RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

BRAGANÇA: SEIS CANDIDATOS NUM DEBATE POBRE E SEM IDEIAS ‘NOVAS’ – AUTÁRQUICAS 2021

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Realizou-se hoje o Debate Autárquicas 2021 na RTP 3 que contou com a presença dos seis candidatos à eleição autárquica 2021.

Em estúdio Hernâni Dias, o “discípulo” de Jorge Nunes e atual presidente que se candidata pelo PSD ao terceiro mandato na autarquia, Jorge Gomes ex-Ministro e ex-Secretário de Estado, atualmente Deputado na Assembleia da República. Também Paula Vieira, empresária e candidata pelo CDS-PP, o Professor Carlos Silvestre candidato pelo Chega!, o Professor António Morais candidato pelo PCP, e o jovem André Xavier com apenas 18 anos é o candidato pelo Bloco de Esquerda.

Um debate pobre que não permitiu conhecer o programa político de cada candidato. Hernâni Dias (PSD) e Jorge Gomes (PS) protagonizaram alguns momentos de confronto direto.

O candidato do PS acusou diretamente Hernâni Dias (PSD) que 58% das aldeias transmontanas alegadamente “sem saneamento básico“.

Dentro da cidade há dois bairros com saneamento a céu aberto” acrescentou Jorge Gomes (PS). O atual presidente rejeitou acusação justificando que 92% do Concelho de Bragança está abrangido por rede de saneamento, acima da média nacional.

Há canos, mas não há água“, disse o candidato do PS. Hernâni Dias (PSD) acabou de admitir que há momentos pontuais de falha de água devido os picos de consumo alegadamente resultantes da grande afluência de emigrantes à região nesta altura do verão.

Ninguém entende aquelas obras da Avenida Sá Carneiro … é ego é vaidade e os Transmontanos não gostam disso … com o dinheiro que lá gastou resolvia o problema do saneamento” disse o candidato do PS que ficou sem resposta de Hernâni Dias (PSD).

Também a alegada fraca qualidade de rede dos operadores de telecomunicações foi tema de disputa entre os candidatos, e por unanimidade todos denunciaram a necessidade de reforçar a qualidade das telecomunicações. Carlos Silvestre (Chega!) e Paula Vieira (CDS-PP) responsabilizou o candidato do PSD de incapacidade em exigir melhores serviços junto das operadoras de telecomunicações.

A economia marcou passo e foi mais um dos poucos momentos de “tensão” entre os candidatos. Jorge Gomes (PS), Paula Vieira (CDS-PP) e André Xavier (BER) apontaram o dedo a Hernâni Dias para alegada incapacidade da região em fixar os jovens estudantes no IPB, considerado o melhor politécnico do país.

André Xavier (BE) relembrou que Bragança é a única capital de distrito que não tem cinema e sublinhou a importância do apoio à cultura para ajudar à fixação de jovens no Concelho de Bragança. O jovem candidato do BE definiu a sustentabilidade ambiental e a fixação de pessoas como bandeiras da sua candidatura, relembrando que a região perdeu 2,2% da população na última década.

António Morais (CDU) apontou a necessidade de investir nas valências sociais e na melhoria dos serviços de saúde.

Paula Vieira (CDS-PP) defendeu a importância do mundo rural representativa de 27% da população do concelho. Também esta candidata salientou a alegada falta de qualidade das telecomunicações e a falta de políticas de atração de investimento para criação de empresas que criem novos postos de trabalho e consequentemente fixação de pessoas.

Carlos Silvestre (Chega!) terminou a sua participação no debate apontar a deficiência da região na criação de empresas, atrair novos investimentos e fixar pessoas. O candidato do Chega! reforçou ainda as denúncias de saneamento a céu aberto em alguns bairros da cidade.

No final um novo e último momento de tensão entre os candidatos do PSD e PS. Jorge Gomes (PS) acusou Hernâni Dias (PSD) de “nada fazer para aproveitar os investimentos do PRR“, na resposta o candidato do PSD confrontou Jorge Gomes acusando-o diretamente “é deputado e na assembleia da república nunca fez uma intervenção em prol de Bragança … o seu interesse na região é zero“, esclarecendo ainda que cabe à CIM apresentar-se aos fundos do PRR (Plano de Recuperação e Resiliência).

Reveja aqui o debate: RTP VÍDEO

Vítor Fernandes

VEJA AINDA:

PORTO: PJ DESMANTELA UM ‘ESTRANHO’ ESQUEMA DE FALSIFICAÇÃO DE ARTE

Lusa

PORTO: OBRAS DO METRO CONDICIONAM TRÂNSITO NA AVENIDA DE FRANÇA ATÉ FINAL DE 2022

Lusa

BRAGA: JUSTIÇA ACUSA TRÊS MORADORES DO BAIRRO FUJACAL DE HOMICÍDIO

Lusa

PORTO: TÚNEL DE SANTO OVÍDIO VAI FECHAR 18 MESES DEVIDO A OBRAS DO METRO

Lusa

PONTA DELGADA: APREENDIDAS MAIS DE 54 MIL DOSES DE HAXIXE E MAIS DE MIL DOSES DE COCAÍNA

Lusa

VISEU: ALUNOS DE 13 TURMAS EM ISOLAMENTO DEVIDO AO COVID-19

Lusa