RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

BURLA MILIONÁRIA NAS BEBIDAS ALCOÓLICAS

BURLA MILIONÁRIA NAS BEBIDASnbsp| RÁDIO REGIONAL

Pai e filho passaram cerca de um ano a dedicar-se ao fabrico de bebidas alcoólicas (uísque, brandy, aguardente, entre outras), em instalações preparadas para o efeito na zona de Santarém. Com o apoio de dois homens, distribuíam as bebidas em cafés e restaurantes, furtando-se assim ao pagamento de impostos.

A Unidade de Ação Fiscal (UAF) da GNR, que tem competências nas investigações de crimes de fraude fiscal, começou a investigar há cerca de quatro meses. Fonte ligada ao inquérito disse ao Jornal Correio da Manhã estimar que o grupo tenha lucrado cerca de 1,2 milhões de euros com este esquema. “As bebidas eram vendidas em estabelecimentos dos distritos de Santarém, Lisboa, Setúbal, Beja e Aveiro sem rótulo, onde deve constar a estampilha que é colocada após a regularização de, por exemplo, o Imposto sobre o Álcool e o Imposto sobre o Valor Acrescentado”, explicou a mesma fonte.

Após recolha de prova, a UAF avançou na quarta-feira para a realização de 31 buscas (23 domiciliárias e 8 não domiciliárias). Além dos quatro suspeitos que geriam a rede, com idades entre os 30 e os 65 anos, foram presos outros três homens. A GNR constituiu 29 outros arguidos, entre pessoas singulares e empresas (entre as quais estão cafés que compraram as bebidas). Foram apreendidos na operação nove mil litros de bebidas alcoólicas, 2313 objetos ligados ao fabrico de bebidas, 34 mil euros, dez carros, seis armas, 734 munições, uma mira e um silenciador, 50 telemóveis, oito computadores e milhares de documentos.

VEJA AINDA:

INCÊNDIOS: PARQUE NATURAL DA ESTRELA VAI LEVAR DÉCADAS A RECUPERAR – QUERCUS

Lusa

PORTO: TROTINETES CIRCULAM POR ZONAS PEDONAIS PROIBIDAS

Lusa

VILA REAL: JUDICIÁRIA DETEVE TRÊS SUSPEITOS DE ATEAR 16 INCÊNDIOS – MONTALEGRE

Lusa

VILA POUCA DE AGUIAR: APICULTORES PREOCUPADOS COM ANOS SUCESSIVOS DE BAIXA PRODUÇÃO

Lusa

ALMANCIL: CORPO DA DESAPARECIDA SANDRA ANDRADE ENCONTRADO EM QUARTEIRA

Lusa

VILA REAL: CHUVA E TROVOADA PROVOCA QUEDA DE ÁRVORES E INCÊNDIOS

Lusa