de milhares de euros”.

Na segunda-feira, a PJ efetuou buscas domiciliárias e outras diligências de investigação, que culminaram com a recolha de elementos de prova e com a detenção dos sete suspeitos.

Seis foram detidos fora de flagrante delito, por emissão de mandados de detenção, e o outro foi detido em flagrante delito.

As detenções contaram com a colaboração da PSP e da GNR.

Os detidos são seis homens e uma mulher, têm idades compreendidas entre os 20 e os 34 anos e contam com antecedentes criminais.

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO

RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% DANCE


WEBRADIO 100% INSPIRATION

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS