Ligue-se a nós

DESPORTO

CASO MAREGA: VITÓRIA DE GUIMARÃES CASTIGADO COM TRÊS JOGOS À PORTA ‘FECHADA’

O Vitória de Guimarães foi hoje punido com três jogos à porta fechada pelos insultos racistas dirigidos ao futebolista maliano do FC Porto Marega, em fevereiro, pela Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto (APCVD).

Online há

em

O Vitória de Guimarães foi hoje punido com três jogos à porta fechada pelos insultos racistas dirigidos ao futebolista maliano do FC Porto Marega, em fevereiro, pela Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto (APCVD).

Questionada pela Lusa, a APCVD confirmou já ter sido “proferida e notificada ao arguido a decisão final” do processo decorrente do jogo entre vitorianos e portistas, em 16 de fevereiro último, a contar para a edição de 2019/20 da I Liga.

“Por despacho exarado em 20 de outubro de 2020, foi aplicada ao Vitória Sport Clube, Futebol SAD a coima de 55 mil euros, bem como a sanção acessória de realização de três espetáculos desportivos à porta fechada, com início do cumprimento da sanção acessória após regresso do público aos espetáculos desportivos”, lê-se na resposta à Lusa da APCVD.

Esta decisão é passível de recurso, dispondo o Vitória de Guimarães de “um prazo de 20 dias para eventual impugnação judicial”.

O caso ocorreu há oito meses, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, durante o jogo de futebol entre o Vitória de Guimarães e o FC Porto, que os ‘dragões’ venceram por 2-1.

Por volta dos 70 minutos, pouco depois de ter marcado o golo da vitória ‘azul e branca’, Marega, que já alinhou nos vimaranenses, pediu para ser substituído e acabou mesmo por abandonar o relvado, agastado com cânticos de natureza racista que lhe estavam a ser dirigidos por adeptos do Vitória, com sons a imitar macacos.

O caso também originou uma investigação da Polícia de Segurança Pública (PSP) às câmaras da videovigilância do estádio vimaranense, com a colaboração do Vitória, de forma a serem identificados os eventuais autores dos insultos racistas e um processo-crime do Ministério Público (MP) “por atos de discriminação racial”.

Três adeptos do emblema vimaranense estão a ser julgados no Tribunal de Guimarães, pelo crime de discriminação e incitamento ao ódio e à violência, punido com pena de prisão de seis meses a cinco anos, desde 25 de setembro.

DESPORTO

SUPERTAÇA: PORTO E SPORTING REENCONTRAM-SE DIA 03 DE AGOSTO EM AVEIRO

A Supertaça Cândido de Oliveira, entre o campeão Sporting e o FC Porto, vencedor da Taça de Portugal, vai disputar-se em 03 de agosto, novamente em Aveiro, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Online há

em

A Supertaça Cândido de Oliveira, entre o campeão Sporting e o FC Porto, vencedor da Taça de Portugal, vai disputar-se em 03 de agosto, novamente em Aveiro, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

A partir das 20:15, o Estádio Municipal de Aveiro volta a ser palco da discussão do primeiro troféu da época, o que acontecerá pela quinta vez consecutiva.

O Sporting procura o 10.º troféu, na 12.ª participação, enquanto o FC Porto tentará a sua 24.ª conquista, à 34.ª presença.
PUBLICIDADE

Esta é a primeira vez que ‘leões’ e ‘dragões’ se vão defrontar em Aveiro, sendo que não se encontram na Supertaça desde 2008: este vai ser o 250.º embate da história do futebol português entre dois dos seus maiores símbolos.

Nos anteriores quatro confrontos entre ambos, o Sporting superiorizou-se sempre, num terceiro jogo nas edições de 1994/95 e 1999/2000 e num embate único em 2006/07 e 2007/08, respetivamente em Leiria e Algarve, respetivamente.

O FC Porto é a equipa com mais troféus (23), seguido de Sporting e Benfica, ambos com nove, enquanto o Boavista tem três êxitos e o Vitória de Guimarães um.

LER MAIS

DESPORTO

FC PORTO: EQUIPA DE GESTÃO DE ANDRÉ VILLAS-BOAS TOMARAM POSSE NA SAD

O novo presidente do FC Porto, André Villas-Boas, sucedeu hoje a Pinto da Costa na liderança da SAD, responsável pela administração do futebol profissional do terceiro colocado da edição 2023/24 da I Liga, comunicaram os ‘dragões’.

Online há

em

O novo presidente do FC Porto, André Villas-Boas, sucedeu hoje a Pinto da Costa na liderança da SAD, responsável pela administração do futebol profissional do terceiro colocado da edição 2023/24 da I Liga, comunicaram os ‘dragões’.

Numa Assembleia Geral realizada ao final da manhã no Estádio do Dragão, no Porto, 18 acionistas aprovaram por unanimidade os nomes propostos para a cúpula da sociedade pelo ex-treinador, investido há exatamente três semanas como 34.º presidente do clube.

André Villas-Boas, de 46 anos, é acompanhado por José Pereira da Costa, responsável pelo pelouro financeiro, na comissão executiva do conselho de administração da SAD do FC Porto, que junta cinco elementos, ao contrário dos nove na gestão de Pinto da Costa.

Carlos Gomes da Silva, antigo administrador da petrolífera Galp, foi nomeado como vice-presidente, num elenco completado por Maria do Rosário Moreira, docente na Faculdade de Economia da Universidade do Porto, e Ana Teresa Lehmann, secretária de Estado da Indústria do XXI Governo, então chefiado pelo socialista António Costa, de 2017 a 2018.

Já as presidências da Mesa da Assembleia Geral e do Conselho Fiscal ficam a cargo de António Tavares e Angelino Ferreira, antigo administrador financeiro da FC Porto SAD, respetivamente, replicando as funções desempenhadas em órgãos homólogos do clube.

A Comissão de Vencimentos vai ser presidida por Óscar Afonso, diretor da Faculdade de Economia do Porto, enquanto a Ernst & Young Audit prossegue como revisora oficial de contas da sociedade, cujos titulares de quatro órgãos foram aprovados por unanimidade.

A exceção aconteceu na ratificação por maioria, com uma abstenção, do novo Conselho Consultivo, que junta diversos ‘notáveis’ nas 15 vagas efetivas e é liderado por Fernando Freire de Sousa, que já era o primeiro nome indicado para o Conselho Superior do clube.

A nova composição da sociedade foi empossada rumo ao quadriénio 2024-2027, um mês depois de André Villas-Boas ter sido eleito presidente dos ‘dragões’, ao derrotar Pinto da Costa, líder há 42 anos e 15 mandatos, no sufrágio mais participado da história do clube.

Desde então, o ex-treinador foi apelando à rápida renúncia da administração cessante da SAD, mas todos os órgãos sociais prosseguiram em funções até ao fim da temporada da equipa de futebol, que arrebatou no domingo a Taça de Portugal pela 20.ª vez, e terceira consecutiva, ao vencer o recém-campeão Sporting (2-1, após prolongamento), no Jamor.

À imagem de outros jogos realizados depois das eleições, os dois dirigentes sentaram-se quase lado a lado na tribuna presidencial do Estádio Nacional, em Oeiras, e deram um abraço após o final da partida, levantando juntos o único troféu do FC Porto em 2023/24.

Se André Villas-Boas alcançou o primeiro troféu no futebol desde a sua tomada de posse presidencial, Pinto da Costa, de 86 anos, comemorou o 45.º e último em 27 temporadas como líder da SAD, fundada em 30 de julho de 1997, da mesma forma como chegou aos 69 cetros – sete dos quais internacionais – desde a primeira eleição no clube, em abril de 1982, tendo consolidado o estatuto de dirigente mais antigo e titulado do futebol mundial.

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO

RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% DANCE


WEBRADIO 100% INSPIRATION

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS